PORTO VELHO

Porto Velho

COVID-19 – Dia V de Vacina terá imunização em 17 unidades de saúde neste sábado (4)

Porto Velho


Evento faz parte dos esforços para levar as vacinas ao maior número de pessoas

Vacinação ocorre em 17 unidades de saúde e shopping da capitalDas 19 unidades básicas de saúde que funcionam nesta sexta-feira (3) com a 1ª, 2ª e 3ª dose de vacinas contra o coronavírus, 17 abrem no próximo sábado (4), quando a Prefeitura de Porto Velho promove o Dia D de Vacina contra a covid-19. Outra frente de imunização estará disponível no Porto Velho Shopping.

O atendimento das equipes de vacinadores vai das 8h às 17h. As unidades Santo Antônio e Vila Princesa não funcionam no sábado.

É mais uma opção oferecida aos moradores para que se imunizem. A iniciativa faz parte da estratégia da Gerência de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), que é oferecer alternativas para que pessoas tenham acesso às vacinas.

DISTRITOS

Também haverá equipes atendendo moradores dos distritos Vista Alegre do Abunã, Nova Mutum, no eixo da BR 364, e São Carlos, na área do baixo Madeira.

PRAZO DAS APLICAÇÕES

A 2ª dose da vacina pode ser recebida após 28 dias da 1ª dose. Para a 3ª dose o intervalo é de 120 dias. Neste caso específico, o intervalo é de 28 dias para os imunossuprimidos, pessoas com deficiência no sistema imunológico.

Leia Também:  SERVIÇOS - Lideranças rurais do município apresentam demandas em oficinas

PROGRAMAÇÃO

Porto Velho Shopping
Endereço:
avenida Prefeito Chiquilito Erse com avenida Calama, bairro Flodoaldo Pontes Pinto
Horário: 14h às 19h

Unidade de Saúde Mariana
Local:
rua Rosalina Gomes, 9870 Bairro Mariana
Horário: 9h às 17h

Unidade de Saúde Pedacinho de Chão
Local:
avenida Tiradentes, 3420 Bairro Embratel
Horário: 9h às 17h

Unidade de Saúde Aponiã
Local:
rua: Andreia, 5383 Bairro Aponiã
Horário: 9h às 17h

Unidade de Saúde Caladinho
Local:
rua Tancredo Neves, 4752 Bairro Caladinho
Horário: 9h às 17h

Unidade de Saúde José Adelino
Local:
rua Orion, 56 Bairro Ulisses Guimarães
Horário: 9h às 17h

Unidade de Saúde Ronaldo Aragão
Local:
Estrada do Belmonte, 2044 Bairro Nacional
Horário: 9h às 17h

Unidade de Saúde Osvaldo Piana
Local:
rua Campos Sales, 858 Bairro Areal
Horário: 9h às 17h

Unidade de Saúde Renato Medeiros
Local:
rua Magno Arsolino, 1456 Bairro Cidade do Lobo
Horário: 9h às 17h

Unidade de Saúde Agenor de Carvalho
Local:
rua 10, s/n, Bairro Agenor de Carvalho
Horário: 9h às 17h

Leia Também:  VACINA - Prefeitura leva vacinação contra a covid-19 à escola Daniel Neri nesta sexta e sábado

Unidade de Saúde Areal da Floresta
Local:
rua Sepetiba, s/n, Bairro Floresta
Horário: 9h às 17h

Unidade de Saúde Castanheiras
Local:
rua Pau Ferro, 878, Bairro Castanheira
Horário: 9h às 17h

Unidade de Saúde Ernandes Índio
Local:
av. Mamoré, Bairro Esperança da Comunidade
Horário: 9h às 17h

Unidade de Saúde Hamilton Raulino Gondim
Local:
av.José Amador dos Reis, s/n, Bairro Tancredo Neves
Horário: 9h às 17h

Unidade de Saúde Nova Floresta
Local:
av. João Paulo I, s/n, Bairro Novo Horizonte
Horário: 9h às 17h

Unidade de Saúde São Sebastião
Local:
rua Castro Alves, 5899, Bairro São Sebastião
Horário: 9h às 17h

Unidade de Saúde Socialista
Local:
rua Mané Garrincha, s/n, Bairro Socialista
Horário: 9h às 17h

Unidade de Saúde Maurício Bustani
Local:
av. Jorge Teixeira, s/n, Bairro Liberdade
Horário: 9h às 17h

Texto: Semusa
Foto: Wesley Pontes

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Porto Velho

ESTRATÉGIA – Porto Velho ofertou testagem e vacinação contra a covid-19 em ação com o Ministério da Saúde

Publicados

em


Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, participou da ação diretamente de Manaus

Ação ocorreu no Centro de Referência da Mulher, na capital

Em uma ampla ação promovida pelo Ministério da Saúde, a prefeitura de Porto Velho ofertou, neste sábado (22), testagem e vacinação contra a covid-19. O público foi atendido das 9h às 13h, no Centro de Referência de Saúde da Mulher, no bairro Embratel.

Prefeito Hildon Chaves acompanhou ação em Porto Velho junto a autoridades“Nós saudamos a todos que vieram se vacinar ou fazer o teste. Neste ato, há a busca de preservação da saúde e, sobretudo, da vida. Movimentos como este, representam a vitória da ciência e da racionalidade sobre o obscurantismo”, declarou o prefeito Hildon Chaves na solenidade.

A ação também contou a presença do vice-prefeito Maurício Carvalho, que reiterou a necessidade da segunda dose e dose de reforço: “Nossa ação é contínua no município de Porto Velho que ocorre por conta do esforço feito pelos nossos servidores. Os casos positivos continuam, mas de forma leve, e isso é resultado da vacina”, declarou.

AÇÕES

Segundo a titular da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), Eliana Pasini, os esforços têm sido constantes para dar maior cobertura de atendimento contra a doença. “A procura pela vacinação está dentro da normalidade. Hoje, as pessoas estão buscando mais testagem, tanto que, somente na mobilização deste sábado, mais de mil pessoas serão atendidas”, informou. Para a ação, a Semusa mobilizou mais de 80 servidores.

Leia Também:  VACINA - Prefeitura leva vacinação contra a covid-19 à escola Daniel Neri nesta sexta e sábado

Vice-prefeito Maurício Carvalho destacou importância do ciclo vacinal completo A iniciativa de mobilização para estimular quem ainda não se imunizou e incentivar o retorno aos postos de vacinação para a segunda dose ou a dose de reforço foi ampliada pela Prefeitura. As Unidades Básicas de Saúde Manoel Amorim de Matos, Hamilton Gondim e a Unidade de Pronto Atendimento Ana Adelaide prosseguem com ações de testagem até às 18h.

A partir de segunda-feira (24), mesmo sendo feriado, teremos metade das Unidades Básicas de Saúde atendendo síndrome gripal e a outra com vacinação de rotina, covid-19 e demais atendimentos. A ideia é não misturar pacientes, diminuir a contaminação e atender melhor a população. Pedimos a compreensão da população, pois infelizmente não conseguimos atender num mesmo dia todos que buscam o serviço e usando toda a capacidade possível de servidores”, acrescentou Eliana.

REGIÃO NORTE

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, participou diretamente de Manaus (AM). Ele fez um relato das dificuldades enfrentadas pelo sistema único de saúde (SUS) para atender a todos, principalmente na região Norte, diante das dimensões continentais e áreas remotas.

Leia Também:  EDUCAÇÃO - Jornada de Educação Física oferece formação em motricidade infantil e psicomotricidade na rede municipal de ensino

Vacinação segue disponível nas unidades de saúde “Já vencemos um momento de grande dificuldade. Hoje, sem dúvidas, estamos mais fortes. O SUS tem uma capacidade maior de atender os casos graves e, isso, se deve pelo fortalecimento feito a partir de 2020. Por outro lado, essa região não tem a mesma capacidade de resposta do que outras partes do país”, declarou.

CUIDADOS

Após três dias com sintomas leves, o auxiliar administrativo Geice Sebastião Silva dos Santos Júnior optou por buscar atendimento na testagem em massa. “Eu já tomei duas doses de vacina e aguardo a terceira. Vim fazer o teste, pois o quanto antes saber é melhor para evitar contato com meus pais e amigos”, contou.

REGISTROS

Em Porto Velho, o evento também contou com a participação da secretária-adjunta da Semusa, Marilene Penati, da deputada federal Mariana Carvalho, do secretário de Estado da Saúde, Fernando Máximo, do secretário de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde, Hélio Angotti, além de outras autoridades.

Texto: Etiene Gonçalves
Foto: Wesley Pontes

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA