PORTO VELHO

Porto Velho

COVID-19 – Dose de reforço para adolescentes de 12 a 17 anos começa na segunda-feira (30) em Porto Velho

Porto Velho

Vacina de reforço é administrada após quatro meses da aplicação da segunda dose

Dose de reforço é administrada após quatro meses da segunda doseComeça na segunda-feira (30) a aplicação da terceira dose (reforço) contra a covid-19 em adolescentes de 12 a 17 anos em Porto Velho. As equipes de vacinadores da Prefeitura já contam com uma estrutura preparada para atender o público em todos os pontos de vacinação.

O anúncio foi feito pela Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) para incentivar a vacinação completa em toda a população nos públicos elegíveis e em atendimento a Nota Técnica Nº 35/2022 do Ministério da Saúde (MS).

De acordo com Elizeth Gomes, coordenadora da Divisão de Imunização da Semusa, a dose de reforço é administrada após quatro meses da aplicação da segunda dose.

“Estamos seguindo as etapas conforme constam no Plano Nacional de Operacionalização (PNO) da vacina contra a covid-19, do MS”, observou Elizeth. Ela lembrou que, até então, a dose de reforço só estava autorizada nessa faixa etária para jovens imunossuprimidos e também para pessoas com 18 anos ou mais.

Leia Também:  CIDADANIA - Moradores da comunidade de Brasileira recebem estação de água tratada

Adolescentes gestantes ou puérperas também devem receber o reforço Pelo documento do MS, o imunizante recomendado ao público-alvo é o da plataforma de RNA mensageiro (Pfizer) e, caso haja disponibilidade, o da vacina inativada (Coronavac). As duas indicações podem ocorrer independente da dose aplicada no esquema primário.

A nota atenta à importância da dose de reforço no público adolescente diante da variante ômicron.

GESTANTES OU PUÉRPERAS

As adolescentes gestantes ou puérperas também devem receber como dose de reforço a Pfizer ou Coronovac.

SERVIÇO

A vacinação segue nas Unidades Básicas de Saúde (UBSS) e no Porto Velho Shopping durante a semana. Acompanhe aqui a programação.

Texto:
Etiene Gonçalves
Foto: Leandro Morais e Wesley Pontes

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Porto Velho

MELHORIA – Investimento em tecnologia traz mais celeridade aos processos do município

Publicados

em

Programas estão sendo implantados em diversas secretarias

Investimento busca dar ainda mais transparência aos processos do municípioUm amplo investimento em tecnologia tem trazido ainda mais transparência aos processos da Prefeitura de Porto Velho. Com mais de R$ 30 milhões investidos, o município busca otimizar esse sistema e continuar a prestar um serviço de qualidade à população.

“Esse valor é distribuído em várias melhorias, entre elas a aquisição de servidores, mais de 90 quilômetros de implantação de fibra ótica e a implantação do sistema e-TCDF, incluindo a capacitação de servidores, entre várias outras melhorias que seguem sendo aplicadas”, explica Saulo Nascimento, titular da Superintendência Municipal de Tecnologia da Informação (SMTI).

e-TCDF

O e-TCDF é um sistema que dá mais celeridade, segurança e autenticidade aos processos eletrônicos que são feitos dentro das secretarias. Ele é uma parceria, desde 2019, entre a Prefeitura de Porto Velho e o Tribunal de Contas do Distrito Federal, responsável pelo desenvolvimento e segurança do sistema.

Saulo Nascimento, superintendente da SMTI “Ele começou a ser implantado em 2021 através da Secretaria Municipal de Regularização Fundiária, Habitação e Urbanismo (Semur), que hoje está com cerca de 98% dos processos já inseridos no programa e segue em expansão para as demais. Atualmente, já são atendidas a Secretaria Municipal de Fazenda (Semfaz), Secretaria Municipal de Trânsito (Semtran), Secretaria Municipal de Agricultura (Semagric), entre outras”, explica o superintendente.

Leia Também:  Edição 720 - Boletim diário sobre o coronavírus em Rondônia

TRANSPARÊNCIA

Para a população, um dos benefícios desta implantação é poder acompanhar os processos de interesse comum. “Não apenas ligado à transparência, o e-TCDF está linkado ao sistema de licenciamento unificado que são, por exemplo, licenciamentos ambientais, de obras, de trânsito; é acompanhar o que a prefeitura está fazendo”, comenta Saulo.

Mais de 30 analistas foram treinados para implantar e utilizar o novo sistema. O treinamento segue sendo feito para servidores de diversas secretarias. O objetivo é concluir o treinamento e a implantação do sistema em 2023.

Texto: Larissa Vieira
Foto: Felipe Ribeiro

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

Fonte: Prefeitura de Porto Velho – RO

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA