PORTO VELHO

Porto Velho

COVID-19 – Trabalhadores portuários são imunizados em Porto Velho

Porto Velho


Equipes vão aos portos para atender trabalhadores administrativos e operacionais

Meta é imunizar mais de 4 mil profissionais do setorCerca de mil trabalhadores portuários já foram vacinados contra a Covid-19 na capital. A meta da Prefeitura de Porto Velho é atender 4.930 profissionais do setor. O processo de imunização neste grupo começou terça-feira (8).

O atendimento é feito por equipes da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa). Portuários e aeroportuários foram inseridos nos grupos prioritários de vacinação contra a Covid-19 de acordo com o que foi estabelecido pelo Plano Nacional de Operacionalização (PNO) e conforme o 19º informe técnico do Ministério da Saúde, no dia 25 de maio deste ano.

O enfermeiro Valdir Alves coordena o processo de vacinação na área portuária. Segundo ele, a equipe fez um levantamento minucioso do local e público a ser atendido.
“Por se tratar de locais distantes, precisamos de logística para o transporte das vacinas, conservação em temperatura ideal e fazer a aplicação como estabelece o Plano Nacional de Imunização (PNI)”, explicou.

Para que o trabalho seja executado com rapidez, a equipe de vacinadores tem apoio de funcionários designados pela direção das empresas de transporte aquaviário. Eles são responsáveis pelo atendimento prévio e lançam os dados no sistema do Ministério da Saúde, sob a supervisão da coordenadoria de imunização.A vacinação é feita diretamente nos portos

A vacinação é feita diretamente nos portos. Alguns deles estão mais distantes, como os de Cujubim e Belmont. Mas o serviço segue conforme planejado pela Prefeitura.

Leia Também:  ARBORIZAÇÃO - Na Semana do Meio Ambiente, Skate Park ganha plantio de mudas 

“Nos Portos Cargil e Graneleiro já concluímos a imunização. Nesta sexta-feira (11), se não houver intercorrências, a nossa equipe fecha a vacinação no Porto Bertolini, e na próxima terça-feira (15), iremos trabalhar na região do Belmont”, disse Valdir Alves.

ALVO

O público-alvo do atendimento é formado por trabalhadores que fazem parte da tripulação das embarcações, profissionais dos setores administrativos e operacionais.

“Peço aos gerentes dos portos no município, que encaminhem ofício para a Secretaria Municipal de Saúde informando quem são os trabalhadores que serão imunizados. O documento também pode ser enviado pelo e-mail: [email protected]”, finalizou o coordenador.

Texto: Augusto Soares
Foto: Semusa

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Porto Velho

VACINAÇÃO – Prefeitura utiliza drive-thru para imunização de profissionais da educação

Publicados

em


Porto Velho teve mutirão de vacinação contra a Covid-19 em dois pontos da cidade

Prefeito Hildon Chaves acompanhou de perto os trabalhosA vacinação contra a Covid-19 em Porto Velho neste domingo (20) teve dois pontos distinto. Um no Centro Universitário Fimca, no bairro Eldorado, e outro que funcionou com o sistema drive-thru no Prédio do Relógio, no centro da cidade, atendendo um grande contingente de trabalhadores da educação.

O prefeito Hildon Chaves e a secretária Eliana Pasini, da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), acompanharam de perto os trabalhos. O prefeito elogiou a participação dos servidores e voluntários e lembrou sobre a importância de vacinar os profissionais da educação.

“Este é um esforço concentrado do município para a vacinação da população. Na sexta-feira, foram aplicadas 6.200 doses de vacina, e, no sábado, mais 5.200 mil. Dessa maneira conseguimos avançar no calendário de imunização. A Prefeitura de Porto Velho tem capacidade de vacinar de 4 a 5 mil pessoas por dia, já ficou demonstrado. Precisamos apenas da disponibilidade de doses”, destacou o prefeito.

O atendimento se iniciou em ambos os locais às 9h e prosseguiu até às 13h com grande comparecimento de profissionais da educação do ensino fundamental, médio, privado, profissionalizante e ensino superior.

Leia Também:  Porto Velho: Prefeitura continua entregando kits de alimentação

 Elisângela Solis, professora do ensino fundamental

Cerca de 300 pessoas, entre servidores, acadêmicos da área da saúde, e outros, foram mobilizadas no mutirão, que utilizou a vacina Astrazeneca.

A Semusa também destinou mil doses para a vacinação promovida pelo governo estadual, que também aconteceu neste domingo.

ESPERANÇA
Foram muitas as manifestações de felicidade e apoio ao processo de imunização entre professores que vislumbram a possibilidade de retorno das aulas presenciais.

Este foi um dos motivos que fizeram Elisângela Solis, professora do ensino fundamental da rede municipal, chegar tão cedo ao local de vacinação: “Queria ser uma das primeiras. Tenho esperança de que vacinados vamos começar a voltar. Sabemos como está a situação das crianças em casa querendo voltar para a escola, muitas até com crises de ansiedade e sabemos o quanto isso é importante”, disse a professora.

Luana da Costa Piazza destacou a importância da vacinaLuana da Costa Piazza é merendeira da Escola Municipal Jesus de Nazaré. Ela contraiu Covid em março e sabe da importância da imunização neste momento: “A vacina ajuda a reduzir o número de óbitos e os sintomas mais graves. Vai nos ajudar a trabalhar com mais tranquilidade”, enfatizou a servidora.

Leia Também:  Prefeito Hildon Chaves busca recursos em Brasília para atender a população de Porto Velho

REGISTROS

A deputada federal Mariana Carvalho também visitou o drive-thru da Prefeitura. Ela elogiou a ação pela forma organizada e célere. “É um momento de esperança. Eu parabenizo o município de Porto Velho por esse momento. Fico muito feliz em ter participado da Medida Provisória que liberou R$ 2 bilhões para a compra das vacinas”, comemorou a parlamentar.

CALENDÁRIO

Na segunda-feira (21), a vacinação segue para profissionais da educação de todos os níveis, incluindo o ensino profissionalizante. O atendimento será feito na Uniron Campus I, na avenida Mamoré, nº 37, bairro Lagoinha, das 9h às 16h.

Texto: Renata Beccária
Fotos: Leandro Morais

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA