PORTO VELHO

Porto Velho

Diretores das Unidades Básicas apresentam conquistas e demandas ao prefeito

Porto Velho

Encontro serviu para alinhar o entendimento entre as partes buscar melhorias para a população e também aos servidores

O prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, se reuniu no final da tarde desta terça-feira (21/1), com os diretores das Unidades Básicas de Saúde da capital, com objetivo de traçar um raio-x da atual situação e projetar as melhorias no atendimento à população e nas condições de trabalho dos servidores. O encontro aconteceu no auditório do ‘prédio do relógio’, sede da Prefeitura.

“Vamos fazer um alinhamento com os diretores das nossas unidades de saúde, para que a gente faça uma troca de experiências, para que eles apresentem as reivindicações e a gente ver em que podemos melhorar. Sabemos que precisamos avançar na nossa saúde aqui em Porto Velho e os nossos diretores são a nossa linha de frente. Esse é o motivo dessa reunião. É mais para ouvi-los e juntos conseguirmos construir novos caminhos, caminhos mais eficazes para as melhorias”, disse.

Além de mostrar ao prefeito os planos para cada Unidade Básica de Saúde da região urbana do Município, conforme as orientações da gestão municipal, “eles também estão aqui para mostrar o trabalho, o que melhorou, os avanços, os desafios, quais são as dificuldades e fazer um raio-x para projetar o que vai acontecer daqui para frente”, frisou a secretária de saúde, Eliana Pazini.

Leia Também:  Aumento de 22 em um só dia.....49 Casos de COVID-19 Em Porto Velho e 02 óbitos

Hildon Chaves fez uma breve explanação da situação caótica em que encontrou a saúde no início do seu mandato e dos avanços alcançados até aqui, sempre visando melhorias para a população e para os trabalhadores do setor. Depois foi a vez dos servidores relatarem as conquistas e as demandas.

A exemplo de outras reuniões com servidores, o prefeito ouviu atentamente cada um dos diretores, fez perguntas, tirou dúvidas e deixou muito clara a sua intenção de continuar implementando melhorias, desde as situações mais simples até as mais complexas, na parte estrutural e, principalmente, no atendimento.

Resultado

Ao final, Hildon Chaves disse que reunião foi extremamente produtiva. “Nós tivemos a oportunidade de conversar cara a cara com a grande maioria dos diretores das unidades de saúde da Capital, conversamos sobre os avanços, sobre o que precisa ser feito, muitos relataram problemas sérios de infraestrutura, que serão resolvidos pelas reformas das unidades de saúde que já estão em andamento, a maioria já em fase de licitação”, afirmou

Leia Também:  Ministério declara transmissão comunitária do novo coronavírus em todo o território

Também na ocasião, conversaram sobre a planificação da saúde, que é um programa do Ministério da Saúde em parceria com o Hospital Albert Einstein, o qual está capacitando os servidores de quatro unidades inseridas no programa, que é uma nova forma de fazer saúde.

Também participaram da reunião, os secretários (titular e adjunto) da SGG, Basílio Leandro e Devanildo Santana, a secretária-adjunta da Semusa, Marilene Penatti e o presidente da Emdur, Thiago Tezzari.

Comdecom

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Porto Velho

GENEROSIDADE – Campanha Vacina Contra a Fome continua com a arrecadação de alimentos em Porto Velho

Publicados

em


Quem for se vacinar, pode contribuir voluntariamente com alimentos para quem precisa

Doação pode ser feita no ponto de vacinaçãoSe receber a dose da vacina contra a Covid-19 significa esperança, doar um quilo de alimento não perecível para ajudar quem tanto precisa, ainda mais neste cenário de pandemia, é um gesto de amor e generosidade ao próximo.

Em Porto Velho, quem deseja contribuir com a campanha Vacina Contra a Fome, pode fazer a doação em um dos pontos de vacinação. Neste final de semana, as doações podem ser feitas na Faculdade São Lucas, Campus I; Centro Universitário Fimca; Faculdade Uniron, Campus I, e na sede da Prefeitura de Porto Velho, conforme cronograma ao final.

A ideia é sensibilizar a população quanto à doação de alimentos não perecíveis a quem mais precisa neste momento crítico ajudando na ação de combate à fome.

“A doação não é obrigatória, é uma ação que estamos fazendo, pois neste momento há muitas pessoas necessitadas e passando fome”, lembra a primeira-dama, Ieda Chaves, que é uma das coordenadoras do movimento no âmbito do município.

Leia Também:  No Dia Mundial da Educação, Governo destaca projeto inovador de videoaula idealizado por professores de Nova Mamoré

Nos locais de vacinação, a população vai encontrar pontos de coleta de alimentos devidamente identificados e sem a necessidade de contato físico com outras pessoas, reduzindo assim a possibilidade de contágio pelo vírus.

Os alimentos arrecadados, serão transformados em cestas básicas, que serão destinadas às famílias já cadastradas junto à Secretaria Municipal de Assistência Social e da Família (Semasf), que fazem parte dos grupos socialmente vulneráveis e que enfrentam algum grau de insegurança alimentar.

CONFIRA O CRONOGRAMA DE VACINAÇÃO DOS PRÓXIMOS DIAS:

Texto: SMC
Foto: Leandro Morais

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA