PORTO VELHO

Porto Velho

ECONOMIA – Decreto municipal beneficia empresas que dependem de licenças sanitárias para funcionar

Porto Velho


Medida minimiza os impactos na economia causados pela pandemia do novo coronavírus

Setor de hotelaria foi um dos afetados pela pandemiaUm decreto assinado pelo prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, inclui as empresas que dependem das licenças sanitárias para funcionar legalmente, como beneficiárias das medidas adotadas no enfrentamento dos impactos econômicos causados pela pandemia da Covid-19 em 2021. O decreto nº 17.254, foi assinado na sexta-feira (16) e estabelece que fica prorrogada para 30 de julho de 2021, a validade das licenças sanitárias vencidas entre janeiro e julho deste ano.

Antes, o decreto Nº 17.222 contemplava as licenças ambientais e de funcionamento das empresas, além de prorrogar o pagamento de tributos e a validade das certidões no município.

“Entendemos o momento difícil que todos estão passando. Por isso, desde o início da pandemia, procuramos adotar medidas para minimizar os impactos negativos na economia e na vida da população como um todo”, disse Hildon Chaves.

Entre as empresas beneficiadas estão bares, restaurantes e hotéis

A nova medida, entretanto, só vale para as empresas que tiveram o funcionamento suspenso ou que foram afetadas pelo Decreto Estadual nº 25.859, de 06 de março de 2021, que trata das regras do distanciamento social, como forma de evitar a propagação do novo coronavírus.

Leia Também:  MAIS UM CRIME AMBIENTAL: Santo Antônio Energia afirma ao Governo Federal em seis meses não terá água para gerar energia e anuncia que lago tem ser aumentado

BENEFICIADOS

Ficam beneficiadas com o disposto no decreto municipal, as empresas como hotéis, restaurantes, lanchonetes, bares, discotecas, danceterias, salões de dança, boates, espaços para artes cênicas e outras atividades artísticas, casas de shows, balneários, espaços esportivos, academias e similares.

TRIBUTOS

Também está prorrogada a data de vencimento do Imposto sobre a Propriedade Territorial Urbana (IPTU), cota única sem desconto, com vencimento em 31 de março de 2021, para 30 de julho do mesmo ano.

Texto: Augusto Soares
Fotos: Wesley Pontes e Emílio Tiago

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Porto Velho

SEM INTERNET – Prefeitura vai vacinar idosos com mais de 60 anos por demanda espontânea

Publicados

em

 

Serão cerca de 4 mil doses que estarão disponíveis para esse público nesta quinta-feira

O objetivo é atingir a população com mais de 60 anos que não tem acesso à internet A Prefeita de Porto Velho vai vacinar idosos por demanda espontânea, nesta quinta-feira (6), das 9h às 17h, no Campus da Uniron, na Av. Mamoré, zona Leste da capital. O objetivo é atingir a população com mais de 60 anos que não tem acesso à internet e que, por consequência, não conseguiram agendar a vacinação.

A meta é imunizar, com a primeira dose, todo o público preconizado pelo Ministério da Saúde (MS) nesta faixa etária. “Essa vacinação de amanhã será para atingir todo o público de 60 anos ou mais e, principalmente, aqueles idosos que não têm acesso à internet e, por isso, não conseguiram agendar. Lembramos que vai durar o dia todo, então não é preciso ir apenas em um horário. Começamos às 9h e seguimos até às 17h. Então, se você tem 60 anos ou mais e não se vacinou, pode ir tomar a sua primeira dose amanhã”, declarou a gerente de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), Elizeth Gomes

Leia Também:  Porto Velho Shopping: Ambulantes são notificados para se licenciar e procurar locais adequados para trabalhar; medida foi tomada por determinação do MP

Para a primeira dose é preciso levar documento com foto e cartão do SUSA titular da Semusa, Eliana Pasini, reforça o pedido e pede para que a população com mias de 60 anos atenda ao chamado e compareça no local de vacinação. “As vacinas são seguras, temos que imunizar nossa população para reduzir cada vez mais os casos de Covid-19 no nosso município, acredite nas vacinas, elas são a nossa forma de proteção mais importante. Nós estamos nesse esforço para que todo esse público compareça apenas amanhã, para fechar a vacinação dos idosos com 60 anos ou mais e seguir com o plano de imunização da nossa capital”, reforça.

Serão cerca de 4 mil doses que estarão disponíveis para esse público nesta quinta-feira. A Semusa reforça que esse público será vacinado apenas amanhã e que não é necessário ir todos no mesmo horário para evitar aglomeração.

Para receber a primeira dose é preciso levar documento de identificação com foto, além do cartão do SUS.

VEJA O VÍDEO AQUI.

Texto: Jefferson Carvalho
Fotos: Leandro Morais
Vídeo: Saul Ribeiro

Leia Também: 

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA