PORTO VELHO

Porto Velho

EDUCAÇÃO INFANTIL: Dr Hildon visita creches em obras e determina conclusão

Porto Velho

São seis creches, cujas obras se arrastam desde a gestão do prefeito Roberto Sobrinho

Pais e mães que precisam trabalhar e não tem onde nem com quem deixar suas crianças em idade de quatro e cinco anos poderão contar, ainda este ano, com cerca de 2.100 novas vagas nas creches municipais. Na tarde de segunda-feira (9) o prefeito dr Hildon Chaves, acompanhado do secretário municipal de educação, Zenildo de Souza Santos e do adjunto Marcos Aurélio Marques, inspecionou as instalações das novas creches nos bairros Novo Horizonte e Areia Branca.

São creches padrões do Ministério da Educação, com salas de aula, refeitório, banheiros com chuveiros, área de recreação, com capacidade para atender até 350 crianças cada. Desse mesmo modelo, existem seis em Porto Velho, cujas obras tiveram início em 2012, no último ano da gestão de Roberto Sobrinho. Depois disso, foram mais quatro anos de obras durante a administração passada e mesmo assim nem uma criança foi atendida até agora.

O prefeito dr Hildon determinou ao secretário que sejam agilizadas as providências para a conclusão das seis creches. Embora ainda não esteja mobilizada e não tenha funcionado nem um dia sequer, no bairro Novo Horizonte a creche já foi entregue à comunidade e tem até nome: Ronilza Cordeiro Afonso Dias, em homenagem a uma falecida professora da rede municipal.

A diretora Idelúcia Marinho foi autorizada a acompanhar a data da chamada escolar para coloca-la em funcionamento no início do ano letivo tanto o pré I quanto o pré II. Para corrigir uma distorção no quadro de pessoal, dr Hildon sugeriu a realização de estudo para a contratação de estagiários. Isso porque no quadro, há professores, mas não cuidadores de crianças.

Texto e fotos Comdecom

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Um coronel de barranco e outro de verdade tocam o terror na campanha em Rondônia
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Porto Velho

VACINA – Pessoas com comorbidade serão atendidas por demanda espontânea

Publicados

em


A vacinação acontece das 9h às 16hA Prefeitura de Porto Velho informa que, nesta terça-feira (10) e quarta-feira (11), das 9h às 16h, o público com comorbidades, que deve receber a primeira dose da vacina contra a covid-19, será atendido por demanda espontânea na faculdade Uniron, campus Mamoré, na zona Leste de Porto Velho.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), a decisão vem após a baixa procura deste público pelo imunizante.

Serão atendidos o grupo da primeira parte desta etapa:

• Pessoas com Síndrome de Down acima de 18 anos;

• Pessoas com doença renal crônica em terapia de substituição renal (diálise) acima de 18 anos;

• Gestantes e puérperas acima de 18 anos;

• Pessoas com Deficiência Permanente, cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC) de 55 a 59 anos.

• pessoas com comorbidade de 55 a 59 anos

A pessoa deverá comprovar a doença pré-existente através de exames, receitas, relatório médico, prescrição médica, laudo, cartão do BPC, cartão do hiperdia, entre outros.

Leia Também:  Governo de Rondônia canaliza parcerias internacionais por meio de videoconferência com embaixadores de países europeus

Texto: Semusa
Fotos: Saul Ribeiro

​Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA