PORTO VELHO

Porto Velho

ENFERMAGEM: Prefeito defende importância do Cofen para a saúde pública

Porto Velho

Conselheiros federais de enfermagem participam de plenária em Porto Velho

Ao participar, como convidado, na manhã desta segunda-feira (15), no Oscar Hotel, em Porto Velho, da 489ª Reunião Ordinária de Plenária do Cofen (Conselho Federal de Enfermagem), o prefeito dr Hildon Chaves destacou a importância do evento, e disse que o conselho, com seu peso político, pode contribuir muito em resultados que mudem a realidade da saúde brasileira na formação e no aperfeiçoamento de futuros profissionais do setor.

Entre o presidente do Cofen, Manuel Neri, e do reitor da Unir (Fundação Universidade Federal de Rondônia), Ari Otti, dr Hildon destacou a importância de una reunião desse porte do Cofen. Ele disse que “Porto Velho, ainda que com problemas sérios na área de saúde, tem obtido boa avaliação do Ministério da Educação nos cursos de formação de novos enfermeiros”.

A plenária, na avaliação do prefeito porto-velhense, é de grande importância pela própria atividade em si “porque reúne as maiores lideranças da enfermagem brasileira, trazendo a Porto Velho a defesa intransigente dos direitos e prerrogativas da categoria e da profissão”.

Para dr Hildon, “o Cofen é muito forte, tendo papel preponderante na sociedade, principalmente porque a saúde brasileira está em xeque, não funcionando bem em lugar nenhum, o que é um problema gravíssimo”. Ele defendeu uma remodelagem de todo o setor, incluindo o SUS (Sistema Único de Saúde).

A universalização do SUS não vem dando certo, mas a intenção é boa porque se busca avançar e o Cofen pode participar ativamente dessas discussões, observou dr Hildon, que ouviu a mensagem de apoio dopresidente do Cofen, Manoel Nery. Nossa torcida para que tenha grande sucesso na gestão frente à prefeitura, pois demonstra boa vontade para melhorar e oferecer serviços de boa qualidade à população”.

Texto e fotos: Comdecom

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Autor contemplado pela Lei Aldir Blanc valoriza a chuva, homenageia os pais e retrata Porto Velho em forma poética
Propaganda

Porto Velho

GENEROSIDADE – Campanha Vacina Contra a Fome continua com a arrecadação de alimentos em Porto Velho

Publicados

em


Quem for se vacinar, pode contribuir voluntariamente com alimentos para quem precisa

Doação pode ser feita no ponto de vacinaçãoSe receber a dose da vacina contra a Covid-19 significa esperança, doar um quilo de alimento não perecível para ajudar quem tanto precisa, ainda mais neste cenário de pandemia, é um gesto de amor e generosidade ao próximo.

Em Porto Velho, quem deseja contribuir com a campanha Vacina Contra a Fome, pode fazer a doação em um dos pontos de vacinação. Neste final de semana, as doações podem ser feitas na Faculdade São Lucas, Campus I; Centro Universitário Fimca; Faculdade Uniron, Campus I, e na sede da Prefeitura de Porto Velho, conforme cronograma ao final.

A ideia é sensibilizar a população quanto à doação de alimentos não perecíveis a quem mais precisa neste momento crítico ajudando na ação de combate à fome.

“A doação não é obrigatória, é uma ação que estamos fazendo, pois neste momento há muitas pessoas necessitadas e passando fome”, lembra a primeira-dama, Ieda Chaves, que é uma das coordenadoras do movimento no âmbito do município.

Leia Também:  Ministério Público opina favorável ao recurso de defesa e Hildon Chaves tem contas de campanha aprovadas pela Justiça Eleitoral

Nos locais de vacinação, a população vai encontrar pontos de coleta de alimentos devidamente identificados e sem a necessidade de contato físico com outras pessoas, reduzindo assim a possibilidade de contágio pelo vírus.

Os alimentos arrecadados, serão transformados em cestas básicas, que serão destinadas às famílias já cadastradas junto à Secretaria Municipal de Assistência Social e da Família (Semasf), que fazem parte dos grupos socialmente vulneráveis e que enfrentam algum grau de insegurança alimentar.

CONFIRA O CRONOGRAMA DE VACINAÇÃO DOS PRÓXIMOS DIAS:

Texto: SMC
Foto: Leandro Morais

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA