PORTO VELHO

Porto Velho

HISTÓRICO – Professora ganha homenagem da prefeitura com nome em edifício

Porto Velho


O edifício onde funcionou a Câmara dos Vereadores receberá o nome de Marise Castiel

No local funcionou a primeira Câmara de Vereadores da capitalO prédio que foi a primeira sede da Câmara de Vereadores de Porto Velho ganhará o nome de Professora Marise Magalhães da Costa Castiel. O projeto que homenageia a educadora foi assinado pelo prefeito Hildon Chaves, na terça-feira (4).

O imóvel está localizado na rua José Bonifácio, no Centro da cidade, e abriga o Conselho Municipal de Educação (CME). O projeto ainda precisa ser aprovado pela Câmara de Vereadores.

“O prédio não tem nome até hoje e vamos sanar esta falha. Vamos dar uma identidade ao edifício histórico e homenagear uma figura de referência na educação do município, que é a professora Marise Castiel”, manifestou o presidente da CME, Cláudio Negreiros.

Prefeito assinou o projeto em homenagem à educadora

A professora Marise Castiel exerceu importantes cargos na administração pública. Também foi vereadora. Em 1953, ela foi nomeada pelo então governador Jesus Burlamaque para ser diretora de Educação do Território Federal do Guaporé. Sua gestão foi marcada pela competência.

Como vereadora, de 1977 a 1982, participava ativamente das sessões, tornando-se reconhecida pelo incentivo à Cultura. Algumas de suas conquistas, enquanto vereadora, foi a aprovação da Lei que reconhece os desbravadores de Rondônia através dos nomes dado às ruas, logradouros e avenidas da capital.

Leia Também:  Diretores das Unidades Básicas apresentam conquistas e demandas ao prefeito

Além do prefeito Hildon Chaves e do presidente do CME, Cláudio Negreiros, participou também da cerimônia de assinatura do projeto, o secretário adjunto Geral de Governo, Devanildo Santana.

Texto: Carlos Sabino
Fotos: Emílio Tiago e SMC

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Porto Velho

COVID-19 – Mais de 400 profissionais da segurança e salvamento são vacinados em Porto Velho

Publicados

em


Policiais e militares fazem parte do grupo atendido com a primeira dose do imunizante AstraZeneca

Lizett Possidonio destacou a importância da imunizaçãoMais um grupo de profissionais da segurança e salvamento foi vacinado contra a Covid-19 na quarta-feira (5), pela Prefeitura de Porto Velho. O atendimento foi realizado na Faculdade Uniron. A primeira dose da vacina AstraZeneca foi aplicada em 403 pessoas.

O trabalho é coordenado pela Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), que mobiliza equipes de profissionais e voluntários para as diversas atividades que acontecem no processo de imunização.

A seleção dos profissionais da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Secretaria de Estado da Justiça (Sejus) e Forças Armadas é realizada nas próprias corporações. À Semusa cabe a vacinação.

De acordo com a enfermeira Mariana Martellet, da Divisão de Imunização, a vacinação deste público atende a determinação do Ministério da Saúde (MS).

“A cada remessa destinada para estes grupos, entramos em contato com as instituições para pedir a lista das pessoas que serão atendidas”, explica. Outros profissionais das forças de segurança serão atendidos quando novas doses forem enviadas pelo MS.

CONTATO

Leia Também:  MPF e MP/RO recomendam que Caerd forneça água em distritos do baixo Madeira, em Porto Velho

O policial militar Razec Castro Andrade recebeu o imunizanteLizett Possidonio, delegada de Polícia Civil, foi uma das vacinadas. Ela disse que a vacina é importante, já que o trabalho da polícia não parou com a pandemia. “Nós, da Polícia Civil, queremos fazer sempre um bom atendimento ao público e sem a imunização é impossível. A população precisa do nosso serviço”, disse a servidora.

O policial militar Razek Castro Andrade também foi vacinado. Ativo na guarnição do distrito de Rio Pardo, ele diz que é essencial a imunização dos militares. “Somos os primeiros que chegam e os últimos que saem, temos contato direto com a população e a vacinação diminui os riscos”, afirmou.

Participaram do processo de vacinação cerca de 50 pessoas, entre servidores e voluntários. Esta é a quarta fase da vacinação para trabalhadores da segurança e salvamento. Eles devem retornar para a segunda dose em 90 dias. Antes haviam sido vacinados cerca de 1.100 profissionais da segurança com primeira dose.

Texto: Renata Beccária
Fotos: George Luiz

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA