PORTO VELHO

Porto Velho

IMUNIZAÇÃO – Novas doses de Coronavac serão enviadas a distritos de Porto Velho

Porto Velho


A Semusa depende do envio de doses do Ministério da Saúde para seguir atendendo a população

Doses serão enviadas para a imunização nos distritos

Porto Velho recebeu na sexta-feira (14) 2 mil doses de Coronavac, o quantitativo será enviado aos distritos da capital que também estão com a segunda aplicação do imunizante atrasado.

Segundo Elizeth Gomes, da divisão de imunização da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), o planejamento da distribuição já está sendo alinhado. “Essas doses já estão confirmadas para envio aos nossos distritos que, assim como a capital, estão com a segunda aplicação atrasada. Estamos, agora, organizando a logística para distribuição”.

Na quinta-feira (13), a capital já havia recebido 4.060 doses de Coronavac. Desse quantitativo, 1.060 estavam separadas para os distritos, porém com uma procura maior que a esperada, todas as doses foram utilizadas para a segunda aplicação na capital. Agora, com as novas doses recebidas, todas serão envidas aos distritos.

“Aguardamos o envio de novas doses por parte do Ministério da Saúde para atender aqueles que ainda têm a segunda aplicação atrasada”, declarou a gerente de imunização.

Leia Também:  ILUMINAÇÃO - Serviços de iluminação pública em Porto Velho podem ser pedidos através de aplicativo

Foram imunizados com a segunda aplicação pessoas que receberam a primeira dose nos dias 30 e 31 de março e no dia 1° de abril.

A Semusa reforça que o planejamento de aplicação de segunda dose da Coronavac está sendo feito o mais rápido possível para atender todos que tem a segunda aplicação atrasada, mas a secretaria depende do envio de doses do MS para seguir atendendo a população.

Texto: Jefferson Carvalho
Fotos: Saul Ribeiro e Wesley Pontes

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Porto Velho

GENEROSIDADE – Campanha Vacina Contra a Fome continua com a arrecadação de alimentos em Porto Velho

Publicados

em


Quem for se vacinar, pode contribuir voluntariamente com alimentos para quem precisa

Doação pode ser feita no ponto de vacinaçãoSe receber a dose da vacina contra a Covid-19 significa esperança, doar um quilo de alimento não perecível para ajudar quem tanto precisa, ainda mais neste cenário de pandemia, é um gesto de amor e generosidade ao próximo.

Em Porto Velho, quem deseja contribuir com a campanha Vacina Contra a Fome, pode fazer a doação em um dos pontos de vacinação. Neste final de semana, as doações podem ser feitas na Faculdade São Lucas, Campus I; Centro Universitário Fimca; Faculdade Uniron, Campus I, e na sede da Prefeitura de Porto Velho, conforme cronograma ao final.

A ideia é sensibilizar a população quanto à doação de alimentos não perecíveis a quem mais precisa neste momento crítico ajudando na ação de combate à fome.

“A doação não é obrigatória, é uma ação que estamos fazendo, pois neste momento há muitas pessoas necessitadas e passando fome”, lembra a primeira-dama, Ieda Chaves, que é uma das coordenadoras do movimento no âmbito do município.

Leia Também:  COVID-19 - Órgãos parceiros e voluntários contribuem no êxito da imunização em Porto Velho

Nos locais de vacinação, a população vai encontrar pontos de coleta de alimentos devidamente identificados e sem a necessidade de contato físico com outras pessoas, reduzindo assim a possibilidade de contágio pelo vírus.

Os alimentos arrecadados, serão transformados em cestas básicas, que serão destinadas às famílias já cadastradas junto à Secretaria Municipal de Assistência Social e da Família (Semasf), que fazem parte dos grupos socialmente vulneráveis e que enfrentam algum grau de insegurança alimentar.

CONFIRA O CRONOGRAMA DE VACINAÇÃO DOS PRÓXIMOS DIAS:

Texto: SMC
Foto: Leandro Morais

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA