PORTO VELHO

Porto Velho

LIMPEZA – Proprietários devem efetuar a limpeza de terrenos baldios em Porto Velho

Porto Velho

Ações de fiscalização são intensificadas para combater a prática

Abandono de terrenos gera transtornos à população e ao município Uma mudança no Código de Posturas da cidade, Lei Nº 873/2021, possibilita a Prefeitura de Porto Velho intensificar as fiscalizações, notificações e até mesmo autuações contra os proprietários de terrenos baldios tomados pela vegetação, lixos e entulhos. O abandono contribui negativamente para a cidade e causa transtornos à população.

“Com a atualização do novo código será possível fazer a limpeza e lançar os gastos atualizados no Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU) do proprietário do terreno baldio irregular”, explica Emerson Nascimento, responsável pela gerência de terrenos baldios em Porto Velho.

Entretanto, o fiscal lembra que essa ação precisa ser motivada através de denúncias da população, que podem ser feitas diretamente ao departamento por meio do telefone 3901-3134 (fone e whatsapp) ou pelo 0800 647 1390 e 3901-3134.

Multas variam de acordo com o nível de gravidade constatado MULTAS

Com a mudança no Código de Posturas, as multas aplicadas passam a variar de acordo com o nível de gravidade constatado e registrado pela equipe de fiscalização.

No caso de multa grave nível I, relacionada à falta de limpeza do terreno, o valor a ser aplicado é de 30 UPFs (Unidade Padrão Fiscal), que neste mês de maio é de R$ 88,66 cada. Se o imóvel não tiver muro, será aplicada multa grave nível II, que equivale a 50 UPFs. Pela falta de calçada, a multa também será considerada grave nível I, no valor de 30 UPFs.

Leia Também:  SAÚDE - Vacinação de crianças contra a covid-19 é marcada por gestos de amor em Porto Velho

“No caso da calçada, ela somente é obrigatória para terrenos localizados nas ruas pavimentadas e com meio-fio”, explica Emerson Nascimento.

ALERTA

O fiscal alerta que o lixo, matagal e água parada nesses terrenos abandonados são propícios para proliferação de insetos nocivos à saúde pública, a exemplo do mosquito Aedes aegypti, causador da chikungunya e da dengue.

Texto: Augusto Soares
Foto: Leandro Morais

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Porto Velho

ESPORTES – Quatro times de voleibol disputam os jogos neste sábado (28), no 29° Interdistrital de Esportes

Publicados

em

A final acontece no domingo e o vencedor leva o prêmio de 2 mil reais

Cada time joga três partidas antes da decisão Dando continuidade aos jogos do 29° Interdistrital de Esportes do município de Porto Velho, as equipes de voleibol, Extrema e Vista Alegre, se enfrentaram na tarde deste sábado (28), na quadra poliesportiva da escola Jaime Peixoto, no distrito de Extrema.

O resultado do placar foi favorável para a equipe de Extrema, que venceu o Vista Alegre por dois sets a um. No próximo jogo, Extrema enfrentará o time Kaxarari e, logo mais no final da tarde, Nova Califórnia também entra na disputa pelo prêmio de dois mil reais contra o time de Extrema.

O atleta Jacó Barros, do time de Vista Alegre, nasceu no Acre, e é a primeira vez que ele participa da disputa defendendo um time rondoniense. “Estou aqui para dar o meu melhor e garantir o prêmio para nossa equipe”, disse.

Moradora e torcedora de Nova Califórnia, Jéssica Barros compareceu na quadra Jaime Peixoto para acompanhar o time do distrito onde mora e para trazer boas vibrações aos jogadores.

Leia Também:  Funcultural regulariza pendências fiscais de gestões passadas

Jéssica Barros esteve na torcida acompanhando os jogos“O voleibol é um dos esportes mais amado por nós de Nova Califórnia e é sempre bom participar dos jogos e acompanhar o desempenho das equipes de voleibol. Não é a primeira vez que participo de um jogo como este, já tive a oportunidade de participar de outras edições e ver o nosso time vencer disputa” destacou a torcedora.

Gênesis Evangelista da Silva, 53 anos, fala da importância do campeonato para a população da região. “Para nós de Extrema, os jogos interdistritais são muito bons porque acabam movimentando a comunidade. O nosso povo precisa de eventos como este e eu sempre que tiver faço questão de participar” ressaltou o torcedor .

Cada time, formado por seis atletas, joga três partidas antes da decisão que os levam para a final que vai acontecer no domingo (29), às 10h. Todos os jogos são organizados pela Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semes) que conta com a parceria da Federação de Futebol de Rondônia (FFER) para a arbitragem dos jogos.

Texto: Carlos Sabino
Foto: Wesley Pontes

Leia Também:  Abraji lança curso para fortalecer o jornalismo local no Brasil com apoio do Facebook.

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA