PORTO VELHO

Jaci-Paraná

MAIS UM CRIME AMBIENTAL: Santo Antônio Energia afirma ao Governo Federal em seis meses não terá água para gerar energia e anuncia que lago tem ser aumentado

Publicados

Jaci-Paraná

A concessionária que administra a hidrelétrica de Santo Antônio, umas das duas usinas no Rio Madeira em Porto Velho, alertou o governo federal que o Estados de Rondônia e Acre podem ficar às escuras ainda no primeiro semestre deste ano. As informações são do Estadão.

No documento, a concessionária explica que o apagão poderá ocorrer devido ao baixo volume de água no reservatório comprometendo a geração de energia.

Nesse sentido, ela pede ao governo que eleve o nível do reservatório, entretanto isso implica em um crime ambiental, com a inundação de uma área de mais de 500 hectares, localizada no Parque do Mapinguari, que já sofreu com a redução de sua área para a implantação do lago artificial.

Seis das cinquenta turbinas da Santo Antônio são responsáveis por atender Rondônia e Acre . O colapso pode ser de 57 dias, com paralisação de 100% da capacidade de produção de energia.

“A usina de Santo Antônio é especialmente importante para o atendimento dos Estados de Rondônia e Acre . A redução poderá afetar o suprimento energético da região, além de ocorrer restrição de atendimento de cerca de 20% da região, com “possibilidade de ocorrer eventos similares verificados recentemente no Amapá”, ou seja, um apagão geral”, diz o documento.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Rolim de Moura: Agricultores familiares recebem mudas de Café Clonal
Propaganda

Jaci-Paraná

JACI-PARANÁ: Permissionários do Mercado Estação serão selecionados por meio de chamamento público

Publicados

em

Por

Os boxes serão destinados a comercialização de hortifrutigranjeiros, açougue e peixaria, além de artesanato e utilitários

Com a recente inauguração do Parque do Comércio do distrito de Jaci-Paraná, a Prefeitura de Porto Velho, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Semagric) e em parceria com a Subsecretaria Municipal de Serviços Básicos (Semusb) já está trabalhando no processo de ocupação dos 44 boxes do Mercado Estação.

Os boxes serão destinados a comercialização de hortifrutigranjeiros, dois para açougue, dois para peixaria, além de artesanato e utilitários. O mercado vai contar ainda com quatro lanchonetes na praça de alimentação.

A seleção dos permissionários será realizada por meio de chamamento público. O edital está em fase de elaboração. De acordo com o secretário da Semagric, Luiz Cláudio, a expectativa é de que dentro de 60 dias os boxes já estejam ocupados e em funcionamento.

PARQUE

O mercado faz parte da estrutura instalada numa área de 30.000 m², composta por duas quadras poliesportivas, skate park, dois estacionamentos, equipamentos para prática de esportes, playground, pista de caminhada, anfiteatro, urbanização, banheiros e salas administrativas, obra custeada por repasses da Santo Antônio Energia (SAE) dentro de um montante de R$ 30 milhões disponíveis através de compensação financeira pela usina.

Leia Também:  GAEPE expede Nota Técnica para que municípios reforcem ações de busca ativa escolar para combate à evasão

Comdecom

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA