PORTO VELHO

Porto Velho

MELHORIAS – Obras de infraestrutura acontecem em cinco bairros da capital nesta quinta-feira (8)

Porto Velho


Quatro frentes de trabalho levam benefícios aos moradores e motoristas

Os trabalhos fazem parte das intervenções para melhorar a infraestruturaO cronograma de obras da Prefeitura de Porto Velho segue com serviços sendo realizados em vários pontos da cidade. Nesta quinta-feira (8), cinco bairros das zonas Sul e Leste da cidade recebem melhorias.

Os trabalhos fazem parte do pacote de intervenções para melhorar a infraestrutura urbanística do Município. Equipes da Secretaria Municipal de Obras (Semob) estão distribuídas em quatro frentes de serviços.

PROGRAMAÇÃO

Trabalhadores da Semob realizam limpeza de canais para corrigir problemas decorrentes das chuvas intensas na região no bairro Floresta.

No cruzamento das ruas Paraná com Espírito Santo, a remoção de detritos é feita com máquinas pesadas. O entulho que foi acumulando estava impedindo o escoamento da água de chuvas.

No bairro Lagoinha, na zona Leste, as equipes da Semob realizam a limpeza e nivelamento de terreno para a construção de meio-fio e sarjeta. É uma obra complementar que chega após a restauração das vias. Na etapa seguinte será feita a nova pavimentação da via.

Leia Também:  CONCIDADE: Proposta visa facilitar novos empreendimentos em distritos

Equipes realizam a limpeza e nivelamento de terreno

As ruas beneficiadas no bairro Lagoinha são Padre Cícero, Crateús e Francisca Guimarães.

TAPA-BURACOS

O trabalho de tapa-buracos ocorre em três bairros da zona Sul de Porto Velho. No bairro Castanheira é feito nas ruas Abacateiro, Doutor Gondim e Bonfim.

Serviços semelhantes prosseguem na rua Tela, bairro Cohab, e na rua Nova Esperança, próximo à avenida Jatuarana, no bairro Caladinho.

Esse tipo de serviço garante a trafegabilidade nas vias sem a necessidade de recuperação completa.

Texto: Pedro Bentes
Fotos: Leandro Morais

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Porto Velho

Hildon Chaves afirma que Porto Velho não teve prejuízo com negociação de vacinas

Publicados

em

 

Surpreendido com a operação da Polícia Civil do Rio de Janeiro que teve como alvo a negociação de vacinas contra a Covid-19, o prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, decidiu embarcar imediatamente para capital carioca onde o inquérito está instaurado. Ele quer obter maior conhecimento dos fatos para, assim, subsidiar futuras decisões.
Hildon afirma que o município não teve nenhum prejuízo financeiro já que os termos de negociação asseguraram a liberação da Carta de Crédito somente 10 dias úteis após o embarque do lote em Londres.

Segundo o prefeito Hildon Chaves, os representantes da empresa Ecosafe Solutions mantinham contato diariamente garantindo o envio das 400 mil doses. “Não havia, até esta manhã, nenhum motivo para acreditarmos em má-fé da empresa e seus representantes”.

Hildon Chaves também explicou que a empresa e seus representantes passaram por uma investigação social e que nada foi encontrado a ponto de desabonar a conduta da equipe e colocar em dúvida a negociação da vacina Astrazeneca/Oxford. “Ainda assim, repito, todas as medidas de segurança para evitar danos ao erário do município foram tomadas”.

Leia Também:  ACADÊMICOS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO VISITAM A UHE JIRAU

Aposta na vida

O prefeito Hildon Chaves afirmou que, na esperança de imunizar os portovelhenses, busca sempre negociar vacinas. “Fizemos isso com a Coronavac. A negociação de 80 mil só não foi adiante porque o governo federal firmou contrato com o Instituto Butantan. O que não podemos é ficar de braços diante dessa tragédia humanitária que vivemos”.

Sobre as seringas, Hildon Chaves, informou que o insumo foi uma doação da iniciativa privada e que, com prazo longo de validade, não haverá desperdício. “Nós vamos manter a esperança de salvar vidas. Continuamos as negociações de doses no Consórcio Conectar, da Frente Nacional dos Prefeitos, que pode garantir 30 milhões de imunizantes para os munícipios brasileiros”.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA