PORTO VELHO

Porto Velho

PAUTA – Prefeitura fará estudos de viabilidade de atendimento de demandas dos taxistas

Porto Velho


Lideranças dos motoristas de táxi pediram isenções diversas para desonerar os gastos da categoria

As demandas foram encaminhadas para os estudos técnicosRepresentantes do Sindicato dos Taxistas e dos Transportes Escolares, Turísticos e Fretamento (Sintax) participaram de reunião, nesta quarta-feira (02), no Prédio do Relógio, sede da Prefeitura Municipal, onde apresentaram diversas reivindicações. Ao final do encontro, a categoria foi informada que as demandas serão avaliadas sobre a viabilidade de cada uma.

A pauta de reivindicações foi apresentada pelo presidente da Sintax, Francisco Ferreira dos Santos, o “Chiquinho”. Também participou da reunião o vereador Paulo Tico.

O grupo foi recebido pelo secretário-geral de Governo (SGG), Fabricio Jurado e pelo secretário-adjunto Devanildo Santana.

Os taxistas pediram que seja promovida a anistia das multas relacionadas ao táxi-compartilhado, de 2018 a 2021, ou Programa de Recuperação Fiscal (Refis) de 90%; redução do Imposto Sobre Serviços (ISS) de cinco para duas UPFs e outras isenções.

“Sabemos que a categoria está sendo muito afetada durante a pandemia de Covid-19. As demandas foram encaminhadas para os estudos técnicos. Vamos analisar a viabilidade de atendimento muito brevemente”, disse Jurado aos taxistas.

Leia Também:  PATRIMÔNIO: Marinha vai repassar galpão para município

A pauta foi apresentada ao prefeito Hildon Chaves, que acionou as Secretarias Municipais de Trânsito, Mobilidade e Transportes (Semtran) e da Fazenda (Semfaz) para que apresentem as análises sobre as reivindicações o mais breve possível ao seu Gabinete.

Texto: Etiene Gonçalves
Fotos: Etiene Gonçalves

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Porto Velho

COVID-19 – Mutirão de vacinação da Prefeitura atende em dois pontos neste sábado e domingo

Publicados

em


Prefeito Hildon Chaves visitou os locais onde a imunização mobilizou servidores municipais e voluntários
Altair Altoff, professor universitário, foi o primeiro a ser vacinado no ponto da Faculdade São Lucas

O sábado foi de mutirão de vacinação contra a Covid-19 em Porto Velho. A Prefeitura Municipal, com o apoio de voluntários, promoveu mutirão de atendimento no Centro Universitário Fimca e Centro Universitário São Lucas, onde foram imunizadas pessoas com 50 anos de idade ou mais sem comorbidades, profissionais da educação do ensino fundamental, médio, superior e profissionalizante. O prefeito Hildon Chaves acompanhou os trabalhos nestes locais.

Prefeito Hildon Chaves acompanhou os trabalhos nos locais de vacinação“A partir deste momento, estamos vislumbrando o horizonte da retomada das aulas presenciais. A meta neste final de semana é vacinar aproximadamente 12 mil profissionais da educação no geral”, afirmou o prefeito.

A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) estabeleceu como meta vacinar cerca de 7 mil pessoas neste sábado com a primeira dose da vacina Astrazeneca. O mutirão envolveu cerca de 400 pessoas, entre servidores da prefeitura, acadêmicos e outros voluntários.

Altair Altoff, professor universitário, foi o primeiro a ser vacinado no ponto da Faculdade São Lucas. “A vacinação é de suma importante para alcançar a imunização. É uma alegria muito grande poder tomar a vacina e saber que estamos buscando a imunização de 100% da população”, comentou.

Leia Também:  PATRIMÔNIO: Marinha vai repassar galpão para município

Edimar Pereira, açougueiro de 50 anos, estava emocionado com a primeira dose da vacina, que era muito aguardada. “Estou muito feliz, é um dia especial. Eu estava ansioso e finalmente chegou a hora, agora vou poder trabalhar mais tranquilo”, comemorou. Para o professor João Paulo, vacina representa a retomada das aulas presenciais

Para João Paulo Viana, professor da Universidade Federal de Rondônia, a vacina representa a possibilidade da retomada das aulas presenciais. “Significa o fim de uma longa espera e um momento de alívio e tranquilidade, uma vez que o Brasil vai começar a crescer novamente e a gente vai poder desenvolver nossas atividades com novo normal. Então hoje é um dia de alívio e agradecimento, inclusive agradecer à Prefeitura por essa oportunidade”, disse ele, que é doutor em ciência política.

O mutirão continua neste domingo (20), também com dois pontos de vacinação, sendo um na Faculdade Fimca, das 9h às 13h, para profissionais da educação do ensino fundamental, médio, privado, profissionalizante e ensino superior; e o outro no sistema drive-thru, na sede da Prefeitura Municipal, na avenida 7 de Setembro, 237, Centro, também de 9h às 13h, para trabalhadores da educação do ensino fundamental e médio.

Leia Também:  IMUNIZAÇÃO - Nesta quinta serão vacinados somente os que fizeram agendamento pelo aplicativo SASI

FOME

Aproveitando a mobilização da população durante a vacinação, a Prefeitura pede a todos que, se possível, façam a doação voluntária de qualquer tipo de alimento não perecível nos locais de vacinação que também são pontos de coleta para atender as famílias menos favorecidas.

Texto: Renata Beccária
Fotos: Wesley Pontes

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA