PORTO VELHO

Porto Velho

Porto Velho: Prefeito visita obras no bairro Flamboyant, Lagoa e Ginásio Vinícius Dannin

Publicados

Porto Velho

Grandes obras estão sendo realizadas pela prefeitura de Porto Velho, em diversas regiões do município. O prefeito Hildon Chaves, tem acompanhado pessoalmente os trabalhos em andamento no bairro Flamboyant, onde estão sendo asfaltados 10 quilômetros de ruas, no bairro Lagoa, que recebe principalmente obras de drenagem profunda e no Ginásio Vinicius Dannin, na avenida Amazonas, que está sendo reconstruído.

O Prefeito conversou com moradores e recebeu reconhecimento pelo trabalho. No bairro Flamboyant, as ruas estão sendo beneficiadas com estrutura completa, incluindo drenagem, pavimentação, calçada, meio-fio e sarjeta. A obra está praticamente pronta, restando apenas 5% do projeto.

“Falta apenas a rua Itatiaia, uma via importantíssima. Dentro de pouco tempo estaremos com essa obra totalmente entregue. Onde há um ano era apenas buraco e poeira, hoje temos ruas de qualidade. Esse trabalho demonstra que Porto Velho tem jeito”, comemorou o prefeito.

Moradora da rua Itamaraty há quase 35 anos, a costureira Maria Nazaré Pereira da Costa, não escondeu a alegria. “Quando eu vi as máquinas da prefeitura chegando fiquei feliz demais. O prefeito fez a parte dele. Com o asfalto melhorou muito. Eu já tinha feito a minha calçada e a prefeitura completou, agora ficou concluído”, disse.

Leia Também:  Ministério Público e Polícia Civil fazem a maior apreensão de cocaína no Estado de Rondônia

Maria Nazaré da rua Itamaraty, comemorou a chegada do asfalto. Para a dona de casa Ivaneide Costa, a pavimentação serviu de incentivo para uma reforma na casa da família. “A lama acabou e a poeira também. Além de valorizar mais o imóvel, melhorou bastante”, celebrou a moradora.

Maria Nazaré, da rua Itamaraty, comemorou a chegada do asfalto
Maria Nazaré, da rua Itamaraty, comemorou a chegada do asfalto

GINÁSIO VINÍCIUS DANNIN

No Ginásio Vinícius Dannin, que faz parte do complexo do Colégio Padrão, o investimento é superior a R$ 1 milhão, recurso financeiro enviado pelo Ministério da Cidadania, por meio de emenda parlamentar da deputada federal Mariana Carvalho e contrapartida do município. As instalações estão sendo refeitas, uma vez que foram duramente afetadas durante um incêndio. A expectativa é que tudo fique pronto até agosto deste ano.

Segundo o prefeito Hildon Chaves, após a conclusão das obras, o ginásio será um espaço completo e moderno, que servirá para a diversidade de práticas esportivas, como o programa Talentos do Futuro. “A parte mais complicada, que é o telhado, que já está sendo finalizada. As arquibancadas serão refeitas e haverá assentos individuais”, explicou.

Leia Também:  São Francisco do Guaporé terá geração de Energia Solar em 2020

OBRAS NO BAIRRO LAGOA

Hildon Chaves também visitou o bairro Lagoa, onde estão sendo investidos cerca de R$ 20 milhões em obras que incluem 10 quilômetros de asfalto com serviços de drenagem, meio-fio e sarjeta. Os recursos são do governo federal provenientes de emenda de bancada de 2017 e contrapartida da Prefeitura de Porto Velho.

Os serviços iniciaram há cinco meses e após concluídos vão solucionar os problemas de alagamentos nas ruas do bairro.

Texto: Renata Beccária
Fotos: Leandro Morais

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Porto Velho

COVID-19 – Prefeitura apresenta balanço da Operação Argos III

Publicados

em


Equipe fiscalizou mais de uma centena de estabelecimentos comerciais de Porto Velho

A fiscalização é para garantir o cumprimento das restrições do decretoUma força-tarefa composta órgãos fiscalizadores da Prefeitura de Porto Velho, policiais militares e bombeiros militares realizou, sábado (10), a 3ª edição da Operação Argos. No total, 115 estabelecimentos comerciais foram visitados. O grupo atua para sensibilizar o comércio local quanto ao cumprimento das restrições relacionadas ao controle a pandemia de Covid-19.

A equipe percorreu algumas das principais avenidas da cidade como Sete de Setembro, Nações Unidas, Amazonas e José Amador dos Reis. Foram feitas orientações em 105 estabelecimentos, além de sete notificações e quatro autuações por motivos variados.

A atuação da força-tarefa de servidores da Prefeitura de Porto Velho é parte do cumprimento das medidas de restrição ao funcionamento de estabelecimentos comerciais previstas em legislação especifica.

“A fiscalização é feita para que não seja necessário ampliar o período de restrições ou fechar o comércio durante a semana. É ruim para economia, pior ainda para as vidas que são perdidas no decorrer da pandemia”, justifica o diretor do Departamento de Fiscalização da Secretaria Municipal de Fazenda (Semfaz), Huéliton Mendes.

Leia Também:  Rondônia poderá ganhar mais uma empresa de táxi aéreo

A fiscalização vai permanecer enquanto durar a vigência dos decretos Mendes destaca que a sociedade precisa colaborar seguindo as regras impostas pelas autoridades sanitárias e que a classe empresarial também precisa ajudar o poder público neste momento.

Segundo a Semfaz, a fiscalização vai permanecer enquanto durar a vigência dos decretos que tratam do isolamento social controlado.

OPERAÇÃO

A Operação Argos é coordenada pelo Setor de Fiscalização da Semfaz e tem apoio do Departamento de Postura Urbana da Secretaria Municipal de Serviços Básicos (Semusb), Corpo de Bombeiros Militar, Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), além do apoio da Polícia Militar.

Texto: Etiene Gonçalves
Fotos: Leandro Morais

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA