PORTO VELHO

Porto Velho

PÓS-COVID – Pacientes com sequelas têm reabilitação gratuita em Porto Velho

Publicados

Porto Velho


Atendimento multidisciplinar recupera pacientes afetados de diversas formas pelo Coronavírus

Após vencer a Covid, Valtina tenta superar as dificuldades para respirar, principalmente quando precisa andar

Valtina Magno da Silva, 72, e Edmilson Soares Ximenes, 64, não se conhecem. Mas ambos superam um dos maiores desafios de suas vidas, a Covid-19. Após a cura, essas pessoas, assim como outras dezenas, buscaram acompanhamento médico por causa das variadas sequelas que ficaram.

Centro Especializado em Reabilitação (CER) recebe pacientes pós-covid

É para dar suporte às pessoas que foram curadas do vírus que a Prefeitura de Porto Velho presta este atendimento no Centro Especializado em Reabilitação (CER), que é uma unidade da Prefeitura de Porto Velho, mantida 100% com recursos próprios.

O tratamento é inédito no estado e está disponível ao público desde outubro de 2020.

Os serviços são disponibilizados nas áreas de fisioterapia respiratória, terapia ocupacional, fonoaudiologia, assistente social e psicologia.

Dona Valtina é aposentada e mora no bairro Três Marias. Ela passou 23 dias internada e usando máscaras de Ventilação Não Invasiva (VNI). Superados os dias de hospitalização vieram as dificuldades para respirar, principalmente quando precisava andar. A solução veio com atendimento multidisciplinar no CER.

“O momento é de felicidade por ter vencido essa doença, já com a idade avançada”, declarou a aposentada. Ela fez um alerta às pessoas para que se cuidem e não se aglomerem. “A vida é só uma. A gente perde e não tem outra”, justificou Valtina.

PROCEDIMENTO

Edmilson destaca o acolhimento e atendimento que recebe no CERPara dar início ao tratamento e acompanhamento é necessário passar por um procedimento padrão, que é a consulta médica numa Unidade Básica de Saúde (UBS). Depois, com o encaminhamento, buscar uma Central de Regulação Médica, que funciona na própria UBS. Assim fez o administrador Edmilson Soares, morador do bairro Aponiã, que recebeu atendimento.

Leia Também:  Porto Velho: Prefeito visita obras no bairro Flamboyant, Lagoa e Ginásio Vinícius Dannin

“No CER há um diferencial muito grande em relação às clínicas que já frequentei fazendo fisioterapia. Há acompanhamento da equipe multidisciplinar”, disse Edmilson. De acordo com ele, há um acolhimento e atendimento muito especial desde a recepção.

O paciente contou que fez descobertas importantes durante o acompanhamento pela equipe do CER. Ele descobriu, por exemplo, que a Covid-19 pode afetar os diversos sistemas do corpo humano e, pode exigir serviços de fisioterapia e fonoaudiologia, além do aspecto psicológico.

Edmilson é hipertenso e depois de ser acometido pela Covid-19 ganhou 40 quilos. Agora, busca a recuperação do peso ideal e a superação das demais fragilidades. “Felizmente tenho um Deus grande e confio nele… Somos especiais e espero que Deus abençoe a todos e os trabalhadores da saúde”, completou.

ATENDIMENTOS

Fisioterapeuta Eliane Rose Takahara destaca a importância do tratamentoDesde que iniciou o serviço especializado em reabilitação do condicionamento cardiorrespiratório, o CER já atendeu mais de 270 pacientes. “Eles sentem muito cansaço. O tratamento dá ao paciente, condição de seguir a sua vida”, conta a fisioterapeuta, Eliane Rose Takahara.

A profissional informou ainda que a duração do tratamento depende de cada pessoa, podendo superar os seis meses, pois a Covid-19 ataca as fibras musculares e é sistêmica. “Além da parte pulmonar, ficam sequelas psicológicas, perda da destreza e coordenação, por exemplo. O que fazemos não é milagre, é um tratamento que ocorre no dia a dia”, completou Eliane.

Leia Também:  #COMPROMETIMENTO: Prefeitura cumpre medidas para desinterditar aterro sanitário em Porto Velho

Para concluir o tratamento, no menor tempo possível, os pacientes fazem exercícios respiratórios, aeróbicos e usam a bicicleta ergométrica para fortalecer a musculatura.

GRATUITO

Diretora do CER fala que, além de sequelas físicas, a doença deixa abalo emocionalDe acordo com a diretora do CER, Mayara Souza, o período da manhã é exclusivo para o serviço pós-Covid, com atendimento da equipe multidisciplinar para quatro pacientes diários.

“Após a triagem, o paciente é encaminhado à fisioterapia respiratória. Na primeira sessão, já recebe o atendimento dos demais profissionais e, se eles detectarem a necessidade de continuar com outros serviços, fazem o complemento”, explicou.

Segundo Mayara, há uma demanda de atendimentos, pois muitos já chegam afetados por terem perdido algum familiar e necessitam, por exemplo, de psicólogos para acompanhá-los. “A Prefeitura de Porto Velho dá o suporte, pois muitos pacientes não têm condição de pagar um tratamento”, completou a diretora do CER.

LOCALIZAÇÃO

O Centro Especializado em Reabilitação (CER) está situado à Rua Jamari, bairro Pedrinhas, ao lado da Policlínica Ana Adelaide.

Texto: Etiene Gonçalves
Fotos: Leandro Morais

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Porto Velho

TRÂNSITO – Sinalização de trânsito é implantada em 81 pontos de Porto Velho

Publicados

em


Os serviços são realizados por equipes da Semtran para tornar o fluxo de veículos mais seguro

Equipes trabalham na sinalização em diversas ruas da capital

Ruas de diversos bairros de Porto Velho estão sendo sinalizadas pela Prefeitura Municipal. As obras fazem parte de um amplo programa voltado para oferecer mais segurança a quem trafega pelas vias da capital.

Sinalização na rua Tenreiro AranhaSegundo dados da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes (Semtran), só em março deste ano, 81 locais foram sinalizados. Estas intervenções fazem parte do portfólio de atividades da secretaria e são voltadas para assegurar que o tráfego de veículos flua normalmente.

Na rua Chico Mendes, no bairro Mariana, e nas ruas Angico, Aroeira, Buritis e Geraldo Siqueira, no bairro Conceição, foram implantadas placas que indicam parada obrigatória, faixas de retenção e divisória de fluxo.

Além destes pontos, na rua Neuzira Guedes, no bairro Tiradentes, nas ruas Vila Nova e Cacoal, no bairro Floresta, e ruas Cedro e Daniela, no bairro Lagoinha, as equipes também providenciaram sinalizadores que vão tornar o trânsito de veículos mais seguro.

Leia Também:  REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA: Prefeitura entregará títulos aos moradores do Pedrinhas

Todo o trabalho é feito por equipes compostas por servidores municipais, além de reeducandos do sistema prisional que foram selecionados a partir de critérios técnicos.

No bairro Lagoinha, as equipes também implantaram sinalização de parada obrigatória, faixas de retenção e divisória de fluxo nas ruas Francisco Guimarães, Nova Esperança, Rua da Paz, Beija-Flor, Cascavel e Ananias Ferreira de Andrade. O mesmo serviço foi realizado na rua Tenreiro Aranha, no bairro Santa Bárbara e Centro.

PARADAS

Lombada na Almirante Barroso recebeu serviço de pinturaA Semtram também implantou baias de ônibus em pontos da avenida Amazonas, nos trechos entre a avenida Jorge Teixeira e as ruas Venezuela, Nicarágua, Equador, Panamá, Emídio Feitosa, Renato Peres, Governador Ari Marcos, Ester Sales, Machado de Assis, Vitor Ferreira, Maria Lúcia, Olivia Fontes, Chapada dos Parecis, Daniela e Portela.

Faixas de pedestres, pinturas de lombadas e de estacionamento também foram providenciadas pela Prefeitura na Avenida Amazonas.

Em frente ao Centro de Convivência do Idoso, no bairro Tiradentes, as equipes implantam faixas de pedestres. Trabalho semelhante foi feito na rua Tenreiro Aranha e avenida Carlos Gomes, no Centro, e em frente à Escola Bom Jesus.

Leia Também:  Porto Velho: Prefeito visita obras no bairro Flamboyant, Lagoa e Ginásio Vinícius Dannin

Na Avenida Amazonas, nos cruzamentos com as ruas Milene Costa e Chapada dos Parecis, no bairro Cuniã, foram realizados os serviços de pintura das lombadas.

Também receberam nova pintura as lombadas instaladas na rua Almirante Barroso com rua Tenreiro Aranha, no Centro.

No Corpo de Bombeiros e na Empresa de Desenvolvimento Urbano (Emdur), as equipes realizaram a pintura do estacionamento.

Texto: Carlos Sabino
Fotos: Leandro Morais e Wesley Pontes

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLICIAL

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA