PORTO VELHO

Porto Velho

RESPEITO – Denúncias de abuso financeiro dos idosos cresce com pandemia

Porto Velho


Dia Mundial da Conscientização da violência Contra a Pessoa Idosa terá campanha pela internet

A ação pretende chamar atenção para os cuidados que o idoso mereceA Prefeitura de Porto Velho realizará, na terça-feira (15), uma corrente solidária através da internet com o tema “A violência contra a pessoa idosa em tempos de pandemia”. O evento faz parte da celebração do Dia Mundial da Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa.

A manifestação virtual será organizada pelo Conselho Municipal do Idoso (CMI) e pretende chamar atenção da população para os cuidados que o idoso merece. Atualmente, o abuso financeiro dos idosos é o tipo de denúncia que mais cresce.

A data foi reconhecida oficialmente em 2011, pela Assembleia Geral das Nações Unidas, que atendeu solicitação da Rede Internacional de Prevenção ao Abuso de Idosos (INPEA). Na mesma ocasião, foi instituído o mês de junho, no ano de 2006, como data oficial de combate a violência contra o idoso.

“O momento atual de pandemia piorou a situação dos idosos. Nossa maior preocupação não é mais o abuso em forma de abandono, como ocorria antes da pandemia, o problema agora é o abuso financeiro”, revela a presidente da CMI, Vanusa Soares.

Leia Também:  Energisa leva mutirão de atendimento ao bairro Tancredo Neves no próximo sábado

A cada denúncia recebida, o Centro de Referência Especializado em Assistência Social (CREAS) é acionado pelas equipes do CMI, que enviam assistentes sociais e psicólogos até o local onde se encontra o idoso violentado. De acordo com o conselho, embora o abuso financeiro esteja entre os casos mais denunciados entre 2020 e 2021, por conta da pandemia, outras ocorrências de violência como a sexual, psicológica e física, também têm sido atendidas pelo CMI.

“Outro dia recebemos a denúncia de que uma idosa recebia R$ 5 mil de salário e o neto repassava para ela apenas R$ 900. Este tipo de situação tem se repetido muito”, conta a presidente.

Vanusa Soares,  presidente da CMIO conselho municipal realiza regularmente conferências e seminários como formas de promover as políticas públicas e políticas de inclusão do idoso. Além disso, também faz atendimento ao idoso e família diretamente na sede do conselho, e faz visitas domiciliares para acompanhamento.

O Estatuto do Idoso prevê como crime a conduta de colocar em risco a vida ou a saúde do idoso, por meio de condições degradantes ou de privação de alimentos e cuidados indispensáveis. A pena prevista é de dois meses a um ano de detenção e multa. Caso o resultado do crime seja por lesão corporal grave, a pena pode chegar a até quatro anos de reclusão. Em caso de morte, a pena vai de quatro a doze anos de reclusão.

Leia Também:  MUNIZAÇÃO - Começa a vacinação para professores e pessoas de 50 a 54 anos sem comorbidades

As denúncias de violência contra idosos podem ser feitas através dos seguintes números:

Disque Denúncia: 100
Polícia Militar: 190
Conselho Municipal do Idoso: 3901-2951

Texto: Carlos Sabino
Foto: Carlos Sabino

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Porto Velho

PATRIMÔNIO – Palestra para setor do turismo mostra atrativos culturais de Porto Velho  

Publicados

em


Setor está sendo preparado para visitas após o controle da pandemia

A qualificação é realizada através de palestra on-lineOs “Atrativos Culturais em Porto Velho” serão abordados no Programa de Capacitação da Cadeia Produtiva do Turismo, que é realizado pela Prefeitura. O objetivo é qualificar o setor para a retomada do crescimento econômico no período pós-pandemia.

A qualificação é realizada através de palestra on-line. A próxima, que tratará dos atrativos culturais da capital, acontecerá no dia 30, às 14h. Serão apresentados museus, galerias, teatros, monumentos históricos e sítios arqueológicos existentes no município.

A palestra será conduzida pela educadora, Mestra em Paleontologia e Especialista em Patrimônio Cultural Ednair Nascimento. “Porto Velho é uma cidade muito rica em cultura, apesar de muita gente discordar. Temos muito a oferecer com nossos atrativos”, destaca a palestrante.

O Programa de Capacitação “Porto Velho Turística“ é coordenado pela Secretaria Municipal de Indústria, Comércio, Turismo e Trabalho (Semdestur). É voltado a acadêmicos, trabalhadores do turismo, e todas as pessoas que queiram conhecer melhor a cidade.

Foram disponibilizadas 100 vagas. As inscrições são gratuitas e ainda estão abertas através do link: https://forms.gle/y6QDN9ANB6H3c9oDA.

Leia Também:  CGM adota nova metodologia para promover maior transparência na gestão de recursos pelo Município

Para completar o ciclo, está programada, para o dia 28 de julho, uma palestra sobre Marketing Turístico para as Redes Sociais.

Mais informações podem ser obtidas através do telefone (69) 9 9362-4243 ou pelo e-mail: [email protected]

Texto: Renata Beccária
Fotos: Saul Ribeiro

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA