PORTO VELHO

Porto Velho

SAÚDE – Pacientes devem manter informações do Cartão do SUS atualizadas

Porto Velho


Todas as informações relacionadas à saúde do usuário são armazenadas e unificadas

Cartão do SUS deve ter informações atualizadasO Cartão do SUS, documento de identidade do paciente no Sistema Único de Saúde, garante o acesso aos serviços oferecidos pela rede de saúde municipal e estadual. Entretanto, precisa ser atualizado para possibilitar que o atendimento seja rápido e eficaz.

“O cidadão com o cartão SUS tem uma maior tranquilidade e agilidade nos atendimentos médicos e procedimentos”, explica Chirley Almeida, gerente de Controle e Avaliação da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa).

Por meio do Cartão do SUS, toda informação de saúde é armazenada e unificada em um documento, dando facilidade de acesso ao histórico do paciente, seja em procedimentos especializados ou em unidades básicas de saúde.

“É importante destacar que, os dados do Cartão do SUS devem ser constantemente atualizados, como endereço e telefone, por exemplo”, explica Kaio Henrique, diretor do Departamento de Regulação, Avaliação e Controle da Semusa.

Essa atualização permite ao sistema de saúde do município facilidade de contato pela regulação e pelos agentes de saúde, quando necessário.

Leia Também:  Frota de ônibus circula normalmente nesta segunda-feira(28) em Porto Velho

ONDE PROCURAR

Cartão facilita acesso aos serviços de saúdeO cidadão consegue emitir o cartão ou atualizar seus dados nas Unidades Básicas de Saúde. Basta procurar a unidade mais próxima portando RG, CPF e comprovante de residência. Para crianças que ainda não possuem carteira de identidade, os responsáveis devem apresentar a certidão de nascimento.

Com o cartão em mãos, o cidadão tem facilidade no acesso à vacinação, regulação de consultas e exames, atendimento nas unidades de saúde, pronto atendimento e ao aplicativo Conect SUS.

Com os dados atualizados, a Regulação de Porto Velho consegue contato facilmente com os pacientes para informar sobre agendamentos e informações gerais. Devido à falta de atualização, o contato é prejudicado, impedindo a autorização das consultas e exames agendados.

Com o Cartão Nacional de Saúde o cidadão é identificado através de uma numeração nacional. Todos os atendimentos realizados são registrados e vinculados a este número. O documento é válido em todo o território brasileiro.

Texto: Pedro Bentes
Fotos: Emílio Tiago e SMC

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Porto Velho

IMUNIZAÇÃO – Novas doses de Coronavac serão enviadas a distritos de Porto Velho

Publicados

em


A Semusa depende do envio de doses do Ministério da Saúde para seguir atendendo a população

Doses serão enviadas para a imunização nos distritos

Porto Velho recebeu na sexta-feira (14) 2 mil doses de Coronavac, o quantitativo será enviado aos distritos da capital que também estão com a segunda aplicação do imunizante atrasado.

Segundo Elizeth Gomes, da divisão de imunização da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), o planejamento da distribuição já está sendo alinhado. “Essas doses já estão confirmadas para envio aos nossos distritos que, assim como a capital, estão com a segunda aplicação atrasada. Estamos, agora, organizando a logística para distribuição”.

Na quinta-feira (13), a capital já havia recebido 4.060 doses de Coronavac. Desse quantitativo, 1.060 estavam separadas para os distritos, porém com uma procura maior que a esperada, todas as doses foram utilizadas para a segunda aplicação na capital. Agora, com as novas doses recebidas, todas serão envidas aos distritos.

“Aguardamos o envio de novas doses por parte do Ministério da Saúde para atender aqueles que ainda têm a segunda aplicação atrasada”, declarou a gerente de imunização.

Leia Também:  EDUCAÇÃO - Faculdade da Prefeitura facilita acesso de estudantes ao ensino superior

Foram imunizados com a segunda aplicação pessoas que receberam a primeira dose nos dias 30 e 31 de março e no dia 1° de abril.

A Semusa reforça que o planejamento de aplicação de segunda dose da Coronavac está sendo feito o mais rápido possível para atender todos que tem a segunda aplicação atrasada, mas a secretaria depende do envio de doses do MS para seguir atendendo a população.

Texto: Jefferson Carvalho
Fotos: Saul Ribeiro e Wesley Pontes

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA