PORTO VELHO

Porto Velho

SERVIÇO – Furtos de fios e cabos geram prejuízos à população e aos cofres públicos de Porto Velho 

Porto Velho

População pode ajudar denunciando atos suspeitos

Município tem registrado aumento no número de furtos de fiação Entre os anos de 2021 e 2022 mais de 5 mil metros de fio foram furtados dos circuitos elétricos públicos de Porto Velho. Segundo dados da Empresa de Desenvolvimento Urbano (Emdur), o prejuízo gerado é de cerca de R$ 1,5 milhão somente no primeiro ano.

Para minimizar os prejuízos, a Prefeitura tem atuado, junto à Emdur, para evitar os atos criminosos, através da modificação e blindagem dos circuitos elétricos, com instalação de redes aéreas e concretagem dos cabos.

Além disso, a Prefeitura busca apoio da Polícia Civil e tem feito intervenções e auditorias com acompanhamento dessas autoridades. Os locais mais afetados com os furtos são a Praça do Caladinho, os Centros de Desporto e Lazer (Cedel) da zona Leste e Sul, a Estrada do Santo Antônio e da Penal, e a Quadra do Esperança da Comunidade.

Os furtos também acontecem no Parque Jardim das Mangueiras (Skate Park) e ao longo da BR-364 sentido Unir com a subtração de fios e transformadores, assim como nos trechos entre viadutos.

Leia Também:  TRÂNSITO - Plano de Mobilidade Urbana de Porto Velho é debatido em audiência pública

Furtos comprometem o serviço prestado em outras partes da cidadePequenos furtos foram registrados, ainda, na Praça Marechal Rondon, Praça do Santo Antônio, Campo do Florestão, nas avenidas Jorge Teixeira, Imigrantes, Guaporé, entre outras.

No Espaço Alternativo os problemas de iluminação pública são constantes, devido aos furtos. O mesmo ocorre na Estrada dos Japoneses. “É um assunto muito triste de divulgar, mas, infelizmente, tivemos muitos problemas de furtos e cabos na cidade de Porto Velho”, disse Gustavo Beltrame, presidente da Emdur.

Além do prejuízo material, o ato criminoso também sobrecarrega a mão de obra da Emdur, já que as equipes precisam se deslocar de um local onde os trabalhos de instalação estão sendo feitos, para refazer o que já havia sido entregue à população.

“Nós pedimos que, se alguém ver um ato suspeito, como alguém cavando perto de um poste ou praça pública, denuncie ligando para o 190, porque é a Polícia Militar que tem a competência de atender a ocorrência e averiguar o fato no momento do ato. Nos ajudem a fiscalizar para mantermos a nossa cidade cada vez melhor e mais iluminada”, concluiu o presidente da Emdur.

Leia Também:  INCLUSÃO - Servidores municipais da saúde recebem certificados de capacitação em Libras

Texto: Vanessa Farias
Foto: Wesley Pontes e Emdur

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Porto Velho

ENTRETENIMENTO – Rua de Lazer e Cidadania estará presente no Festival de Praia Circuito Beach, em Fortaleza do Abunã

Publicados

em

Primeira etapa acontecerá entre os dias 26 e 28 desse mês

Atividades esportivas e recreativas serão ofertadas durante o eventoDiversas atividades esportivas e recreativas serão ofertadas gratuitamente através do projeto Rua de Lazer e Cidadania, durante a primeira etapa do Festival de Praia Circuito Beach, que será no distrito de Fortaleza do Abunã, nos dias 26, 27 e 28 de agosto.

Através da Rua de Lazer e Cidadania, a Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semes) vai oferecer para as crianças e adolescentes de Fortaleza do Abunã e distritos vizinhos atividades recreativas e esportivas como: Pula-pula, Pebolim, Tênis de mesa, Pintura facial, Pintura de papel, Corrida de saco, Queimadas, Pique-bandeira, Cabo de guerra e Morto-vivo.

“O Rua de Lazer e Cidadania faz parte do programa Qualidade de Vida e leva às crianças e adolescentes alegria, divertimento, socialização e inclusão social, através de recreação e jogos nos bairros, distritos e vilas”, destacou a secretária da Semes, Ivonete Gomes.

RUA DE LAZER E CIDADANIA

O projeto da Prefeitura de Porto Velho, coordenado pela Secretaria de Esporte e Lazer (Semes), é uma ação integrada das Secretarias de Educação (Semed), Saúde (Semusa), Meio Ambiente (Sema), Serviços Básicos (Semusb), Trânsito (Semtran), Comércio, Turismo, Indústria e Trabalho (Semdestur), Ação Social e Família (Semasf), da Fundação Cultural de Porto Velho (Funcultural), e a Superintendência de Integração e Desenvolvimento Distrital.

Leia Também:  VACINAÇÃO - Prevenção contra o HPV tem chegado às escolas de Porto Velho  

Texto: Marilza Rocha
Foto:
Leandro Morais

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

Fonte: Prefeitura de Porto Velho – RO

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA