PORTO VELHO

Porto Velho

SERVIÇOS – População do distrito de Extrema será contemplada com ações da Rua de Lazer e Cidadania

Porto Velho

Evento ocorre entre os dias 27 e 29 de maio

Atividades de recreação serão ofertadas ao público A população de Extrema receberá, no próximo fim de semana, uma série de ações sociais, esportivas, recreativas, de saúde entre outras. Trata-se de mais uma edição do projeto Rua de Lazer e Cidadania, que acontece entre os dias 27 e 29 de maio na região.

Para essas atividades, coordenadas pela Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semes), uma tenda será instalada próximo ao campo de futebol Somerão, local onde também acontecerá a 29ª edição do Interdistrital de Esportes, com abertura oficial na próxima sexta-feira (27), às 18h.

Através da Rua de Lazer e Cidadania, a Prefeitura oferece para as comunidades, atividades recreativas e esportivas como pintura de papel e facial, pebolim, basquete, vôlei, ping pong, pula-pula, corrida de saco, futsal, teatro de fantoche e roda de leitura.

Já a Secretaria de Educação (Semed) ofertará atividades de recreação, com quatro equipes de professores, além da equipe da Biblioteca Francisco Meireles que apresentará os projetos: É tempo de Inclusão, Varal Literário, Gincana Literária, Maleta Viajante, e o Clube de Leitura Curumins, com atividades de conto de história infantil, leitura de livros infantis, leitura de livros em braille, pintura de desenho, exibição de filmes infantis, distribuição de livros e distribuição de sacolinhas com pipocas e pirulitos.

Leia Também:  Feira do Artesanato apresenta doces com pouco açúcar

Serviços ligados à saúde também serão ofertados A Secretaria de Trânsito (Semtran) estará no evento com campanha de Educação no Trânsito e sinalização do local da Rua de Lazer e Cidadania; a Secretaria de Saúde (Semusa) com serviços de verificação de pressão arterial e glicemia.

Outra secretaria que marcará presença no evento será a de Comércio, Turismo, Indústria e Trabalho (Semdestur) com o Giro Empreendedor, garantindo oportunidade dos artesãos locais exporem seus trabalhos, como a fabricação de doces caseiros, queijos e artesanatos diversos.

“O projeto Rua de Lazer e Cidadania foi criado com o objetivo de ofertar à comunidade de Porto Velho e dos distritos, além de atividades de esporte e lazer, serviços nas áreas de saúde, educação, meio ambiente, cultura, turismo, entre outros”, disse a secretária da Semes, Ivonete Gomes.

PARCEIROS

Coordenado pela Secretaria de Esporte e Lazer (Semes), o projeto Rua de Lazer e Cidadania é uma ação integrada das Secretarias de Educação (Semed), Saúde (Semusa), Meio Ambiente (Sema), Serviços Básicos (Semusb), Trânsito (Semtran), Comércio, Turismo, Indústria e Trabalho (Semdestur), Ação Social e Família (Semasf), da Fundação Cultural de Porto Velho (Funcultural), e a Superintendência de Integração e Desenvolvimento Distrital.

Leia Também:  Energisa realiza cadastro de tarifa social em cinco bairros de Porto Velho

Texto: Marilza Rocha
Foto: Leandro Morais e Saul Ribeiro

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Porto Velho

MELHORIA – Investimento em tecnologia traz mais celeridade aos processos do município

Publicados

em

Programas estão sendo implantados em diversas secretarias

Investimento busca dar ainda mais transparência aos processos do municípioUm amplo investimento em tecnologia tem trazido ainda mais transparência aos processos da Prefeitura de Porto Velho. Com mais de R$ 30 milhões investidos, o município busca otimizar esse sistema e continuar a prestar um serviço de qualidade à população.

“Esse valor é distribuído em várias melhorias, entre elas a aquisição de servidores, mais de 90 quilômetros de implantação de fibra ótica e a implantação do sistema e-TCDF, incluindo a capacitação de servidores, entre várias outras melhorias que seguem sendo aplicadas”, explica Saulo Nascimento, titular da Superintendência Municipal de Tecnologia da Informação (SMTI).

e-TCDF

O e-TCDF é um sistema que dá mais celeridade, segurança e autenticidade aos processos eletrônicos que são feitos dentro das secretarias. Ele é uma parceria, desde 2019, entre a Prefeitura de Porto Velho e o Tribunal de Contas do Distrito Federal, responsável pelo desenvolvimento e segurança do sistema.

Saulo Nascimento, superintendente da SMTI “Ele começou a ser implantado em 2021 através da Secretaria Municipal de Regularização Fundiária, Habitação e Urbanismo (Semur), que hoje está com cerca de 98% dos processos já inseridos no programa e segue em expansão para as demais. Atualmente, já são atendidas a Secretaria Municipal de Fazenda (Semfaz), Secretaria Municipal de Trânsito (Semtran), Secretaria Municipal de Agricultura (Semagric), entre outras”, explica o superintendente.

Leia Também:  HISTÓRIA - Juízes federais visitam obras do Complexo da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré

TRANSPARÊNCIA

Para a população, um dos benefícios desta implantação é poder acompanhar os processos de interesse comum. “Não apenas ligado à transparência, o e-TCDF está linkado ao sistema de licenciamento unificado que são, por exemplo, licenciamentos ambientais, de obras, de trânsito; é acompanhar o que a prefeitura está fazendo”, comenta Saulo.

Mais de 30 analistas foram treinados para implantar e utilizar o novo sistema. O treinamento segue sendo feito para servidores de diversas secretarias. O objetivo é concluir o treinamento e a implantação do sistema em 2023.

Texto: Larissa Vieira
Foto: Felipe Ribeiro

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

Fonte: Prefeitura de Porto Velho – RO

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA