PORTO VELHO

Porto Velho

TECNOLOGIA – Sistema de monitoramento do Samu otimiza atendimentos e geração de estatísticas

Porto Velho


Plataforma Vsky emite dados das ocorrências em tempo real e indica locais onde acidentes são mais frequentes

Gerente do Samu aponta benefícios da nova plataformaA nova plataforma utilizada pelo Serviço Móvel de Urgência de Porto Velho (Samu) está mudando a rotina de atendimento e ocorrências dos profissionais socorristas. Em outra vertente dos benefícios, o sistema possibilitará o compartilhamento de estatísticas com outros órgãos e secretarias.

“Temos um sistema completo, que cuida da frota, unidades, serviços, usuários e ainda consolida todas estas informações”, explica Raymisson Correa, gerente do Samu.

O sistema Vsky está implantado há um mês. É uma plataforma moderna e acessível, que pode ser utilizada tanto através da internet quanto via satélite.

O novo sistema permite acompanhar, em tempo real, o andamento das ocorrências, o percurso e localização das ambulâncias e até a velocidade dos veículos, tanto em Porto Velho quanto do distrito de Jaci-Paraná, onde uma nova base do Samu foi inaugurada na terça-feira (01).

O novo sistema permite acompanhar, em tempo real, o andamento das ocorrências“Antes, fazíamos tudo manualmente. As fichas, estatística manual e planilhas, tudo. O sistema oferece todos os dados em tempo real e muito mais rápido”, explica o gerente do Samu.

Leia Também:  Obras da Ceron beneficiam moradores de União Bandeirantes

A chegada do sistema também permitiu maior economia, uma vez que a operacionalização pode ser feita via celular ou computador. O papel e a comunicação por rádio ficaram no passado.

As informações coletadas são enviadas à equipe da ambulância mais próxima, garantindo também mais agilidade no socorro pré-hospitalar.

NÚMEROS

Outra funcionalidade da plataforma é a emissão de estatísticas. O software armazena os dados das ocorrências e emite dados para a elaboração de relatórios que são disponibilizados para a Prefeitura e para os usuários locais.

“Antes disso, o usuário precisava fazer um requerimento, o que envolvia a procura em pastas físicas. Hoje, o usuário consegue as informações no mesmo dia. A solicitação pode ser providenciada por aplicativo de mensagem”, explica Raymisson.

Base do Samu em Jaci-ParanáAs estatísticas e dados emitidos pelo sistema orientam as ações e estudos da unidade. Só nas primeiras três semanas de uso, o Samu já conseguiu ter um diagnóstico de áreas mais suscetíveis a acidentes de trânsito, que continua a ser um dos principais motivos de ocorrência.

“Já temos informações sobre os pontos da cidade que concentram tipos específicos de acidentes. Os acidentes entre carros e motos ocorrem mais na zona leste. Isto indica que há necessidade de mais fiscalização ou sinalização nestes pontos. Tudo isto ficou muito claro através do sistema”, afirma Raymisson.

Leia Também:  Prefeito Hildon Chaves fala de demandas da saúde com representantes do Simero

Segundo o assessor técnico do Samu, as estatísticas podem ser compartilhadas com outros órgãos para, futuramente, serem estudadas medidas preventivas.

“O papel do Samu pode ir além do atendimento pré-hospitalar. Podemos provocar a sociedade a uma discussão acerca dos acidentes”, concluiu.

Texto:
Pedro Bentes
Fotos: Leandro Morais e Pedro Bentes

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Porto Velho

AMPLIAÇÃO – Porto Velho terá dois pontos de vacinação contra a Covid-19 nesta quinta e sexta-feira

Publicados

em


Somente serão imunizados com primeira dose aqueles com agendamento realizado pelo SASI

Imunização acontece nas faculdades São Lucas e UnironPorto Velho terá dois pontos de vacinação contra a Covid-19 nesta quinta e sexta-feira (24 e 25). A imunização será para pessoas a partir de 45 anos que possuem agendamento confirmado para estes dias através do aplicativo SASI. Os pontos de vacinação estão montados no Campus I da Faculdade Uniron (Av. Mamoré, nº 1520) e no Campus II do Centro Universitário São Lucas (Rua João Goulart, nº 666). O atendimento nos dois locais acontece das 9h às 16h.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), a ampliação se deve à alta demanda registrada no Campus da Uniron. “Independentemente do ponto para onde for direcionada, a pessoa deve obedecer ao agendamento feito através do SASI. Temos uma demanda muito grande neste grupo e nossa programação é feita com base nas informações constantes no aplicativo. Por isso, é importante ter o atendimento programado”, frisa a gerente da Divisão de Imunização, Elizeth Gomes.

Quem está agendado para receber a segunda dose da imunização nestes dias, pode comparecer em qualquer uma das unidades.

Leia Também:  #PORTOVELHO: Musa do Interdistrital será escolhida nesta sexta-feira

APLICATIVO SASI

Para receber o imunizante é preciso receber a notificação de agendamentoUma vez cadastrado e com agendamento confirmado, o usuário recebe notificação por e-mail ou telefone, com o dia e horário em que vai receber a vacina contra a Covid-19.

O SASI está disponível em todas as lojas virtuais dos smartphones e pode ser baixado gratuitamente.

Para baixar o aplicativo no sistema Android, basta acessar: https://play.google.com/store/apps/details?id=br.com.sasi.app.

Para baixar no sistema IOS, basta acessar: https://apps.apple.com/br/app/sasi/id1467748272.

CONSULTA

O Portal Imuniza, da Prefeitura de Porto Velho, oferece o serviço de consulta de agendamento da vacinação. Por ele, o cidadão sabe se já foi agendado para receber a vacina.

Para fazer a consulta, basta acessar: https://imuniza.portovelho.ro.gov.br/agendamentovacina. No campo ‘Consultar Agendamento’ é necessário inserir o número do CPF e a data de nascimento. Em seguida, o sistema trará os dados referentes ao cadastro realizado no SASI.

BALANÇO

A capital já aplicou 185.228 doses de vacina. Do total, 138.405 pessoas receberam a primeira dose e 46.823 completaram o ciclo da vacinação com as duas doses contra a Covid-19.

Das 220.346 doses recebidas do Ministério da Saúde (MS), a capital já usou 83,5% dos imunizantes.

Leia Também:  ECONOMIA- Setor de turismo é capacitado para a formatação de roteiros em Porto Velho

Texto: Jefferson Carvalho
Foto: Wesley Pontes

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA