PORTO VELHO

Porto Velho

TURISMO – História dos pontos turísticos de Porto Velho pode ser conhecida por QR Code  

Porto Velho

Tecnologia permite acesso a texto e vídeos explicativos

Ação faz parte da campanha de promoção do turismo

Com o propósito de orientar os moradores e turistas que visitam Porto Velho, a Prefeitura instalou mais de 30 placas com QR Code nos principais pontos turísticos do Centro Histórico da capital. A tecnologia permite contar a história e a importância de cada monumento para o fortalecimento da identidade visual e cultural do município.

Glayce Bezerra, secretária da SemdesturA ação faz parte da campanha de promoção do turismo “O melhor de Porto Velho – Terra de Bravos Pioneiros”. Na prática, esta inovação tecnológica, além de resgatar a memória, também fomenta o turismo da região com a difusão da história no cenário nacional e internacional.

Para conhecer mais sobre a história dos pontos turísticos, basta o visitante focar a câmera do dispositivo (celular ou tablet) no código que, automaticamente, redirecionará à página da Secretaria Municipal de Indústria, Comércio, Turismo e Trabalho (Semdestur), onde está o conteúdo abordando a história do ponto turístico visitado.

Na página, o visitante ainda conta com o texto traduzido para o inglês e o espanhol, além do vídeo institucional que explica um pouco mais sobre o local.

Leia Também:  Produtores rurais do Joana D'arc participam de curso de 'Fabricação de Derivados do Leite'

“Um dos princípios que norteia a implantação destas placas é o resgate do sentimento de pertencimento das pessoas. Levar a população a conhecer mais afundo os nossos pontos turísticos é uma das missões que assumimos”, explica a titular da Semdestur, Glayce Bezerra.

A Praça das Três Caixas D’Água, Mercado Cultural, Catedral Sagrado Coração de Jesus, Palácio das Artes, Museu Internacional do Presépio são alguns pontos turísticos onde as placas podem ser encontradas. Confira a relação completa dos pontos turísticos aqui.

Texto: Carlos Sabino
Foto: Wesley Pontes

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Porto Velho

MELHORIA – Investimento em tecnologia traz mais celeridade aos processos do município

Publicados

em

Programas estão sendo implantados em diversas secretarias

Investimento busca dar ainda mais transparência aos processos do municípioUm amplo investimento em tecnologia tem trazido ainda mais transparência aos processos da Prefeitura de Porto Velho. Com mais de R$ 30 milhões investidos, o município busca otimizar esse sistema e continuar a prestar um serviço de qualidade à população.

“Esse valor é distribuído em várias melhorias, entre elas a aquisição de servidores, mais de 90 quilômetros de implantação de fibra ótica e a implantação do sistema e-TCDF, incluindo a capacitação de servidores, entre várias outras melhorias que seguem sendo aplicadas”, explica Saulo Nascimento, titular da Superintendência Municipal de Tecnologia da Informação (SMTI).

e-TCDF

O e-TCDF é um sistema que dá mais celeridade, segurança e autenticidade aos processos eletrônicos que são feitos dentro das secretarias. Ele é uma parceria, desde 2019, entre a Prefeitura de Porto Velho e o Tribunal de Contas do Distrito Federal, responsável pelo desenvolvimento e segurança do sistema.

Saulo Nascimento, superintendente da SMTI “Ele começou a ser implantado em 2021 através da Secretaria Municipal de Regularização Fundiária, Habitação e Urbanismo (Semur), que hoje está com cerca de 98% dos processos já inseridos no programa e segue em expansão para as demais. Atualmente, já são atendidas a Secretaria Municipal de Fazenda (Semfaz), Secretaria Municipal de Trânsito (Semtran), Secretaria Municipal de Agricultura (Semagric), entre outras”, explica o superintendente.

Leia Também:  Produtores rurais do Joana D'arc participam de curso de 'Fabricação de Derivados do Leite'

TRANSPARÊNCIA

Para a população, um dos benefícios desta implantação é poder acompanhar os processos de interesse comum. “Não apenas ligado à transparência, o e-TCDF está linkado ao sistema de licenciamento unificado que são, por exemplo, licenciamentos ambientais, de obras, de trânsito; é acompanhar o que a prefeitura está fazendo”, comenta Saulo.

Mais de 30 analistas foram treinados para implantar e utilizar o novo sistema. O treinamento segue sendo feito para servidores de diversas secretarias. O objetivo é concluir o treinamento e a implantação do sistema em 2023.

Texto: Larissa Vieira
Foto: Felipe Ribeiro

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

Fonte: Prefeitura de Porto Velho – RO

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA