PORTO VELHO

Porto Velho

REVISÃO – Plano Municipal de Saneamento Básico será discutido em audiência pública no dia 5 de dezembro

Porto Velho

População é convidada a participar e contribuir com sugestões

Revisão vai tratar sobre investimentos, prazos, programas e metas Na fase final da revisão do Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB), a Prefeitura de Porto Velho realiza audiência pública para discutir o tema com a população, no próximo dia 5 de dezembro, das 18:30h às 21:30h, no Teatro Banzeiros, à rua José do Patrocínio, nº 110, área central da cidade.

Além de convidar os munícipes para o evento presencial, a Prefeitura informa que a audiência também será transmitida em tempo real pelo seu canal oficial no YouTube. A população pode contribuir com sugestões para ajudar a construir o plano conforme as necessidades da cidade.

Essa revisão vai tratar sobre os investimentos, prazos, programas e metas dos componentes do saneamento, como fornecimento de água potável, esgotamento sanitário, manejo e drenagem de águas pluviais nas vias urbanas, limpeza pública, coleta e destinação final de resíduos sólidos (lixo), como forma de proporcionar a universalização do saneamento em 2033.

GRUPO TÉCNICO

Por determinação do prefeito Hildon Chaves foi criado um Grupo Técnico de Trabalho, por meio do Decreto nº 18.135/2022, que é composto por engenheiros ambientais, civis, agrônomo, biólogo, arquiteto e economista do quadro de servidores efetivos e comissionados do município. O grupo tem a missão de realizar as adequações do PMSB, de acordo com a Lei Federal 14.026/2020 (novo Marco Legal do Saneamento Básico).

Leia Também:  CULTURA - Alunos da rede municipal ganham ônibus para eventos educativos em Porto Velho

A minuta prévia da revisão do PMSB pode ser consultada aqui, o que garante os princípios de publicidade e transparência. Também estão sendo disponibilizados formulários para consulta pública e recebimento de sugestões (contribuições) por parte dos munícipes.

EMBASAMENTO

Conforme a Secretaria Municipal de Serviços Básicos (Semusb), a audiência pública atende “ao disposto no parágrafo 5º do artigo 19 da Política Nacional de Saneamento Básico”.

O novo Marco Legal do Saneamento Básico, em seu Artigo 11-B, estabelece a meta de 99% de atendimento para abastecimento público de água potável e 90% de tratamento de esgoto sanitário até 31 de dezembro de 2033.

Texto: Augusto Soares
Foto: Leandro Morais

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

Fonte: Prefeitura de Porto Velho – RO

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Porto Velho

ACOLHIMENTO – 4º Feira de Adoção de Animais é realizada em Porto Velho

Publicados

em

Foram adotados 96 animais, entre cães e gatos

A 4ª Feira de Adoção de Animais, promovida pela Prefeitura de Porto Velho no sábado (26), reuniu pets de todos os tamanhos, cores e idades, em busca de um lar. Quem visitava o Parque Jardim das Mangueiras (Skate Park), local do evento organizado pela Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Sema), não resistia.

Os cães e gatos disponíveis foram levados por abrigos temporários que se cadastraram junto à Sema, entre eles o do grupo Socorristas Animais. “Essa parceria com o município é muito importante, a gente resgata, trata e coloca à disposição para adoção”, explicou Márcia Socorrista, vereadora e representante do abrigo.

Argeu não pensou duas vezes quando viu a Melzinha à disposição para adoção, e tratou logo de levar a cadela batizada por ele para casa. Ele já saiu com kit completo: termo de adoção, ração, carteirinha de vacinação e guia para a castração gratuita. “Eu já tenho um cachorro, o Bisteca, e o quintal é grande, então eu preciso de mais de um cachorro, ele precisava de companheiro porque ele estava sozinho. Eu olhei para ela e senti ela me chamando, eu senti essa atração por ela e eu vou cuidar dela“, detalhou Argeu Filho.

Leia Também:  Governo federal destinará R$ 190,25 bilhões para a agricultura e pecuária do Brasil no Plano Safra 2017/18

Argeu adotou a cadela que será a nova mascote da casaAs feiras já fazem parte da programação da Sema, todas as edições acumulam saldo positivo de animais adotados. Nesta edição foram adotados 96 animais. O evento contou com a parceria da Semdestur, Semes, Funcultural, e da Comissão de Meio Ambiente. “O que nós fizemos recentemente foi um chamamento. Foi oferecido a aproximadamente 59 ONGs e entidades, das quais foram cadastradas 16 para fomentarmos essa quarta edição”, detalhou o secretário Alexandre Pincer.

Incentivadora da causa animal, a deputada estadual eleita, Ieda Chaves, esteve presente na feira conscientizando visitantes e fortalecendo a ação. “Essa é uma causa muito importante. E eu gosto muito de dizer que quem vem aqui e olha para os animais acaba se apaixonando e levando para casa, e ganhando muito mais amor do que ofertando. A gente fica muito feliz com as pessoas que vêm aqui, que levam um animalzinho para casa, já com o direito da castração”, disse Ieda.

A professora Elisiane aproveitou para levar três mudas para plantar no quintalDOAÇÃO DE MUDAS

Paralela à feira, a Sema também realizou no local a entrega de mudas variadas de forma gratuita. Estavam disponíveis mudas frutíferas como buriti, beribá, açaí, graviola, entre outras; mudas para arborização urbana com fins de sombreamento como oiti; e mudas para reflorestamento como cumari-ferro. Foram doadas aproximadamente 420 mudas.

Leia Também:  Cursos de Storytelling para empresas, política e órgãos públicos movimentam Porto Velho nesta quarta

A professora Elisiane Mel aproveitou para levar três mudas: buriti, açaí e biriba. “Vou plantar no meu quintal, tem bastante espaço, gostei muito da iniciativa, acho que tem que acontecer mais vezes”, disse.

Para ter acesso à doação de mudas, aqueles que não puderam comparecer na feira podem ir diretamente à Sema, na rua General Osório, nº 81, Centro.

Texto: Renata Beccária
Fotos: Wesley Pontes

Superintendência de Comunicação (SMC)

Fonte: Prefeitura de Porto Velho – RO

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA