PORTO VELHO

Rondônia

Ação “Motorista Camarada” do Detran visita locais de festas para orientar sobre o perigo de bebida alcoólica e direção

Rondônia

Agentes de Educação de Trânsito realizam ação “Motorista Camarada” em Porto Velho e orientam condutores sobre o risco de misturar álcool e direção

Ações da Diretoria Técnica de Educação – Dtet têm sido reforçadas para alertar condutores quanto aos cuidados e respeito no trânsito. No fim de semana, voluntários e agentes de educação do Departamento Estadual de Trânsito – Detran Rondônia estiveram em pontos de festas e bares pela Capital rondoniense, orientando os frequentadores sobre os riscos de misturar bebida alcoólica e direção.

O diretor-geral do Detran, Paulo Higo Ferreira de Almeida explica que a ação educativa com destaque para o “Motorista Camarada”, busca chamar atenção da sociedade para o alto índice de sinistros, que deixam mortos e lesionados no  trânsito todos os dias.

Comparando os dados preliminares de 2020 e 2021 do Registro Nacional de Sinistro e Estatísticas de Trânsito – Renaest do Detran Rondônia apontam um aumento no número de sinistros de trânsito em Rondônia. Em 2020, foram registrados no Estado 10.990 acidentes. Já em 2021, 11.337 sinistros foram notabilizados no Estado. O número de vítimas fatais no trânsito aumentou significativamente, passando de 417 em 2020, para 438 em 2021.

Leia Também:  Hospitalizações por covid-19 mantêm tendência de alta no Norte

Paulo Higo destaca que é responsabilidade da Autarquia promover políticas públicas de segurança viária, mas cabe também aos usuários a responsabilidade de garantir um trânsito seguro e humanizado. Isso vale para pedestres, ciclistas, motociclistas ou condutores de veículos automotores. “Cabe a cada um de nós preservar vidas respeitando a legislação de trânsito”, pontuou.

Abordagem indireta foi realizada em festividade folclórica na zona Leste de Porto Velho 

MOTORISTA CAMARADA

A ação “Motorista Camarada”, promovida pela Diretoria Técnica de Educação de Trânsito – Dtet,  consiste em criar na população o hábito seguro de escolher entre os amigos aquele que não irá ingerir bebida alcoólica, com o objetivo de no final da ‘festa’, este possa conduzir os amigos para casa, dirigindo com segurança e responsabilidade. 

O diretor da Dtet, Ruymar Pereira de Lima explica que o objetivo principal é evitar o sinistro através de uma conversa amistosa com os frequentadores de festas e bares, lembrando-os que bebida e direção é uma mistura perigosa e onerosa. “A diversão não deve acabar em sinistro de trânsito e isso é uma escolha de cada um”, salientou.

Leia Também:  Detran Rondônia passa a emitir a nova CNH com padrão internacional traduzida em três idiomas

Ruymar Pereira avalia ainda que, as pessoas devem ter consciência de que álcool e direção não combinam. “Saber nem sempre salva vidas, o importante é colocar em prática o conhecimento evitando os transtornos de ser pego dirigindo alcoolizado ou provocar um sinistro que poderá mudar para sempre a sua vida ou a de outros. No trânsito, a responsabilidade tem que estar sempre em primeiro lugar”, ressaltou.

Nas duas noites em que a ação foi realizada, os agentes de educação do “Motorista Camarada” passaram por 24 lugares de festas, entre bares e festividades folclóricas. No total foram alcançadas 1.738 pessoas de forma direta e 5.764 pessoas de forma indireta, com uso de microfone nos locais visitados.

PNATRANS

Seguindo o que determina o Plano Nacional de Redução de Mortes e Lesões no Trânsito 2021-2030 – Pnatrans, o Departamento Estadual de Trânsito – Detran Rondônia está realizando ações conjuntas que envolvem fiscalização e educação.

Fonte: Governo RO

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

TJ RO

Encerra nesta sexta-feira o prazo para responder pesquisa de Segurança Institucional do Poder Judiciário

Publicados

em

 Imagem Pesquisa

 
 
Levantamento busca medir grau de satisfação e percepção dos usuários a respeito dos serviços

Termina nesta sexta-feira, 12, o prazo para responder a Pesquisa de Satisfação e percepção dos usuários a respeito dos serviços de segurança institucional. Lançada no dia 1 deste mês, a pesquisa tem por objetivo aprimorar a atuação das unidades responsáveis pela segurança institucional. O levantamento deve ser realizado bienalmente.

A participação dos públicos interno e externo é relevante, pois a adesão voluntária ao questionário é uma demonstração de interesse por um assunto tão relevante para o dia a dia. A segurança é um fator essencial para o desenvolvimento das atividades, por isso a percepção que cada um tem a respeito do tema é uma informação importante para que o Gabinete de Segurança Institucional atue na satisfação de eventuais demandas e ampliações de ações e projetos exitosos já em execução. Conheça o trabalho das unidades que garantem a segurança no Poder Judiciário.

Trabalho integrado

Os formulários da pesquisa foram elaborados  pelo Gabinete de Segurança Institucional – GSI, com apoio das Coordenadorias de Inteligência e Contrainteligência, Segurança Patrimonial e Humana e as Assessorias Militar e Bombeiro, englobando 04 (quatro) eixos de segurança mencionados nas Resoluções n. 435/2021- CNJ, de 28/10/2021 e  Resolução n. 209/2021-TJRO, de 29/06/2021, que dispõe sobre a Política de Segurança do PJRO: atendimento ao público, segurança das pessoas, segurança institucional nas áreas e instalações.
 
Pesquisa de satisfação usuário Interno

Pesquisa de satisfação usuário Externo

Leia Também:  Léo Moraes tem um projeto pessoal e ponto final: Não será vice de ningém, "Eu sou pré candidato ao Governo."

Assessoria de Comunicação Institucional

Fonte: TJ RO

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA