PORTO VELHO

Rondônia

Agentes do Sistema Socioeducativo começam a ser imunizados contra a covid-19, em Rondônia

Rondônia


Nesta primeira etapa, 60 agentes foram imunizados

O Governo de Rondônia, por meio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa), iniciou a imunização de 60 agentes de segurança do Sistema Socioeducativo, na quarta-feira (2). As doses foram distribuídas nas 30 unidades da capital e metade delas foi destinada a profissionais lotados nas demais unidades do interior do Estado.
Em Porto Velho, os servidores foram vacinados em uma instituição de ensino superior, que fica na avenida Mamoré. A meta é incluir os agentes na imunização sempre que disponível para os servidores da Segurança Pública.
Para o presidente da Fundação Estadual de Atendimento Socioeducativo de Rondônia (Fease), Antônio Francisco Gomes Silva, a importância da imunização dos operadores do Sistema Socioeducativo é imensurável, pois segundo ele, trará melhorias no atendimento e na qualidade da medida socioeducativa. “Agradeço ao Governo do Estado por ter atendido a solicitação e ter incluído os agentes de segurança socioeducativo no rol da Segurança Pública para receber a vacina contra a covid-19, tendo em vista que os atendimentos aos adolescentes privados de liberdade foi um serviço que teve a sua continuidade em todo o período da pandemia, em atendimentos externo e interno, como é o caso das escoltas hospitalares”.
Receber essa vacina foi um presente, pois proporciona segurança para nós, aos adolescentes e aqueles que possuem contato com os agentes de segurança socioeducativo”, agradece, o chefe do Grupo de Escolta Tática (GET), Esdras Souza de Freitas.
A coordenadora de Apoio ao Adolescente, Laynara Damasceno Cruz, acredita que a categoria receber a vacina contra a doença nesse momento é a afirmação do compromisso do Poder Executivo com grupos mais vulneráveis. “Desde o início da pandemia o Sistema Socioeducativo não parou com suas atividades, nosso trabalho não pode sofrer interrupções. Os agentes socioeducativos merecem essa proteção, para sua segurança e dos adolescentes que estão em cumprimento de medida socioeducativa. Estamos todos nessa corrente contra o vírus, e agora com a imunização podemos trabalhar um pouco mais tranquilos”, garantiu.
Fonte: Governo RO

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Para incentivar produtores rurais, Governo de Rondônia oferece calcário dolomítico a R$ 65 a tonelada
Propaganda

Rondônia

Operação “Esvazia João Paulo II” transferiu 38 pacientes para outros hospitais neste final de semana, em Porto Velho

Publicados

em


Operação Esvazia João Paulo, realizada neste sábado, 19

O Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da saúde (Sesau) montou uma força-tarefa neste sábado (19) para desafogar o Pronto Socorro João Paulo II. Durante a ação foram transferidos para outras unidades 38 pacientes. Devido ao grande número de atendimentos voltados a pacientes vítimas de acidentes de trânsito o Pronto Socorro teve seus leitos esgotados nas últimas semanas.

O secretário de Estado da Saúde, Fernando Máximo relembrou que esta não é a primeira ação. “No início da gestão, houve uma ação semelhante onde pacientes que ficavam internados nos corredores e na garagem tomando sol e chuva foram removidos e transferidos”.

A superlotação fez parte da história do Hospital João Paulo II durante muitos anos. “O governador Marcos Rocha tem trabalhado arduamente para que possamos construir um novo hospital, mas, enquanto isso estamos alocando estes pacientes em outros leitos criados especificamente para eles, proporcionando melhor qualidade no atendimento”, enfatizou Máximo.

Leia Também:  Para incentivar produtores rurais, Governo de Rondônia oferece calcário dolomítico a R$ 65 a tonelada

“Esta gestão tem como prioridade construir um novo hospital  para atender casos de urgência e emergência. Sabemos que o JP II não suporta mais atender toda a população do Estado. Paralelo a essa pandemia estamos estudando e trabalhando para que o novo Hospital seja construído para beneficiar toda a nossa população”, finalizou o secretário.

Fonte: Governo RO

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA