PORTO VELHO

Rondônia

Ameron apoia a escolha de juiz de carreira para indicação de novo ministro do STF

Rondônia

Dos onze ministros que ocupam uma cadeira no Supremo Tribunal Federal (STF) apenas dois fizeram carreira na magistratura. A morte do ex-ministro do STF, Teori Zavascki, deixou uma cadeira vaga na Suprema Corte. A Associação dos Magistrados do Estado de Rondônia (Ameron), assim como demais entidades representativas da classe, entre elas a Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) tem encorpado apoio para a escolha de um juiz de carreira para ser indicado como novo ministro do STF. O assunto foi levantado durante o programa A Hora do Povo veiculado pela Rádio Rondônia 93,3 FM.

“A carreira da magistratura é um dos Poderes da República, o que demonstra sua vital importância a nação brasileira, mas ultimamente não tem sido observada pelas demais instituições como merece. Precisamos valorizar a magistratura, pois isso implica de forma direta na garantia da sociedade. Garantias à magistratura é para o exercício da judicatura para que o juiz possa ter tranquilidade em tomar decisões de forma jurídica”, avalia o presidente da Ameron desembargador Alexandre Miguel.

De acordo com a Constituição Federal de 1988, para ocupar uma cadeira na Suprema Corte é necessária a escolha de cidadãos com mais de 35 anos e menos de 65, com notável saber jurídico e reputação ilibada. A morte do ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki, que também era o relator do processo da Operação Lava Jato (na qual investiga políticos e empreiteiras supostamente envolvidos em esquema fraudulento desviando verbas públicas) reascendeu as discussões referentes ao sistema de indicação do nome que vai ocupar uma das onze cadeiras na Suprema Corte. Os ministros do STF são nomeados pelo Presidente da República após aprovação e escolha pela maioria absoluta do Senado Federal.

Leia Também:  Tiririca se diz abalado com corrupção e desiste da Câmara: “Subo à tribuna pela primeira e última vez”

“Esse é um pleito antigo da AMB porque entendemos que só aquele juiz o qual galgou degrau por degrau sabe e encara o Judiciário e o jurisdicionado de frente face a face. Só ele pode com maior razão, técnica e experiência de vida fazer uma Justiça mais oportuna. As redes sociais devem se manifestar nessa temática, seja por meio de manifestações específicas ao Congresso Nacional a quem vai ser submetida essa sabatina de modo que isso tenha uma proporção enorme em favor da escolha de um magistrado de carreira para preencher a vaga deixada pelo ministro Teori.”, completa a diretora de comunicação social da Ameron, juíza Euma Mendonça Tourinho.

Ainda durante uma hora de programa comandado pelo jornalista Maurício Calixto, os magistrados convidados falaram sobre as atividades desenvolvidas pela Ameron e a conflagração no sistema carcerário do país. Em dezembro a ministra do Supremo Tribunal Federal (STF), Carmen Lúcia criou um grupo de trabalho em execução penal e convidou dez juízes do Brasil para fazer parte dessas ações. Entre eles está o juiz da Vara de Execuções Penais de Porto Velho Sérgio William Domingues Teixeira. Para o magistrados é necessário que fique claro a sociedade sobre as atribuições desempenhadas pelo Judiciário nessa questão. “Cabe ao Judiciário controlar e fiscalizar as penas. Rondônia, por exemplo, tem o menor índice de presos provisórios do país. É um dado estatístico para a magistratura rondoniense digna de orgulho. Há estados com mais de 60% da população carcerária composta por presos provisórios, enquanto que aqui a nossa taxa é de 19,75%. Estamos dentro do índice internacional recomendado”, pontua.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Rondônia

Edição 416 – Boletim diário sobre coronavírus em Rondônia

Publicados

em


Dos 218.166 casos de covid-19 em Rondônia, 74.923 são de Porto Velho

O Governo de Rondônia, por meio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), divulga balanço de dados referente aos casos de covid-19 no Estado.

Nesta segunda-feira (10) foram consolidados os seguintes resultados:

Casos confirmados – 218.166
Casos ativos – 6.878 (3,15%)
Pacientes recuperados – 205.923 (94,39%)
Óbitos – 5.365 (2,46%)
Pacientes internados na Rede Estadual de Saúde – 363
Pacientes internados na Rede Privada – 47
Pacientes internados na Rede Municipal de Saúde – 93
Pacientes internados na Rede Filantrópica – 08
Total de pacientes internados – 511
Pacientes aguardando leitos: 0
Testes Realizados – 578.572
Aguardando resultados do Lacen – 78

* População vacinada:
1ª Dose – 213.973
2ª Dose – 101.535

Profissionais de Saúde vacinados:
1ª Dose – 47.505
2ª Dose – 31.543

Indígenas vacinados:
1ª Dose – 6.746
2ª Dose – 5.297

Idosos vacinados:
1ª Dose – 154.548
2ª Dose –63.958

Deficientes ILP:
1ª Dose – 218
2ª Dose – 21

Segurança e Salvamento:
1ª Dose – 4.509
2ª Dose – 715

Quilombolas:
1ª Dose – 447
2ª Dose – 1

* (Dados obtidos às 16h42)

No Estado, os números de casos confirmados, recuperados e de óbitos, desde o primeiro registro em 20 de março de 2020 até hoje (10 de maio de 2021), por covid-19 são:

TOTAL DE CASOS EM RONDÔNIA – 10/05/2021
Município Casos Totais Óbitos Totais Curados Totais
Porto Velho 74.923 2.264 70.916
Ariquemes 18.789 408 17.996
Ji-Paraná 16.028 449 15.249
Cacoal 11.435 219 10.904
Vilhena 10.973 213 10.494
Jaru 6.790 154 6.549
Machadinho D’Oeste 5.686 74 5.346
Rolim de Moura 5.639 133 5.200
Guajará-Mirim 5.261 205 5.018
Pimenta Bueno 4.827 65 4.002
Buritis 4.217 62 4.128
Ouro Preto do Oeste 4.186 119 3.846
Alta Floresta D’Oeste 3.507 55 3.337
Candeias do Jamari 3.461 68 3.316
Nova Mamoré 2.970 54 2.576
Presidente Médici 2.903 62 2.737
Espigão D’Oeste 2.520 55 2.382
Cerejeiras 2.109 50 1.987
São Miguel do Guaporé 2.029 42 1.942
São Francisco do Guaporé 1.839 40 1.787
Cujubim 1.664 35 1.600
Colorado do Oeste 1.657 28 1.547
Alto Paraíso 1.633 37 1.581
Nova Brasilândia D’Oeste 1.595 25 1.490
Monte Negro 1.397 27 1.272
Alto Alegre dos Parecis 1.306 34 1.238
Itapuã do Oeste 1.284 18 1.168
Chupinguaia 1.284 16 1.237
Costa Marques 1.207 25 1.120
Seringueiras 1.176 11 1.043
Urupá 1.119 26 1.026
Campo Novo de Rondônia 1.074 22 1.036
Vale do Anari 981 17 824
Mirante da Serra 925 10 882
Alvorada D’Oeste 874 24 790
Santa Luzia D’Oeste 800 11 745
Cacaulândia 759 9 744
Nova União 750 13 718
Theobroma 692 23 650
Vale do Paraíso 687 24 618
Cabixi 647 15 626
Corumbiara 609 16 572
Governador Jorge Teixeira 572 15 536
Novo Horizonte do Oeste 537 20 493
Rio Crespo 533 9 518
Teixeirópolis 478 8 452
Ministro Andreazza 466 14 441
Pimenteiras do Oeste 397 15 381
São Felipe D’Oeste 348 8 322
Castanheiras 234 6 214
Parecis 233 7 182
Primavera de Rondônia 156 6 145
Total geral 218.166 5.365 205.923
Leia Também:  Deputados analisam denúncia contra Michel Temer; siga ao vivo

Em Rondônia, nas últimas 24 horas foram registrados os seguintes resultados para covid-19:

ÚLTIMAS 24 HORAS
MUNICÍPIOS CASOS CONFIRMADOS ÓBITOS
Porto Velho 23 14
Ariquemes 71 2
Ji-Paraná 25 2
Cacoal 54
Vilhena 39 1
Jaru 13 1
Machadinho D’Oeste 47
Rolim de Moura 22
Guajará-Mirim 1
Pimenta Bueno 30 1
Buritis 8 1
Ouro Preto do Oeste 34 1
Alta Floresta D’Oeste 4
Candeias do Jamari
Nova Mamoré 12
Presidente Médici 9
Espigão D’Oeste -3
Cerejeiras 1
São Miguel do Guaporé 7
São Francisco do Guaporé 4
Cujubim 7 1
Colorado do Oeste 24 1
Alto Paraíso
Nova Brasilândia D’Oeste 6
Monte Negro
Alto Alegre dos Parecis 2
Itapuã do Oeste
Chupinguaia 6
Costa Marques 1
Seringueiras 5 1
Urupá 14
Campo Novo de Rondônia 2
Vale do Anari 17
Mirante da Serra 2 1
Alvorada D’Oeste 6
Santa Luzia D’Oeste 4
Cacaulândia
Nova União
Theobroma -16
Vale do Paraíso 17
Cabixi
Corumbiara -1
Governador Jorge Teixeira 8
Novo Horizonte do Oeste 3
Rio Crespo
Teixeirópolis 5
Ministro Andreazza
Pimenteiras do Oeste
São Felipe D’Oeste 9
Castanheiras 2 1
Parecis
Primavera de Rondônia
Total geral 522 30
Leia Também:  Prefeita cobra de concessionária investimentos em obras de água e esgotamento sanitário

ÚLTIMAS ATUALIZAÇÕES:

  • Nesta segunda-feira (10) foram registrados 24 óbitos por covid-19 no Estado, desses, 13 foram em Porto Velho, sendo seis mulheres (84, 75, 62, 52, 35 e 19 anos de idade) e sete homens (81, 71, 68, 66, 65, 51 e 30 anos); dois homens (75 e 54 anos) de Alto Alegre dos Parecis; uma mulher de 53 anos e um homem de 85 anos de idade em Ji-Paraná; um homem de 70 anos de Buritis; uma mulher de 71 anos de Castanheiras; uma mulher de 43 anos de Jaru; um homem de 50 anos de Mirante da Serra; um homem de 57 anos de Ouro Preto do Oeste; uma mulher de 63 anos de Pimenta Bueno e um homem de 81 anos de Vilhena.

Segundo a Agevisa, os dados são analisados diariamente pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs), que acompanha também a investigação epidemiológica feita pelas equipes de Saúde nos municípios para checagem de dados.

Para informações detalhadas e relatórios na íntegra, acesse o Portal Coronavírus em Rondônia, por meio do endereço: coronavirus.ro.gov.br

Veja todos os relatórios de dados já publicados sobre a covid-19 em Rondônia, clicando no link http://bit.ly/2EzHtco

Os dados de vacinação são adicionados ao sistema diretamente pelos municípios e são dinâmicos.
Para dados atualizados em tempo real, acesse: https://covid19.sesau.ro.gov.br/Home/Vacina

Fonte: Governo RO

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA