PORTO VELHO

Rondônia

Apresentação do Roadshow para captar investidores para a construção do Heuro acontece nesta terça-feira, 4

Rondônia


Apresentação do projeto para a construção do novo Hospital de Emergência e Urgência de Rondônia será apresentado aos investidores

Acontece nesta terça-feira (4), às 14h, a apresentação do projeto do Hospital de Emergência e Urgência de Rondônia (Heuro), com a finalidade de divulgar à população quanto a proposta de construção do novo hospital, bem como atrair investidores e empresas interessados em participar do certame licitatório. O evento acontecerá de forma virtual e poderá ser acompanhado por toda a população rondoniense pelo link: http://tvb3.com.br/Video/74641d47-a4f4-44ec-a6dd-2d327cf35de4.

Apresentação será on-line

A apresentação vai constar a proposta do Governo de Rondônia, por intermédio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), para contratar a empresa ou consórcio de empresas para que, oferecendo terreno próprio, elaborem o projeto básico e executivo do novo hospital, de grande capacidade, especializado em atendimento de trauma; que realizem as edificações e promovam a manutenção predial. Trata-se do Hospital de Emergências e Urgências de Rondônia, o Heuro. A contratação será realizada por intermédio de concorrência pública, lavrando-se contrato que utiliza a ferramenta conhecida como Built-to-Suit (BTS).

Leia Também:  #ROLIMDEMOURA: Prefeitura convida população para participar de audiência pública para revisão do PPA

A atual necessidade é uma unidade hospitalar de urgência e emergência com 399 leitos, distribuídos conforme a capacidade listada no Perfil Assistencial.

Participarão do evento, o governador de Rondônia, Marcos Rocha, o secretário da Sesau, Fernando Máximo e a equipe da Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (Fesp-SP), instituição contratada para conduzir o projeto de modelagem financeira, que desenvolveu um estudo completo e detalhado de viabilidade econômica, financeira e social do hospital.

O Leilão será realizado no dia 7 de junho, 14h00 (horário de Brasília), pela Bolsa de Valores B3.

Fonte: Governo RO

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Rondônia

Última paciente que estava em tratamento da covid-19 fora do Estado de Rondônia recebe alta hospitalar

Publicados

em


Dona Maria foi a última paciente transferida pelo Governo de Rondônia para outro estado

Maria das Graças dos Santos Gonçalves, de 66 anos, foi recebida com festa e muita emoção por seus familiares após passar 81 dias internada e 32 na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital São Francisco de Assis da Providência Divina, no Rio de Janeiro. A paciente saiu intubada da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da zona sul em Porto velho, em 14 de fevereiro, com o estado de saúde agravado.

A filha, Marinete Gonçalves, acompanhou a mãe durante todos esses dias. “Foi muito difícil, fiz promessa, cortei o cabelo. Os médicos achavam que ela não iria conseguir, mas nunca perdi a esperança de ver minha mãe de volta a nossa casa. O momento mais feliz foi quando ela acordou da intubação. O médico fez uma ligação de vídeo e ela ficou surpresa ao me ver. A mamãe é um milagre de Deus”, disse emocionada.

Seu José, a filha Marinete e seus familiares recebem Maria com alegria

No mesmo hospital estavam mais quatro pacientes de Rondônia. “Eu orei não só pela minha mãe, mas por todos que estavam na mesma UTI, inclusive as pessoas do Estado”, explicou Marinete.

Leia Também:  Terceira Unidade de Crédito do Proampe de Rondônia é inaugurada em Ariquemes pelo Governo do Estado para fortalecer os pequenos negócios

Maria é casada com José Ribeiro Gonçalves, de 66 anos, ambos tem nove filhos. O esposo foi acometido com a mesma doença. José foi internado no Hospital de Campanha de Rondônia (HCamp), no mesmo período. “Meus pais adoeceram num momento em que o Estado estava com as UTIs lotadas. Meu pai ficou internado em Porto Velho e foi muito bem cuidado, logo ficou curado. Minha mãe foi para fora do Estado, mas sou grata por isso também. A equipe de Governo não mediu esforços para salvar a vidas deles. Meu sentimento é de gratidão a todos”, enfatizou Marinete.

Após o tratamento no Rio de Janeiro, Maria continuará sendo acompanhada pelo Serviço de Assistência Multidisciplinar Domiciliar (Samd) oferecido pelo Governo de Rondônia. “Essa paciente ficou 32 dias intubada e teve trombose. A mesma terá um acompanhamento médico em sua residência através do Samd, com médicos, enfermeiros, fisioterapias e toda uma equipe multidisciplinar para cuidar da paciente”, disse o secretário de Estado da Saúde (Sesau), Fernando Máximo.

Leia Também:  #ACIA: Empresários Peruanos buscam parcerias para piscicultura em Ariquemes

Máximo detalhou ainda que “Maria foi a 116ª paciente transferida para outro estado que voltou curada da covid-19. O governador Marcos Rocha pediu para que fizéssemos o máximo para salvar o maior número de vidas possíveis. Começamos a pedir ajuda de outros estados, e graças a Deus conseguimos salvar 116 vidas”.

Dos 161 pacientes transferidos, 116 retornaram para casa, com alta hospitalar. Nove cidades receberam os pacientes rondonienses, são elas: Campo Grande (MS), Canoas (RS), Cuiabá (MT), Curitiba (PR), Goiânia (GO), Manaus (AM), Porto Alegre (RS), Rio de Janeiro (RJ) e Vitória (ES).

Fonte: Governo RO

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA