PORTO VELHO

Ariquemes

Ariquemes, Jaru e Vilhena passam para segunda fase do distanciamento social em Rondônia

Ariquemes


Com a reclassificação, fica prevista a abertura de estabelecimentos comerciais, desde que obedeça às regras sanitárias como, limpeza diária de todos os equipamentos, componentes, peças e utensílios em geral

Ariquemes, Jaru e Vilhena passam para a segunda fase do distanciamento social controlado a partir desta quinta-feira (9). O governo de Rondônia publicou portaria conjunta na noite de quarta-feira (8). Os dados analisados pelo Sistema de Comando de Incidentes – Sala de Situação Integrada, demonstra que a taxa de novos casos nos últimos sete dias e a taxa de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Adulto do município de Ariquemes é de 75%, de Jaru de 60% e Vilhena consta com 50%. As informações foram identificados no relatório de edição 95.

Os três municípios manifestaram interesse na reclassificação, após publicação dos novos critérios para enquadramento nas fases do Plano de Ação “Todos por Rondônia”. O Decreto nº25.195 permite a reclassificação das fases, desde que seja avaliada a taxa de leitos disponíveis por municípios juntamente com a taxa de ocupação e velocidade do contágio.

Com a reclassificação fica prevista a abertura de restaurantes, lanchonetes, sorveterias e afins. Além de livrarias, papelarias, lojas de confecções, lojas de eletrodomésticos, móveis e utensílios, salões de beleza, barbearias e demais, desde que obedeça às regras sanitárias como, limpeza diária de todos os equipamentos, componentes, peças e utensílios em geral, disponibilizar insumos, como álcool 70%, luvas, máscaras e demais equipamentos recomendados para a manutenção de higiene pessoal dos funcionários e demais participantes das atividades autorizadas, bem como outras regras que estão no Decreto 25.049.

Com três etapas, o Plano de Ação prevê a flexibilização para novas atividades do comércio, desde que sejam verificadas as taxas que apontam melhor desempenho para conter avanços da pandemia em Rondônia.

Atualmente Rondônia consta com 56% de casos curados da Covid-19. Esses dados também fizeram com que o Comitê Interinstitucional de Prevenção, Verificação e Monitoramento dos Impactos da Covid-19, que é formado pelas secretárias de Saúde (Sesau), Casa Civil, Finanças (Sefin) e Planejamento, Orçamento e Gestão (Sepog), e Agência Estadual de Vigilância em Saúde de Rondônia (Agevisa), reclassificasse os municípios.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Casa da Cultura Ivan Marrocos recebe exposição "Arte Eco-Joias: Mulheres Amazônicas" nesta quarta-feira, 15
Propaganda

Ariquemes

Fundação de Cultura, Esporte e Turismo de Ariquemes vai receber recurso para compra de veículo

Publicados

em

 

Para apoiar as ações da Fundação de Cultura, Esporte e Turismo (Funcet), de Ariquemes, o presidente da Assembleia Legislativa, Alex Redano (Republicanos), alocou junto ao Governo o recurso na ordem de R$ 100 mil para a aquisição do veículo para a entidade, que é responsável pela política pública nas áreas de cultura, esportes e turismo do município.

“A Funcet tem diversas ações em andamento e um veículo vai permitir o deslocamento de equipes de trabalho e o apoio às atividades, atendendo ao pedido da prefeita Carla Redano, que tem um olhar especial pelo setor”, explicou Redano.

Esse é mais um investimento que o deputado assegura para Ariquemes, que já foi contemplada com recursos para educação, sendo R$ 1,1 milhão para a compra de material pedagógico. Para a troca de pontes de madeira, foram R$ 1,6 milhões destinados para a compra de tubos armcos e corrugados; emenda individual de R$ 500 mil para a compra de equipamentos hospitalares, entre outros investimentos.

Mais recursos

Também foram asseguradas duas emendas de Alex Redano para apoiar entidades com trabalho social reconhecido: R$ 135 mil para a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Ariquemes, para a implantação de um projeto de prevenção de pânico e de incêndio no prédio da unidade; e R$ 220 mil para a Associação de Mães de Autistas de Ariquemes (AMAAR), destinados para obras de construção e reforma na sede da entidade.

Leia Também:  EMOÇÃO - Voluntária se torna Família Acolhedora e conta experiência

Texto: Eranildo Costa Luna-ALE/RO

Foto: Thyago Lorentz – ALE/RO

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA