PORTO VELHO

Rondônia

Covid-19: Rondônia com 46.061 casos e 981 mortes

Rondônia

Hoje (12) foram registrados 15 óbitos por Covid-19 em Rondônia, seis em Porto Velho

Dos 46.061 casos de Covid-19 confirmados em Rondônia, 24.287 são em Porto Velho

O Governo de Rondônia, por meio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), divulga os dados referentes ao coronavírus (Covid-19) no Estado.

Nesta quarta-feira (12) foram consolidados os seguintes resultados para Covid-19 em Rondônia:

Casos confirmados – 46.061
Pacientes recuperados – 38.312 (83%)
Casos ativos – 6.768 (14,69%)
Óbitos – 981 (2,1%)
Pacientes internados na Rede Estadual de Saúde – 269
Pacientes internados na Rede Filantrópica – 2
Pacientes internados na Rede Privada – 70
Pacientes internados na Rede Municipal de Saúde – 55
Total de pacientes internados – 396
Testes Realizados – 142.885
Aguardando resultados do Lacen – 1.472

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  ANS inclui cobertura obrigatória de teste do Coronavírus nos planos de saúde

Propaganda

Rondônia

Ação de conscientização quanto aos cuidados de prevenção à covid-19 acontece neste sábado, 19, no Espaço Alternativo

Publicados

em


O propósito maior é reforçar a população sobre os cuidados necessários para evitar a contaminação da covid-19

Nos dias 19 e 20 de junho, a partir das 15h30 será realizada no Espaço Alternativo, em Porto Velho, a ação de conscientização quanto aos cuidados de prevenção à covid-19, referentes ao projeto “Educação em Saúde”. Esta é uma iniciativa do Centro de Educação Técnico Profissional na Área da Saúde (Cetas) e da Liga Acadêmica de Anatomia Humana de Rondônia (Lenaro), que conta com a parceria do Governo de Rondônia, por intermédio das equipes de Residências multiprofissionais da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau).

A iniciativa consiste em levar informação para a população, a respeito de medidas higiênicas importantes para o combate ao coronavírus. As equipes envolvidas serão alocadas em locais estratégicos para reforçar a importância dos cuidados, de forma preventiva.

De acordo com o vice-presidente da Lanaro e acadêmico de Medicina da Universidade Federal de Rondônia (Unir), Mário Celso Cabral de Souza, durante a ação será feita a distribuição de folders educativos, contendo ilustrações sobre a forma correta de higienização das mãos, uso de álcool em gel, a importância do uso da máscara facial e a importância do distanciamento social. Também serão explicadas as consequências do mau uso dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e a quebra dos protocolos de saúde.

Leia Também:  "MR"... MADURO DE RONDÔNIA

Além disso, o projeto trará novidades, como a demonstração do uso correto do álcool gel, através do uso do luminol, substância que descreve uma reação química que libera energia sob a forma de luz e, também, a luz negra. Os dois dias de ação contarão com a participação de profissionais da Saúde e da comunidade acadêmica de diferentes instituições.

De acordo com o Dr. Horácio Tamada, a iniciativa também partiu da necessidade de promover informação social, envolvendo a população e a comunidade acadêmica de Medicina. “Esta é uma grande oportunidade para que o acadêmico participe, de forma ativa, do desenvolvimento de ações deste segmento, proporcionando melhoria no atendimento futuro”, salientou.

 INTERATIVIDADE

Conforme explicado por Mário Celso, que também é vice-presidente da liga Acadêmica de Urologia de Rondônia (Laccro), a ação terá uma estrutura com tenda, mesas e cadeiras, visando uma ação mais interativa com a população. Foram criadas duas estruturas, sendo uma caixa de luz negra e uma cabine de luz negra e, por meio desses instrumentos, as pessoas que observarem terão consciência sobre a importância da lavagem correta das mãos e uso correto do álcool em gel.

Foi criada uma caixa de luz negra, que possibilita a visualização sobre o estado de higienização das mãos

“Além disso, nós vamos distribuir os panfletos didáticos e orientativos, um descrevendo a forma correta de higienização e outro contendo informações sobre as diferenças de sintomas entre covid-19, gripe e resfriado. Nosso intuito é abordar as pessoas para compartilhar informações sobre o assunto”, detalhou Celso.

Leia Também:  Governo estuda 4ª parcela do auxílio emergencial durante pandemia

AÇÃO CONJUNTA

De acordo com a coordenadora do Núcleo Estadual de Educação Permanente em Saúde (NEP), Marcela Milrea Araújo Barros, a promoção da ação conjunta traz consigo a integração de ensino e serviços de Saúde, envolvendo residentes multiprofissionais, acadêmicos de medicina e profissionais de saúde. “Essa iniciativa é de grande valia, uma vez que promove o fortalecimento das estratégias de educação em saúde”, declarou.

Esta é a primeira edição da ação de conscientização, um projeto piloto que terá a possibilidade de ser ampliada para as comunidades, futuramente.

Fonte: Governo RO

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA