PORTO VELHO

Rondônia

Definidos candidatos ao cargo de Procurador-Geral de Justiça do MPRO

Rondônia

Três membros do Ministério Público do Estado de Rondônia oficializaram suas candidaturas ao cargo de Procurador-Geral de Justiça para o biênio 2017/2019. São eles: o Procurador de Justiça, Airton Pedro Marin Filho, que concorre à reeleição e os Promotores de Justiça Éverson Antônio Pini e Jefferson Marques Costa.

O prazo para inscrições de candidatos a Procurador-Geral de Justiça se encerrou no dia 25 de janeiro. São aptos a concorrer ao cargo de PGJ os membros vitalícios, Promotores e Procuradores de Justiça, há, no mínimo, nove anos na carreira.

O período de recepção dos votos pela Comissão Eleitoral ocorrerá de 1º a 15 de março. A apuração dos votos ocorrerá no dia 15 de março. Após a homologação do resultado da eleição, o Presidente do Colégio de Procuradores de Justiça, por ofício, encaminhará, no prazo de 24 horas, a lista tríplice ao governador, indicando o número de votos de cada candidato. A posse do novo Procurador-Geral de Justiça será em maio, em data a ser definida.

 

Perfil dos Candidatos

Leia Também:  Bebê de 7 meses morre vítima de #sarampo em Manaus, confirma Secretaria de Saúde

O Procurador de Justiça Airton Pedro Marin Filho foi admitido no cargo de Promotor de Justiça em 19 de setembro de 1988. Atualmente exerce o cargo de Procurador-Geral de Justiça, cargo para o qual foi eleito em 2015. Como Promotor de Justiça atuou nas Promotorias de Justiça de Pimenta Bueno e da Saúde e da Cidadania em Porto Velho. Exerceu os cargos de Corregedor-Geral do Ministério Público; Chefe de Gabinete da PGJ; Chefe de Gabinete da Corregedoria-Geral; diretor do Centro de Controle Institucional (CONI) e diretor do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional (CEAF). Foi ainda presidente do Conselho Nacional dos Corregedores-Gerais do Ministério Público (CNCGMP); vice-presidente para a Região Norte do Conselho Nacional dos Procuradores-Gerais de Justiça (CNPG) e atualmente integra o Núcleo de Combate à Corrupção e à Criminalidade do CNPG junto ao Ministério da Justiça.

O Promotor de Justiça Éverson Antônio Pini foi admitido na carreira de Promotor de Justiça em 14 de novembro de 1996, entrando em exercício na mesma data. Exerceu o cargo de Chefe de Gabinete da Procuradoria-Geral de Justiça e Secretário-Geral do Ministério Público do Estado de Rondônia. Atuou nas Promotorias de Justiça de Cerejeiras, Guajará-Mirim e Cacoal. Atualmente é titular da 9ª Promotoria de Justiça da Capital, com atribuições na área da Infância e Juventude.

Leia Também:  Prefeitura disponibilizará ônibus especiais para Parque dos Tanques

O Promotor de Justiça Jefferson Marques Costa ingressou na carreira no dia 5 de julho de 2004. Atuou nas Promotorias de Justiça de Costa Marques, Buritis e Ariquemes. Está lotado na 19ª Promotoria de Justiça de Porto Velho, atualmente designado para a 3ª Promotoria de Justiça com atribuições nas áreas Cível e de Família.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Rondônia

Ação de conscientização quanto aos cuidados de prevenção à covid-19 acontece neste sábado, 19, no Espaço Alternativo

Publicados

em


O propósito maior é reforçar a população sobre os cuidados necessários para evitar a contaminação da covid-19

Nos dias 19 e 20 de junho, a partir das 15h30 será realizada no Espaço Alternativo, em Porto Velho, a ação de conscientização quanto aos cuidados de prevenção à covid-19, referentes ao projeto “Educação em Saúde”. Esta é uma iniciativa do Centro de Educação Técnico Profissional na Área da Saúde (Cetas) e da Liga Acadêmica de Anatomia Humana de Rondônia (Lenaro), que conta com a parceria do Governo de Rondônia, por intermédio das equipes de Residências multiprofissionais da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau).

A iniciativa consiste em levar informação para a população, a respeito de medidas higiênicas importantes para o combate ao coronavírus. As equipes envolvidas serão alocadas em locais estratégicos para reforçar a importância dos cuidados, de forma preventiva.

De acordo com o vice-presidente da Lanaro e acadêmico de Medicina da Universidade Federal de Rondônia (Unir), Mário Celso Cabral de Souza, durante a ação será feita a distribuição de folders educativos, contendo ilustrações sobre a forma correta de higienização das mãos, uso de álcool em gel, a importância do uso da máscara facial e a importância do distanciamento social. Também serão explicadas as consequências do mau uso dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e a quebra dos protocolos de saúde.

Leia Também:  Saiba como consultar o saldo do FGTS

Além disso, o projeto trará novidades, como a demonstração do uso correto do álcool gel, através do uso do luminol, substância que descreve uma reação química que libera energia sob a forma de luz e, também, a luz negra. Os dois dias de ação contarão com a participação de profissionais da Saúde e da comunidade acadêmica de diferentes instituições.

De acordo com o Dr. Horácio Tamada, a iniciativa também partiu da necessidade de promover informação social, envolvendo a população e a comunidade acadêmica de Medicina. “Esta é uma grande oportunidade para que o acadêmico participe, de forma ativa, do desenvolvimento de ações deste segmento, proporcionando melhoria no atendimento futuro”, salientou.

 INTERATIVIDADE

Conforme explicado por Mário Celso, que também é vice-presidente da liga Acadêmica de Urologia de Rondônia (Laccro), a ação terá uma estrutura com tenda, mesas e cadeiras, visando uma ação mais interativa com a população. Foram criadas duas estruturas, sendo uma caixa de luz negra e uma cabine de luz negra e, por meio desses instrumentos, as pessoas que observarem terão consciência sobre a importância da lavagem correta das mãos e uso correto do álcool em gel.

Foi criada uma caixa de luz negra, que possibilita a visualização sobre o estado de higienização das mãos

“Além disso, nós vamos distribuir os panfletos didáticos e orientativos, um descrevendo a forma correta de higienização e outro contendo informações sobre as diferenças de sintomas entre covid-19, gripe e resfriado. Nosso intuito é abordar as pessoas para compartilhar informações sobre o assunto”, detalhou Celso.

Leia Também:  No Dia Mundial de Combate à Meningite, Agevisa alerta para os sintomas iniciais da doença

AÇÃO CONJUNTA

De acordo com a coordenadora do Núcleo Estadual de Educação Permanente em Saúde (NEP), Marcela Milrea Araújo Barros, a promoção da ação conjunta traz consigo a integração de ensino e serviços de Saúde, envolvendo residentes multiprofissionais, acadêmicos de medicina e profissionais de saúde. “Essa iniciativa é de grande valia, uma vez que promove o fortalecimento das estratégias de educação em saúde”, declarou.

Esta é a primeira edição da ação de conscientização, um projeto piloto que terá a possibilidade de ser ampliada para as comunidades, futuramente.

Fonte: Governo RO

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA