PORTO VELHO

Rondônia

Edição 444 – Boletim diário sobre coronavírus em Rondônia

Rondônia

 

Dos 233.613 casos de covid-19 em Rondônia, 78.310 são de Porto Velho

 

O Governo de Rondônia, por meio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), divulga balanço de dados referente aos casos de covid-19 no Estado.

Nesta segunda-feira (7) foram consolidados os seguintes resultados:

Casos confirmados – 233.613
Casos ativos – 6.707 (2,87%)
Pacientes recuperados – 221.071 (94,63%)
Óbitos – 5.835 (2,50%)
Pacientes internados na Rede Estadual de Saúde – 310
Pacientes internados na Rede Privada – 54
Pacientes internados na Rede Municipal de Saúde – 107
Pacientes internados na Rede Filantrópica – 1
Total de pacientes internados – 472
Pacientes aguardando leitos: 0
Testes Realizados – 612.347
Aguardando resultados do Lacen – 465

* População vacinada:
1ª Dose – 292.503
2ª Dose – 136.183

  • Total de doses aplicadas: 428.686

Vacinas recebidas:

* CoronaVac: 331.308

* AstraZeneca: 279.950

* Pfizer: 21.060

(Dados obtidos às *15:30h)

No Estado, os números de casos confirmados, recuperados e de óbitos, desde o primeiro registro em 20 de março de 2020 até hoje (7 de junho de 2021), por covid-19 são:

TOTAL DE CASOS EM RONDÔNIA – 07/06/2021
Município Casos Totais Óbitos Totais Curados Totais
Porto Velho 78.310 2.373 74.279
Ariquemes 20.275 447 19.257
Ji-Paraná 17.157 503 16.267
Cacoal 12.484 255 11.873
Vilhena 12.251 232 11.467
Jaru 7.107 160 6.880
Machadinho D’Oeste 6.115 93 5.780
Rolim de Moura 6.056 155 5.696
Pimenta Bueno 5.662 89 5.248
Guajará-Mirim 5.332 210 5.103
Buritis 4.477 62 4.291
Ouro Preto do Oeste 4.381 128 4.145
Alta Floresta D’Oeste 3.770 63 3.635
Candeias do Jamari 3.626 75 3.456
Presidente Médici 3.239 71 3.030
Nova Mamoré 3.155 71 2.939
Espigão D’Oeste 3.027 58 2.826
Cerejeiras 2.326 57 2.206
São Miguel do Guaporé 2.241 46 2.072
São Francisco do Guaporé 1.992 44 1.909
Colorado do Oeste 1.973 31 1.826
Cujubim 1.817 36 1.746
Alto Paraíso 1.756 44 1.689
Nova Brasilândia D’Oeste 1.684 26 1.559
Monte Negro 1.554 30 1.394
Costa Marques 1.474 29 1.253
Alto Alegre dos Parecis 1.418 44 1.351
Itapuã do Oeste 1.334 18 1.202
Chupinguaia 1.324 18 1.295
Seringueiras 1.265 15 1.226
Urupá 1.173 32 1.133
Campo Novo de Rondônia 1.105 22 1.070
Vale do Anari 1.080 21 984
Alvorada D’Oeste 1.042 25 998
Mirante da Serra 973 11 930
Santa Luzia D’Oeste 867 16 818
Cacaulândia 800 10 777
Nova União 789 14 764
Theobroma 748 25 703
Vale do Paraíso 747 25 715
Cabixi 732 17 657
Corumbiara 671 16 622
Governador Jorge Teixeira 604 21 566
Novo Horizonte do Oeste 574 22 543
Rio Crespo 552 9 528
Teixeirópolis 517 8 501
Ministro Andreazza 473 14 454
São Felipe D’Oeste 415 8 383
Pimenteiras do Oeste 408 16 389
Parecis 333 7 248
Castanheiras 258 6 234
Primavera de Rondônia 170 7 154
Total geral 233.613 5.835 221.071
Leia Também:  URBANISMO: Prefeitura começa mutirão de limpeza no bairro Socialista

Em Rondônia, nas últimas 24 horas foram registrados os seguintes resultados para covid-19:

ÚLTIMAS 24 HORAS
MUNICÍPIOS CASOS CONFIRMADOS ÓBITOS
Porto Velho 15 1
Ariquemes -1 1
Ji-Paraná 1
Cacoal 1
Vilhena 47
Jaru 10
Machadinho D’Oeste 3 2
Rolim de Moura 9
Pimenta Bueno 19 3
Guajará-Mirim 2
Buritis 8
Ouro Preto do Oeste 3
Alta Floresta D’Oeste
Candeias do Jamari
Presidente Médici 1 2
Nova Mamoré 1
Espigão D’Oeste
Cerejeiras
São Miguel do Guaporé 11
São Francisco do Guaporé 1
Colorado do Oeste 1
Cujubim 2
Alto Paraíso
Nova Brasilândia D’Oeste 3
Monte Negro 5
Costa Marques 10
Alto Alegre dos Parecis
Itapuã do Oeste
Chupinguaia 3
Seringueiras 3 1
Urupá
Campo Novo de Rondônia 1
Vale do Anari 10
Alvorada D’Oeste
Mirante da Serra
Santa Luzia D’Oeste 3
Cacaulândia
Nova União
Theobroma
Vale do Paraíso 3
Cabixi 9
Corumbiara
Governador Jorge Teixeira
Novo Horizonte do Oeste
Rio Crespo
Teixeirópolis
Ministro Andreazza
São Felipe D’Oeste
Pimenteiras do Oeste
Parecis 6
Castanheiras
Primavera de Rondônia
Total geral 188 12

ÚLTIMAS ATUALIZAÇÕES:

  • Os valores obtidos podem não representar o número real de casos, visto que o sistema e-sus se manteve instável, dificultando o registro de casos pelos municípios.
  • Nas últimas 24 horas foram registrados 12 óbitos por covid-19 em Rondônia, desses, três foram em Pimenta Buenos, sendo todas mulheres (80, 57 e 54 anos de idade); dois em Machadinho D’Oeste, sendo os dois homens (69 e 46 anos de idade); dois em Presidente Médici, sendo os dois mulheres (62 e 55 anos de idade); um homem de 97 anos de Ariquemes; um homem de 45 anos de Cacoal; um homem de 46 anos de Ji-Paraná; uma mulher de 45 anos de Porto Velho e uma recém nascida do sexo feminino de Seringueiras.
Leia Também:  Agevisa recebe apoio de órgãos fiscalizadores para ajudar no monitoramento da vacinação contra a covid-19 em Rondônia

Segundo a Agevisa, os dados são analisados diariamente pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs), que acompanha também a investigação epidemiológica feita pelas equipes de Saúde nos municípios para checagem de dados.

Para informações detalhadas e relatórios na íntegra, acesse o Portal Coronavírus em Rondônia, por meio do endereço: coronavirus.ro.gov.br

Veja todos os relatórios de dados já publicados sobre a covid-19 em Rondônia, clicando no link http://bit.ly/2EzHtco

Os dados de vacinação são adicionados ao sistema diretamente pelos municípios e são dinâmicos.
Para dados atualizados em tempo real, acesse: https://covid19.sesau.ro.gov.br/Home/Vacina

Fonte: Governo RO

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Rondônia

Governo reafirma compromisso com produtores rurais em ações para acelerar processos de regularização fundiária

Publicados

em


Primeiro Encontro de produtores rurais de Rondônia trouxe para Ji-Parana a discussão de pautas importantes para o setor produtivo

O Governo de Rondônia, por meio de uma força-tarefa que reuniu várias Secretarias de Estado em parceria com o Governo Federal, reafirmou o compromisso com produtores rurais e pecuaristas, no que diz respeito às ações de regularização fundiária e retomada da paz no campo. O anúncio foi feito durante o primeiro encontro de produtores rurais do Estado promovido pela Associação Rural de Rondônia, ocorrido nesta segunda-feira (21) no Parque de Exposições Hermínio Victorelli, na cidade de Ji-Paraná.

Participaram do encontro, o governador Marcos Rocha, o secretário especial de Assuntos Fundiários, Nabhan Garcia, o gestor da Superintendência Estadual de Patrimônio (Sepat), Constantino Erwen e demais autoridades, além de centenas de produtores rurais.

De acordo com o presidente da Associação Rural de Rondônia, Gilson Daniel, “esses dois assuntos são de vital importância para os produtores rurais e destacou a parceria entre os Governos do Estado e Federal para tentar solucionar essas questões tão necessárias num momento em que os donos de propriedades vivem em constante terror”.

Marcos Rocha destacou o empenho do Governo do Estado para restaurar a paz no campo

O governador Marcos Rocha destacou o início oficial da “Operação Rondônia” com apoio da Força Nacional enviada pelo Ministério da Justiça. “Hoje anunciamos a chegada do reforço da tropa ao Estado, mas os policiais já começaram a atuar em Rondônia em conjunto com a Secretaria de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec), por meio das Polícias Civil e Militar e  nas primeiras ações com operações realizadas em várias regiões de Rondônia desde o Cone Sul até a ponta do Abunã onde já foram efetuadas 17 prisões”, enfatizou o governador que ressaltou ainda o trabalho que vem sendo feito pelo Poder Executivo para acelerar a regularização fundiária no Estado.

Leia Também:  Confira os nomes: Prefeitura divulga resultado da seleção para 146 monitores do transporte rural

“Estamos colaborando com o Instituto Nacional de Colonização  e Reforma Agrária (Incra) com a contratação de 35 servidores estaduais para atuar diretamente no instituto pelo programa “Título Já”, além da contratação de mais 17 servidores temporários para a Sepat atuar na regularização fundiária, pois serão cedidos para o Incra, tendo como objetivo principal acelerar os processos que estão parados há muitos anos no instituto”, garantiu o governador.

Alguns produtores rurais presentes fizeram uso da palavra para falar sobre suas experiências relacionadas aos dois temas em discussão. Um deles, o produtor rural, Antônio Afonso teve a propriedade (Fazenda Nossa Senhora Aparecida) em Chupinguaia, região sul, recentemente invadida por um grupo armado que também atacou fazendas em outras regiões. Ele agradeceu o empenho do Governo do Estado e das forças de segurança.  “Essas ações são importantes para por fim ao clima de terrorismo que vive o Estado de Rondônia. Nos tivemos muitos prejuízos quando nossa propriedade foi invadida no mês de maio”, lamentou o produtor rural afirmando que “somente após a ação efetiva do Governo do Estado em parceria com o Governo Federal os invasores saíram da propriedade”.

Segundo Afonso, a colheita de soja na propriedade foi interrompida devido a ação das milícias.

Produtores rurais de todo o Estado reunidos em Ji-Parana comemoraram as açoes conjuntas entre os Governos de Rondônia e Federal

O coronel Aginaldo de Oliveira diretor da Força Nacional, garantiu que “os policiais sob seu comando vão atuar em locais solicitados pela Sesdec, principalmente no que diz respeito aos ataques ocorridos em várias regiões rurais como a Ponta do Abunã, no entorno da BR-429 e no Cone Sul do Estado.

Leia Também:  DEM deve voltar a se chamar PFL, diz blog

Já o secretário especial de Assuntos Fundiários, Nabhan Garcia voltou a afirmar que “quem não estiver cumprindo a constituição brasileira no que diz respeito ao direito de propriedade vai sofrer as consequências”, ressaltou dizendo ser um recado direto do presidente da república Jair Bolsonaro e completou que “as invasões de terra que vem ocorrendo em Rondônia são uma afronta ao estado democrático de direito e ao direito de propriedade, porque as invasões feitas por grupos que podem ser considerados de crime organizado vem causando terrorismo nas áreas rurais e caracterizou como inaceitável”.

Nabhan complementou que foi por isso que o Governo Federal atendeu a solicitação feita pelo governador Marcos Rocha ao Ministério da Justiça. “Outros Estados deveriam seguir o exemplo do Governo de Rondônia para manter a ordem e a paz no campo. Tanto o Governo Federal quanto o Governo do Estado reconhecem que o setor rural vem sustentando o Brasil, por meio do  agronegócio”.

Ao encerrar o encontro, Gilson Daniel também associou “a invasão de terras a morosidade no processo de regularização fundiária que fica a cargo do Incra e que as milícias se aproveitam desse fator para invadir terras que estão com pendência de regularização fundiária, devido também a demora na emissão de documentos por parte do Instituto” afirmou o presidente ao comemorar o sucesso do evento que deve trazer avanços para a classe produtiva.

Fonte: Governo RO

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA