PORTO VELHO

Rondônia

Fase regional Cone Sul do Joer começa a ser disputada nesta nesta quarta-feira, 22, em Vilhena

Rondônia

Fase Regional do Joer tem início em Vilhena, nesta quarta-feira

A Fase Regional Cone Sul com modalidades individuais e coletivas dos Jogos Escolares de Rondônia – Joer, começa nesta quarta-feira, 22, em Vilhena. A cerimônia será realizada pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Educação – Seduc, em parceria com a Gerência de Educação Física, Esporte e Cultura Escolar da diretoria geral de educação da Coordenadoria Regional de Educação – CRE e Prefeitura de Vilhena.

A solenidade de abertura será na Escola Estadual Álvares de Azevedo, às 19h30. O evento reunirá mais de mil atletas dos sete municípios do sul do Estado incluindo além de Vilhena, Colorado do Oeste, Cabixi, Cerejeiras, Pimenteiras, Corumbiara e Chupinguaia. 

De acordo com a coordenadora regional de educação da região, Maria de Fátima Oliveira, “os jogos escolares reúnem diversos estudantes e profissionais da região cone sul do estado de Rondônia, que atuam com o esporte escolar e possibilita o intercâmbio social entre os mesmos. Além disso, fomenta o surgimento de novos talentos esportivos, sempre norteados pelos princípios do respeito e da compreensão mútua,” explica a coordenadora.

Leia Também:  Gestores da rede municipal de Ariquemes participam de palestra sobre análise estatística do IDEB

O Joer possui modalidades individuais e coletivas com duas categorias. A infantil de 12 a 14 anos e a juvenil de 15 a 17 anos de idade. O evento conta com a participação de atletas, técnicos e dirigentes. No total participam dos jogos 26 escolas da rede pública Estadual, Municipal e privada, além de voluntários, árbitros e  membros do comitê central organizador. 

Fonte: Governo RO

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Rondônia

82,3% das viagens dos rondonienses foram por motivos pessoais

Publicados

em

O suplemento de Turismo da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua) mostra que, em 2021, das 68 mil viagens feitas por rondonienses, 82,3% foram por motivos pessoais e 17,7% por motivos profissionais. Os percentuais são semelhantes aos apresentados em 2019: 80,5% por motivos pessoais e 19,5% por motivos profissionais.Por local de hospedagem, a casa de amigo ou parente foi a principal instalação, representando 45,9% das viagens ocorridas em 2021. Em todo o Brasil, a casa de amigo ou parente também foi a principal acomodação, sendo 42,9% de todas as viagens.A pesquisa aponta também que, das viagens realizadas pelos rondonienses por motivo pessoal, 23 mil (42,1%) foram para visita ou eventos de familiares e amigos, 17 mil (30,3%) para tratamento de saúde ou consulta médica, dez mil (18,1%) para lazer e cinco mil (9,4%) tiveram outros motivos.Ao comparar as informações da pesquisa nos anos de 2019 e 2021, percebe-se que as viagens com carro particular ou da empresa passaram a corresponder a mais da metade dos veículos utilizados. Em 2019, as viagens com carro particular ou de empresa representaram 36% do total. Já em 2021, este percentual foi de 56,8%.Em relação ao número de domicílios em que houve viagem, a PNAD Contínua aponta que, no ano de 2019, ocorreram viagens em 17,4% dos domicílios rondonienses enquanto que, em 2021, este índice foi de 9,3%.Nos domicílios em que nenhum morador viajou em 2021, foi questionado sobre o motivo, sendo que os mais recorrentes foram: não ter necessidade (29,1%), não ter dinheiro (19,7%) e não ser prioridade (19,3%). Estes índices foram diferentes dos indicados em 2019: em 43,5% dos domicílios que nenhum morador viajou o motivo foi por não ter dinheiro; 17,5% não ter tempo e 17,5% não ter necessidade. 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA