PORTO VELHO

Rondônia

Governo executa patrolamento na RO-383 que interliga Alta Floresta ao distrito de Nova Gease

Rondônia


Patrolamento acontece nos 40 km de extensão da rodovia

O Governo de Rondônia, por meio do Departamento Estadual de Estradas de Rodagem e Transportes de Rondônia (DER), realizou os serviços de patrolamento (reconformação da plataforma) e saída de água (drenagem) nos 40 quilômetros de extensão da RO-383, (linha 47,5), trecho que interliga Alta Floresta D’Oeste ao distrito de Nova Gease. Os trabalhos foram executados pela equipe da 5ª Residência Regional do Departamento de Rolim de Moura.

Segundo o diretor-geral do DER, Elias Rezende, a rodovia 383 possuía uma grande concentração de pedras pontiagudas nesta região, o que causava transtornos e prejuízos aos moradores e transeuntes que passam pela via. “Essa é uma rodovia que no ano passado recebeu serviços nunca vistos na história. Realizamos rebaixamento de morros, elevação e rebaixamento de greide da pista em pontos específicos, instalação de manilhas e tubo de aço, o que possibilitou uma rodovia trafegável durante o inverno amazônico. Seguindo a orientação do governador Marcos Rocha e do vice-governador José Jodan, as regionais do DER estão realizando os serviços de reconformação da plataforma, removendo buracos e imperfeições causadas pelas chuvas”, explicou.

Manutenção garante a trafegabilidade

“Só tenho a agradecer ao governador, ao diretor-geral e aos servidores do DER por realizarem serviços de qualidade em nossa rodovia. É um sonho antigo que virou realidade, agora conseguimos escoar a produção com maior facilidade, pois o tempo de viagem diminuiu. Antes, de carro baixo, gastávamos uma hora e meia para chegarmos à cidade e agora fazemos o percurso em apenas 40 minutos”, disse o produtor, Bruno Wiedermann.

Leia Também:  #CNA Porto Velho recebe na Bahia mais um prêmio nacional Foram homenageadas as unidades Calama, Rio Madeira e Campos Sales

O vice-governador, José Jodan, ressalta que além dos produtores rurais que utilizam a rodovia 383, a estrada também é utilizada para dar acesso às aldeias indígenas e a quatro usinas hidrelétricas. “É uma região rica na agropecuária, na produção agrícola e para o setor elétrico, também é muito importante para a cultura do nosso Estado, pois a rodovia dá acesso à reserva da terra Indígena Rio Branco”, finalizou José Jodan.

Fonte: Governo RO

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Rondônia

Paciente de Dourados é o segundo a ter alta hospitalar após tratamento contra a covid-19 em Rondônia

Publicados

em


O paciente Cleiton chegou na capital no dia 4 de junho

Cleiton Braga dos Santos, de 33 anos, um dos pacientes de Mato Grosso do Sul que veio transferido para leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em Porto Velho (RO), na Operação “Unidos Pela Vida”, recebeu alta nesta sexta-feira (18). O paciente do município de Dourados chegou na capital no dia 4 de junho, em estado grave permaneceu na UTI por 11 dias, na Assistência Médica Intensiva (AMI), e na enfermaria do Hospital de Base Dr. Ary Pinheiro permaneceu por mais três dias, até receber alta hospitalar.

“Foram dias difíceis esses que passei na UTI, mas recebi tanto amor e atenção dos profissionais da AMI que eu estou aqui, contando a minha vitória. Deus que colocou na minha vida essa vaga aqui em Porto Velho. Entre várias pessoas à espera por um leito, eu fui o escolhido. Talvez se eu estivesse ficado, não estaria aqui contando minha recuperação. Vim para uma cidade que não conhecia, mas que acolheu como um rondoniense. Meu sentimento é de eterna gratidão”, conta o paciente.

Leia Também:  Ministério Público de Rondônia vai realizar IV Seminário de Execução Penal no dia 28 de maio

No último domingo (13), Cleiton Braga fez aniversário e para ele foi um renascimento. “Sobreviver a essa doença é renascer, completei 33 anos num leito de UTI, e agora aqui vivo, me sinto como um milagre de Deus”, enfatizou o rapaz.

A mãe de Cleiton, Joanes Florência Braga, de 62 anos veio buscar o filho

A mãe de Cleiton, Joanes Florência Braga, de 62 anos, veio buscar o filho. Ela o viu pela última vez embarcando em busca de uma chance para se curar da covid-19. “Meu filho renasceu, ele veio para Rondônia em estado grave. Deus colocou as mãos em todos esses profissionais que acolheram meu filho e cuidaram com muito carinho. Todos os dias eu tinha notícias dele. Eu agradeço imensamente a cada um. Só eu sei o que eu passei durante esses dias em que meu filho permaneceu internado. Agora, vendo ele curado e podendo abraçá-lo, só tenho a agradecer ao Estado de Rondônia que nos acolheu”, disse emocionada.

Ao todo, o Estado de Rondônia recebeu 12 pacientes graves do Mato Grosso do Sul, dos quais dois já receberam alta hospitalar e retornaram para sua cidade natal. “Ficamos emocionados em ver que esses pacientes estão voltando para suas cidades locais curados desta doença. O governador Marcos Rocha nos solicitou que, enquanto pudermos ajudar estaremos de portas abertas”, destacou o secretário de Estado da Saúde (Sesau), Fernando Máximo.

Leia Também:  Para Ministério Público de Rondônia, Projeto de lei sobre abuso de autoridade representa retrocesso no combate à Corrupção
Fonte: Governo RO

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA