PORTO VELHO

Rondônia

Investimentos do Governo de Rondônia na Saúde e Educação marcam a semana na Região do Café

Rondônia

Heuro contará com local adequado para coleta e destinação de resíduos hospitalares

ABRIGO DE RESÍDUOS 

Com um investimento de aproximadamente R$ 360 mil do Governo de Rondônia, o Abrigo de Resíduos do Hospital de Urgência e Emergência – Heuro de Cacoal deve ser inaugurado no próximo mês. Desde que o Estado assumiu o serviço de Urgência e Emergência em Cacoal, a unidade hospitalar não contava com local adequado para armazenar os resíduos produzidos no Heuro.

Mensalmente, mais de quatro toneladas de resíduos são recolhidos e descartados pelo Hospital de Urgência e Emergência. O abrigo irá otimizar a coleta e posterior descarte, visando a proteção à saúde de servidores e usuários, além de minimizar qualquer impacto ambiental que estes resíduos podem ocasionar.

DER executou serviços de limpeza, roçagem e manutenção

As obras para a construção do Abrigo de Resíduos estão sendo executadas por uma empresa de Cacoal, contratada pelo Governo de Rondônia por meio de licitação, atendendo todas as normativas e exigências da Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa.

Matéria na íntegra

MANUTENÇÃO EXTERNA 

A equipe da 4ª Residência Regional do Departamento Estadual de Estradas de Rodagem e Transportes – DER executou serviços de limpeza, roçagem e manutenção da área externa dos hospitais estaduais localizados em Cacoal.

Tanto o Heuro quanto o Hospital Regional de Cacoal – HRC receberam suporte do DER. A parceria entre os órgãos estaduais tem dado celeridade à uma série de serviços e ações que beneficiam, principalmente a comunidade.

PREVENÇÃO À DENGUE

Nos últimos dias, os técnicos da Agência Estadual de Vigilância em Saúde – Agevisa participaram de uma reunião em Cacoal, onde alertaram quanto ao surto de dengue, em Rondônia. O sinal acendeu em 18 municípios do Estado, sendo eles: Ariquemes, Buritis, Cabixi, Cacaulândia, Cacoal, Campo Novo de Rondônia, Castanheiras, Espigão do Oeste, Ministro Andreazza, Monte Negro, Nova Brasilândia, Presidente Médici, Primavera de Rondônia, Rio Crespo, São Miguel do Guaporé, Seringueiras, Texeirópolis e Vale do Paraíso.

Todos os dias, 300 refeições são disponibilizadas pelo restaurante

A Agevisa aproveitou a reunião da Comissão Intergestora Regional – CIR, com a presença de gestores e técnicos representantes, para tratar de assuntos referentes à vigilância em saúde, em especial sobre a dengue.

Leia Também:  Hospital Infantil Cosme e Damião atenderá normalmente durante reforma; Justiça Federal retira interdição ética

A reunião aconteceu no auditório do Conselho Municipal de Saúde de Cacoal.

Matéria na íntegra

PRATO FÁCIL 

Na “Capital do Café”, já foram servidas mais de 11 mil refeições, por meio do programa “Prato Fácil”, do Governo de Rondônia. Todos os dias são disponibilizadas 300 refeições.

Em agenda recente no município de Cacoal, o governador Marcos Rocha visitou o restaurante cadastrado no “Prato Fácil” e conversou com pessoas beneficiadas pelo programa.

O “Prato Fácil” foi lançado pelo Governo de Rondônia em 2021, por meio da Secretaria de Estado da Assistência e Desenvolvimento Social – Seas. Inicialmente implantado em Porto Velho, hoje o programa atende, também, os municípios de Ji-Paraná, Ariquemes, Guajará-Mirim e Cacoal.

Dia de Campo em São Felipe d’Oeste contou com apoio de vários parceiros

Com o programa, qualquer pessoa cadastrada no Cadastro Único – CadÚnico pode adquirir refeições saudáveis e nutritivas por apenas R$ 2,00. O valor da refeição é complementado por subsídio do Governo do Estado, oriundo dos recursos do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza – Fecoep.

Leia Também:  SEMDESTUR: Programa #'Porto Velho Empreende' oferece capacitação a permissionários

REFORMA CEEJA

Nesta semana iniciaram as obras para reforma completa do telhado do Centro de Educação de Jovens e Adultos de Cacoal – Ceeja Aída Fíbiger. Toda a estrutura será substituída. Nesta obra, o Governo de Rondônia está investindo R$ 249 mil, por meio do Programa de Apoio Financeiro  – Proafi Adicional.

Uma empresa de Ariquemes foi contratada, para executar os serviços. Conforme pontuou a diretora do Ceeja de Cacoal, Lucilene Gonçalves, nos últimos anos uma série de investimentos tem sido feita pelo Governo de Rondônia, mudando completamente a cara da instituição de ensino.

Matéria na íntegra

DIA DE CAMPO

São Felipe d’Oeste recebeu na quinta-feira (12), o Dia de Campo realizado pelo Governo de Rondônia. Desta vez o tema do encontro foi o cacau. O evento contou com palestras e atividades práticas. Entre os temas abordados ao longo do dia, destaque para as principais pragas e doenças do cacau;  poda e pontos de colheita e também a fermentação e o mercado.

Mães foram homenageadas com diversas atividades

Realizado pela Secretaria de Estado da Agricultura – Seagri e a Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural – Emater Rondônia, o Dia de Campo em São Felipe d’Oeste contou com o apoio de vários parceiros. 

MÃES RECEBERAM HOMENAGENS

Servidoras de diversos órgãos estaduais foram homenageadas em alusão ao Dia das Mães. A Coordenadoria Regional de Educação de Cacoal, por exemplo, realizou um café da manhã na segunda-feira (10) e presenteou as mães servidoras com mensagens, declarações de afeto e lembrancinhas.

No Hospital de Urgência e Emergência Regional de Cacoal – Heuro, flores foram distribuídas, e apresentações ao vivo na área externa do Hospital com músicas que emocionaram, não apenas as mamães, mas todos os servidores, pacientes e acompanhantes.

Fonte: Governo RO

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Rondônia

Na Rondônia Rural Show, visitantes são orientados que dirigir sob efeito de bebida alcoólica é crime de trânsito

Publicados

em

Usuários são orientados e convidados a fazerem o teste do etilômetro, na Rondônia Rural Show

Entre as orientações que os visitantes do estande do Departamento Estadual de Trânsito – Detran na Rondônia Rural Show, recebem, estão esclarecimentos sobre a legislação que proíbe o condutor dirigir veículo automotor sob influência de bebida alcoólica. O Diretor Técnico de Fiscalização e Ações de Trânsito – Dtfat, Welton Roney Nunes Ribeiro explica que o Código de Trânsito Brasileiro – CTB, deixa claro que a pessoa que dirigir sob influência de bebidas alcoólicas comete infração gravíssima. “A infração está prevista no artigo 165, e como crime de trânsito, no artigo 306”.

O condutor que for flagrado dirigindo embriagado será preso, e terá que pagar fiança estipulada pela autoridade policial e ainda será multado em dez vezes o valor de uma multa de infração gravíssima, ou seja, irá pagar no valor atualizado R$ 2.934,70 mediante as circunstâncias, o motorista responde processo criminal e será instaurado processo de suspensão do direito de dirigir por 12 meses.

O Detran Rondônia está realizando orientações a respeito dos Artigos 165 e 306 do CTB, que tratam especificamente sobre a Operação Lei Seca e ainda explicando como  funcionam os etilômetros passivo e ativo, que foram demonstrados na feira.

“Nosso objetivo é que o cidadão tenha consciência de que, se ingerir bebida alcoólica, não dirija, pois estará colocando a própria vida em risco e também de outras pessoas”, disse Welton Ribeiro.

Leia Também:  Mutirão Carcerário revisa processos e oferece serviços de cidadania a presos de Santa Luzia

Antônia Calixtro fez questão de visitar o estande do Detran Rondônia com a família, participou das atividades de educação e de orientação de trânsito e elogiou o trabalho que o Detran Rondônia realiza no Estado, em prol de um trânsito mais seguro. Ela contou que no dia anterior, havia perdido à uma pessoa muito próxima de sua família em um sinistro de trânsito na cidade de Cabixi. “A pessoa que provocou o acidente estava conduzindo o veículo embriagada”.

O diretor de Fiscalização afirma que, a pessoa embriagada pode ter redução de até 32% da precisão visual. A bebida alcoólica também afeta a visão periférica, causando um fenômeno conhecido como visão em túnel, que é o afunilamento do campo de visão da pessoa. Nesses casos, a possibilidade de se envolver em acidente de trânsito aumenta.

Antônia Calixtro elogiou o trabalho do Detran Rondônia

DADOS ESTATÍSTICOS

Nos primeiros quatro meses deste ano foram flagrados, na Operação Lei Seca em Rondônia, dirigindo embriagados, 1.112 condutores. A média mensal dos últimos seis meses é de 180 por mês; um número considerado alto, acima da média nacional.

INVESTIMENTOS

O Detran Rondônia investiu cerca de R$ 1,5 milhão na aquisição de etilômetros Alcolizer, que apresentam tecnologia avançada, a qual consegue detectar presença de álcool no ar sem a necessidade do condutor fazer o teste assoprando no bico do aparelho. A Operação Lei Seca ficou mais dinâmica e passou a flagrar mais condutores embriagados e automaticamente oferecendo mais segurança no trânsito, para a sociedade.

Leia Também:  Hospital Infantil Cosme e Damião atenderá normalmente durante reforma; Justiça Federal retira interdição ética

PENALIDADES

A penalidade para quem bebe e dirige é dividida em duas vertentes. Se o teste do etilômetro identificar nível até 0,33 miligramas de álcool por litro de ar alveolar expelido, a pessoa vai responder processo administrativo, conforme o atrigo 165 do CTB.

Caso o etilômetro registre a partir de 0,34 miligrama de álcool por litro de ar alveolar expelido, caracteriza crime de trânsito conforme previsto no artigo 306 do CTB; o condutor é preso em flagrante e conduzido à Central de Polícia. Para responder em liberdade, o condutor tem que pagar fiança estipulada pelo delegado que conduziu o flagrante.

  • Multa prevista no CTB para infração gravíssima é de R$ 293,70, multiplicado por 10 vezes, valor de R$ 2.934,70;
  • em caso de reincidência em um período de 12 meses, a multa dobra de valor;
  • suspensão do direito de dirigir por 12 meses;
  • recolhimento da Carteira Nacional de Habilitação – CNH do motorista;
  • retenção do veículo, e
  • no caso específico de crime de trânsito, o condutor preso em flagrante é  conduzido à Central de Polícia, responde processo criminal e terá que pagar fiança para responder o crime em liberdade, caso contrário é conduzido ao sistema carcerário.
Fonte: Governo RO

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA