PORTO VELHO

Rondônia

Jucer e Suframa realizam tratativas para adesão da Redesim; aberturas de empresas podem ser facilitadas

Rondônia


Após a assinatura de um termo de adesão, será confirmada a integração dos serviços oferecidos junto à rede nacional para simplificação

A Junta Comercial do Estado de Rondônia (Jucer), em parceria com a Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), iniciaram tratativas durante uma reunião realizada no dia 27 de maio para aderir a Rede Nacional para Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (Redesim/RO), que passará a integrar aos serviços de inscrição cadastral e solicitação de incentivos fiscais da Suframa. O encontro teve como objetivo traçar caminhos para a futura adesão.

Por meio desse sistema informatizado, também será possível reunir em uma única plataforma diversos serviços de órgãos públicos ao qual o empreendedor tem acesso. A Jucer é administradora da Redesim/RO no Estado, que já está acessível no site: www.empresafacil.ro.gov.br.

De acordo com o presidente da Jucer, José Alberto Anísio, a Suframa será a oitava entidade a integrar a Redesim/RO, com o objetivo de atender os empresários em nível local. “Por determinação do governador Marcos Rocha, a Junta Comercial está trabalhando para promover continuamente a melhoria do ambiente de negócios do Estado, bem como a desburocratização, simplificação e transformação digital na prestação de serviços públicos”, declara.

Leia Também:  Prefeitura leva atendimento às mulheres do distrito

Reforçando esta linha de pensamento, o superintendente-adjunto de Operações da Suframa, Cláudio José dos Santos Menezes, destacou que: “a adesão à rede nacional representa significativos avanços ao sistema da Suframa, além de ampliar o alcance dos benefícios dos seus incentivos a empresas, considerando que este processo é um passo importante para o desenvolvimento de Rondônia”.

A Jucer ainda afirma, que somente após a assinatura de um termo de adesão, será confirmada a integração dos serviços oferecidos junto à rede nacional para simplificação. Além dos titulares das respectivas pastas, participaram da reunião o vice-presidente da Jucer, Roger Francis Cardoso Ribeiro e o coordenador da Suframa em Porto Velho, José Otávio Moraes Gomes.

REDESIM

O sistema Redesim foi criado pelo Governo Federal, por meio da Lei nº 11. 598, de 3 de dezembro de 2007, e tem por finalidade principal abreviar e simplificar determinados procedimentos para abertura de empresas ou negócios, oferecendo transparência e diminuindo o tempo e o custo de cadastro e sua legalização, além de reduzir seu processo burocrático de maneira imediata.

Leia Também:  São Francisco do Guaporé terá geração de Energia Solar em 2020

A Rede atende com abrangência nacional, estadual e municipal. Por ser um processo informatizado, linear e único, outros sistemas de instituições e entidade públicas comumente aderem a este procedimento que ocorre de forma integrada, como é o caso da Jucer. Em Rondônia, a Redesim funciona através do sistema Integrador Estadual, denominado Empresa Fácil RO, possibilitando o usuário acessá-lo via internet.

Fonte: Governo RO

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Rondônia

Em parceria, Cetas promove ação para orientar população sobre cuidados de prevenção contra a covid-19 no Espaço Alternativo

Publicados

em


Ação acontece também neste domingo (20), no Espaço Alternativo, a partir das 16 horas

O Governo de Rondônia, por meio do Centro de Educação Técnico-Profissional na Área da Saúde (Cetas) e equipes de residências multiprofissionais da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), em parceria com a Liga Acadêmica de Anatomia Humana de Rondônia (Lanaro) promoveram uma ação de conscientização, no que diz respeito aos cuidados de prevenção contra o coronavírus neste sábado (19), no Espaço Alternativo de Porto Velho.

A ação faz parte do Projeto “Educação em Saúde” de iniciativa da Lanaro e do Cetas, com o objetivo de informar a sociedade sobre as medidas sanitárias que devem ser tomadas no combate à covid-19, como: o uso de máscaras, lavagem correta das mãos e o uso de álcool em gel, reforçando a importância dos cuidados, de forma preventiva.

“As pessoas estão começando a esquecer das práticas de higienização, que são itens básicos e importantes para nossa saúde. A partir de um momento de descuido, acontece a contaminação e podemos transmitir o vírus para aqueles que estão à nossa volta”, explicou o vice-presidente da Lanaro, Mário Celso Cabral de Souza,

Leia Também:  Transporte Escolar Aquaviário atende alunos nas regiões ribeirinhas

A diretora do Cetas, Luciene Almeida, falou sobre a importância de prestar esclarecimentos à comunidade sobre a higienização correta e medidas preventivas contra a covid-19 e alertou que a pandemia não acabou e que todos devem continuar se prevenindo.

No local uma estrutura com tenda, mesas e cadeiras foi montada para que a população pudesse acompanhar a orientação dos integrantes do projeto. Durante a ação, houve demonstrações do uso correto do álcool em gel, por meio do luminol, substância que promove uma reação química, liberando energia sob forma de luz. A ação acontece também neste domingo (20), no Espaço Alternativo, a partir das 16 horas.

O coordenador-geral da Lanaro, médico Horácio Tamada,  explicou que a intenção do projeto é aproximar a população, para que se conscientize sobre os riscos de contágio. “Por meio dessa ação, acreditamos que as pessoas possam melhorar a higienização, tendo uma dimensão real dessa doença”.

O secretário da Sesau, Fernando Máximo, também esteve presente na ação e parabenizou as equipes, destacando o trabalho do Governo do Estado em parceria com as faculdades em prol da educação em saúde durante a pandemia. “Essa ação é de extrema importância, pois queremos diminuir o número de casos da doença, de pessoas internadas e de óbitos e a conscientização da população faz a diferença”.

Leia Também:  SERVIDORES: Ipam realiza eleições para Conselho e Previdência
Fonte: Governo RO

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA