PORTO VELHO

Rondônia

“Minicurso Formação de Educadores Ambientais” acontece na segunda-feira,7; ação faz parte da Semana do Meio Ambiente

Rondônia


Temática visa formar multiplicadores que pensam na Educação Ambiental como instrumento de qualidade de vida para o ser humano

O Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental (Sedam), vai realizar o “Minicurso: Formação de Educadores Ambientais”, na segunda-feira (7), das 18h às 22h, como forma de aprimorar e valorizar o conhecimento socioambiental e sustentável na região Amazônica à população.

A ação, é coordenada pela Coordenadoria Estadual de Educação Ambiental (Ceam) e compõe às atividades da Semana do Meio Ambiente, que acontece de 5 a 8 de junho. Com isso, inúmeras ações são aguardadas pela Sedam com o objetivo de conscientizar a sociedade, primando pela preservação do meio ambiente, fator fundamental para o alcance de uma vida ecologicamente correta.

Em decorrência da pandemia do coronavírus, grande parte da programação ocorrerá de maneira remota, contribuindo para a segurança e saúde dos participantes.

Vale lembrar, que desde o início deste ano, a Sedam também realiza algumas campanhas de conscientização para a prevenção de queimadas e incêndios florestais no território rondoniense, por meio da mobilização das chamadas blitz educativas em municípios como: Ariquemes, Vilhena, Pimenta Bueno, Cacoal, Cujubim, Rolim de Moura, Ji-Paraná e nos distritos de Buritis. A Ceam atua em conjunto com os Escritórios Regionais de Gestão Ambiental (Ergas), estabelecendo parcerias para solidificar ainda mais as ações implementadas.

Segundo a coordenadora estadual de Educação Ambiental, Maricélia Cantanhêde, o “Minicurso de Formação de Educadores Ambientais” visa formar multiplicadores da compreensão ambiental. “Este estudo é um tema transversal, considerando sua importância para o desenvolvimento da consciência crítica e a formação de pessoas que pensam a Educação Ambiental como um todo. Criar debates ou capacitações que valorizem esta questão, sendo ela estreitamente ligada à qualidade de vida, são essenciais, pois existe um processo no qual estamos inseridos, desde os alimentos que consumimos até o ar que respiramos”, explica.

Em decorrência da pandemia do coronavírus, o evento ocorrerá de maneira remota

Maricélia será responsável por ministrar o treinamento, que, contará com a parceira de vários órgãos e instituições da capital rondoniense. O apoio vem do Departamento Estadual de Defesa Civil do Corpo de Bombeiros Militar (CBM), da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Sema) e da Defesa Civil do Município.

Leia Também:  Mutirão de captação de vagas do SINE municipal localiza 39 novas vagas de emprego para esta segunda feira dia 03/04/2017

ACESSO

Para participar do minicurso, os interessados ​​devem se inscrever pelo link: www.even3.com.br/formaea2021/, além de acessar a aula por meio da plataforma digital disponibilizada pela Sedam. Para essa formação será atribuído um certificado com quatro horas complementares.

Vale ressaltar que o evento também é aberto ao público em geral, permitindo que outras pessoas possam agregar informações metodológicas e compartilhar experiências práticas que possam sensibilizar para a importância do tema abordado.

PROGRAMAÇÃO 

A Semana do Meio Ambiente dará início neste sábado (5), com ato solene de plantio de mudas em um espaço recreativo de Porto Velho. O evento pretende reunir uma série de atividades direcionadas especialmente ao período que se intensificam campanhas de conscientização do ser humano em relação à preservação dos recursos naturais do planeta.

Visando a integração de toda comunidade, estas ações podem ser acompanhadas de acordo com dia e horário das atividades listadas a seguir:

  • 05/06, às 9h, no Skate Park (Av. Guaporé, bairro Cuniã) – Abertura solene da Semana do Meio Ambiente com plantio de mudas.
  • Às 19h30 – Seminário Virtual “Meio Ambiente e Sustentabilidade”. Os interessados em participar devem se inscrever  pelo link, e acessar o evento por meio da plataforma virtual;
  • 06/06, das 9h às 12h – Blitz educativa e mutirão de limpeza na “Feira do Cai N’água”, região Central de Porto Velho;
  • 07/06, 18h às 22h – Minicurso de Formação de Educadores Ambientais;
  • 08/06, 8 às 12h – Oficina sobre as atualizações de “Mudanças Climáticas do Estado”. Os interessados em participar das práticas terão que fazer inscrição pelo link, acessando as oficinas por meio da plataforma disponibilizada.
  • 30/06, às 19h30 – Premiações do “1º Concurso de Desenho Infantil”, a ser realizado no Porto Velho Shopping, em Porto Velho.
Leia Também:  Corregedor do TJRO recebe representantes de trabalhadores de Supermercado em processo de falência

Entre os dias 24 de maio e 30 de junho ocorre o período de inscrição e recebimento dos desenhos. Os interessados podem ter acesso, na íntegra, ao regulamento do concurso solicitando no e-mail: [email protected]

Quanto à efetuação da inscrição e para saber mais informações, o interessado deve acessar: https://forms.gle/DDKhsNgHd4r7vJ3HA, logado em uma conta de e-mail.

Fonte: Governo RO

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Rondônia

Nota de repúdio da Ameron: Ameaças à juíza Karina Miguel Sobral

Publicados

em

Entendemos essa ameaça como uma ação criminosa, sendo dirigida não somente à magistrada, como também ao Poder Judiciário que ela representava naquela comarca

A Associação dos Magistrados de Rondônia (Ameron) vem a público manifestar solidariedade à juíza Karina Miguel Sobral, que atuava na comarca de Guajará-Mirim, em face das ameaças que tem recebido. A Ameron repudia toda tentativa de intimidação, de qualquer intensidade, que tenha como objetivo coibir o exercício da judicatura rondoniense notoriamente reconhecida como forte, pujante e independente e, igualmente, condena qualquer ação que apresente riscos inerentes à integridade física de qualquer de seus  magistrados.

Entendemos essa ameaça como uma ação criminosa, sendo dirigida não somente à magistrada, como também ao Poder Judiciário que ela representava naquela comarca. Ações desta natureza devem ser combatidas de maneira intolerante, uma vez que o Poder Judiciário tem como premissa a não violência e a imposição rigorosa de meios e formas legais para solucionar os conflitos sociais.

A Ameron repudia o ato criminoso, oriundo de pessoas que, insatisfeitas com as decisões judiciais, procuram coagir ou silenciar seus legítimos representantes mediante atitudes que atentam contra o Estado Democrático de Direito, pois a violência contra a magistratura se constitui como um crime que atinge diretamente o Poder Judiciário.

Leia Também:  Seduc promove live com o tema "Do uso do álcool às drogas sintéticas: efeitos e riscos do consumo entre jovens"

Esta Associação, porta-voz dos seus associados, sempre assegurará a todos os cidadãos rondonienses que os magistrados deste Estado jamais vão recuar e tampouco se acovardar diante de qualquer ação ameaçadora ou agressiva dirigida contra um Juiz ou Desembargador. Estes sempre continuarão a exercer as funções do seu cargo e a cumprir a missão em pacificar os conflitos sociais de maneira justa, célere e equilibrada, tomando como base a Constituição Federal e as leis do país.

A Ameron requer a adoção imediata de todas as providências junto às instituições deste Estado que são responsáveis pela segurança pública, para a apuração e a punição exemplar dos responsáveis por este ato deplorável.

Porto Velho, 22 de junho de 2021

Euma Mendonça Tourinho

Presidente da Ameron

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA