PORTO VELHO

Rondônia

Momento crítico da pandemia requer consciência; público jovem ainda desafia fiscalização de combate às aglomerações

Rondônia

 

Jovens ainda se arriscam participando de festas clandestinas e aglomerando em espaços públicos

 

As operações de fiscalização em cumprimento aos decretos governamentais contra a proliferação da Covid-19, coordenadas pelo Corpo de Bombeiros Militar (CBM), têm revelado um problema que vem crescendo em Rondônia: a exposição desenfreada de jovens que desafiam os riscos de contaminação da doença e se aglomeram em festas clandestinas. A prática tem sido alvo de constantes denúncias que são averiguadas durante as ações. Geralmente, os encontros festivos acontecem em residências e são programados até mesmo pelas redes sociais.

O Corpo de Bombeiros Militar tem desencadeado operações de fiscalização para garantir o cumprimento das medidas definidas pelos atos normativos publicados pelo Governo do Estado e que definem o sistema de distanciamento social controlado para fins de prevenção e de enfrentamento à pandemia causada pelo coronavírus, no âmbito do estado de Rondônia e reiteram a declaração de estado de calamidade.

As ações de fiscalização iniciaram em dezembro de 2020 e se renovaram conforme a necessidade. As mesmas tiveram várias denominações, tais como: “Fase 3”; “3ª Onda”; “Decreto”; Consciência”; “Restrição”; “Alerta”; “Emergência” e a atual: “Urgência”. Desde então, foram contabilizadas mais de 6.300 intervenções, somadas todas as ações das operações já realizadas.

Denúncias de festas clandestinas são constantes e averiguadas pelas equipes de fiscalização

As operações são realizadas três vezes por semana, com ações que contam com a participação ativa da Polícia Militar (PM), Polícia Civil (PC), da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa), da Superintendência Estadual de Comunicação (Secom), do Programa de Orientação, Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) e da Prefeitura de Porto Velho, por meio do Departamento de Vigilância Sanitária, Secretaria Municipal de Fazenda (Semfaz).

Leia Também:  Auditores Fiscais recuperam cerca de R$ 23 milhões para Rondônia

Nas festas clandestinas, que chegam a ser flagradas pela fiscalização, muitas pessoas se divertem sem observar as medidas de distanciamento social que é apontada como uma forma de diminuir o contágio do coronavírus e, consequentemente, evitar que mais pessoas sejam contaminadas.

RISCOS

Segundo informações das equipes que participam das operações, as festas clandestinas são programadas até mesmo nas redes sociais, sem que seja anunciada a data e localidade.

Dessa forma, somente por meio de denúncias as equipes conseguem chegar ao local e colocar fim à aglomeração. Para o comandante, é necessário que esses mesmos jovens, que pensam em desafiar a pandemia, passem a entender que, agindo dessa forma, passam a potencializar a disseminação do vírus, ou seja, podem levar o vírus às pessoas de dentro da própria casa.

A atual operação do Corpo de Bombeiros passou a ser denominada “Urgência” em decorrência ao atual estado da pandemia com aumento no número de óbitos pela Covid-19 registrados diariamente. As medidas serão mantidas para que sejam evitadas aglomerações e, consequentemente, desacelerar o contágio do coronavírus em todo Estado.

Leia Também:  Ministério Público de Rondônia fará atendimento itinerante no município de Theobroma

Para realizar denúncias sobre  aglomerações entre em contato com 190 (Polícia Militar), 193 (Corpo de Bombeiros), 197 (Polícia Civil) e 151 (Procon).

Fonte: Governo RO

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Rondônia

Edição 411 – Boletim diário sobre coronavírus em Rondônia

Publicados

em


Dos 214.879 casos de covid-19 em Rondônia, 73.633 são de Porto Velho.

O Governo de Rondônia, por meio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), divulga balanço de dados referente aos casos de covid-19 no Estado.

Nesta quarta-feira (5) foram consolidados os seguintes resultados:

Casos confirmados – 214.879
Casos ativos – 6.433 (2,99%)
Pacientes recuperados – 203.181 (94,56%)
Óbitos – 5.265 (2,45%)
Pacientes internados na Rede Estadual de Saúde – 373
Pacientes internados na Rede Privada – 71
Pacientes internados na Rede Municipal de Saúde – 90
Pacientes internados na Rede Filantrópica – 09
Total de pacientes internados – 543
Pacientes aguardando leitos: 0
Testes Realizados – 571.083
Aguardando resultados do Lacen – 684

* População vacinada:
1ª Dose – 200.060
2ª Dose – 87.328

Profissionais de Saúde vacinados:
1ª Dose – 46.672
2ª Dose – 29.025

Indígenas vacinados:
1ª Dose – 6.584
2ª Dose – 4.824

Idosos vacinados:
1ª Dose – 142.514
2ª Dose – 53.137

Deficientes ILP:
1ª Dose – 217
2ª Dose – 21

Segurança e Salvamento:
1ª Dose – 3.677
2ª Dose – 320

Quilombolas:
1ª Dose – 396
2ª Dose – 1

* (Dados obtidos às 16h38)

No Estado, os números de casos confirmados, recuperados e de óbitos, desde o primeiro registro em 20 de março de 2020 até hoje (05 de maio de 2021), por covid-19 são:

TOTAL DE CASOS EM RONDÔNIA – 05/05/2021
Município Casos Totais Óbitos Totais Curados Totais
Porto Velho 73.633 2.226 70.155
Ariquemes 18.566 401 17.871
Ji-Paraná 15.790 444 14.918
Cacoal 11.249 214 10.773
Vilhena 10.825 209 10.412
Jaru 6.738 152 6.481
Machadinho D’Oeste 5.606 72 5.283
Rolim de Moura 5.539 128 5.074
Guajará-Mirim 5.253 204 5.005
Pimenta Bueno 4.756 64 4.003
Buritis 4.195 60 4.095
Ouro Preto do Oeste 4.105 117 3.747
Alta Floresta D’Oeste 3.476 55 3.291
Candeias do Jamari 3.454 68 3.301
Nova Mamoré 2.942 53 2.501
Presidente Médici 2.844 62 2.671
Espigão D’Oeste 2.462 54 2.349
Cerejeiras 2.088 50 1.963
São Miguel do Guaporé 2.016 40 1.912
São Francisco do Guaporé 1.824 40 1.770
Cujubim 1.636 33 1.567
Alto Paraíso 1.625 37 1.569
Colorado do Oeste 1.606 25 1.478
Nova Brasilândia D’Oeste 1.583 25 1.479
Monte Negro 1.389 23 1.179
Alto Alegre dos Parecis 1.298 32 1.160
Chupinguaia 1.268 16 1.221
Itapuã do Oeste 1.243 18 1.164
Costa Marques 1.197 25 1.120
Seringueiras 1.114 10 1.031
Urupá 1.087 26 1.010
Campo Novo de Rondônia 1.072 22 1.017
Vale do Anari 929 15 778
Mirante da Serra 923 8 885
Alvorada D’Oeste 853 24 776
Santa Luzia D’Oeste 786 10 742
Cacaulândia 753 9 734
Nova União 747 13 716
Vale do Paraíso 657 24 607
Cabixi 641 14 617
Theobroma 615 21 558
Corumbiara 603 15 563
Governador Jorge Teixeira 559 15 525
Rio Crespo 530 9 515
Novo Horizonte do Oeste 528 20 476
Ministro Andreazza 466 14 441
Teixeirópolis 464 8 451
Pimenteiras do Oeste 397 15 381
São Felipe D’Oeste 336 8 310
Parecis 233 7 182
Castanheiras 224 5 209
Primavera de Rondônia 156 6 145
Total geral 214.879 5.265 203.181
Leia Também:  Após um ano de enfrentamento a pandemia do coronavírus, assistentes sociais relatam os desafios de atuar na linha de frente

Em Rondônia, nas últimas 24 horas foram registrados os seguintes resultados para covid-19:

ÚLTIMAS 24 HORAS
MUNICÍPIOS CASOS CONFIRMADOS ÓBITOS
Porto Velho 72 4
Ariquemes 30 1
Ji-Paraná 1 1
Cacoal 20 2
Vilhena 19
Jaru 17 1
Machadinho D’Oeste 3
Rolim de Moura 10 3
Guajará-Mirim
Pimenta Bueno 8 1
Buritis 2
Ouro Preto do Oeste 18
Alta Floresta D’Oeste 13
Candeias do Jamari 4
Nova Mamoré 5 1
Presidente Médici 3
Espigão D’Oeste 8
Cerejeiras 4
São Miguel do Guaporé 8
São Francisco do Guaporé 1
Cujubim 3
Alto Paraíso
Colorado do Oeste 2
Nova Brasilândia D’Oeste 5
Monte Negro 5
Alto Alegre dos Parecis 24
Chupinguaia
Itapuã do Oeste 11
Costa Marques
Seringueiras
Urupá
Campo Novo de Rondônia 5
Vale do Anari 12
Mirante da Serra 3
Alvorada D’Oeste 3
Santa Luzia D’Oeste 3
Cacaulândia
Nova União 3
Vale do Paraíso 1
Cabixi 2
Theobroma 24
Corumbiara 4
Governador Jorge Teixeira 1
Rio Crespo
Novo Horizonte do Oeste 1
Ministro Andreazza
Teixeirópolis
Pimenteiras do Oeste 1
São Felipe D’Oeste
Parecis 4
Castanheiras 2
Primavera de Rondônia
Total geral 365 14

ÚLTIMAS ATUALIZAÇÕES:

  • Nesta quarta-feira (5) foram registrados 14 óbitos por covid-19 no Estado, desses, 4 foram em Porto Velho, sendo uma mulher de 47 anos e três homens (73, 60 e 53 anos de idade); três em Rolim de Moura, sendo duas mulheres (78 e 62 anos) e um homem de 32 anos de idade; dois homens (74 e 68 anos) de Cacoal; um homem de 70 anos de Ariquemes; um homem de 73 anos de Jaru; uma mulher de 60 anos de Ji-Paraná; um homem de 86 anos de Nova Mamoré e um homem de 60 anos de Pimenta Bueno.
Leia Também:  Auditores Fiscais recuperam cerca de R$ 23 milhões para Rondônia

Observação: Os dados sobre vacina não serão atualizados nesta data tendo em vista que a equipe está atualizando o layout do Painel Covid-19 para encaixar as doses recebidas da Pfizer.

Segundo a Agevisa, os dados são analisados diariamente pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs), que acompanha também a investigação epidemiológica feita pelas equipes de Saúde nos municípios para checagem de dados.

Para informações detalhadas e relatórios na íntegra, acesse o Portal Coronavírus em Rondônia, por meio do endereço: coronavirus.ro.gov.br

Veja todos os relatórios de dados já publicados sobre a covid-19 em Rondônia, clicando no link http://bit.ly/2EzHtco

Os dados de vacinação são adicionados ao sistema diretamente pelos municípios e são dinâmicos.
Para dados atualizados em tempo real, acesse: https://covid19.sesau.ro.gov.br/Home/Vacina

Fonte: Governo RO

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA