PORTO VELHO

Rondônia

No Dia da Liberdade de Imprensa, Polícia Militar entrega medalhas a jornalistas em reconhecimento da missão social

Rondônia


Imprensa rondoniense é homenageada pela Polícia Militar de Rondônia em alusão ao Dia da Liberdade de Imprensa

Em alusão ao Dia da Liberdade de Imprensa, o Governo de Rondônia, por meio da Polícia Militar de Rondônia (PM/RO), realizou nesta segunda-feira (7), no Comando Geral em Porto Velho, uma solenidade com entrega de medalhas a jornalistas, personalidades militares e civis, e também o lançamento do livro ‘‘A Guarda Territorial’’.

Durante a cerimônia, foi ressaltado que comunicação tem o poder de transformar vidas conscientizando a população de ações e serviços que estão à disposição em diversos eixos de desenvolvimento, assim também como cabe à imprensa alertar a população sobre medidas necessárias a serem adotadas pelo bem-estar comum.

A superintendente de Comunicação do Estado, Rosângela Silva, recebendo a medalha Mérito

A superintendente de Comunicação do Estado de Rondônia (Secom), Rosângela Silva, que esteve na cerimônia representado o governador Marcos Rocha e recebeu a medalha de Mérito de Comunicação Social, destacou o compromisso com a verdade na comunicação institucional e o importante trabalho de alinhamento com a imprensa rondoniense para garantir que a população tenha acesso às informações de forma transparente e ética.

‘‘Verdade. É isso que a população quer da imprensa. Então hoje no dia que comemoramos o Dia da Liberdade de Imprensa, que a gente faça uma reflexão da importância de aproveitar esse direito de liberdade para se expressar sobre aquilo que é real, e não com fake news, mas sim com uma comunicação de qualidade, clara, objetiva e justa. Quero parabenizar toda a imprensa do Estado de Rondônia e toda a imprensa nacional por ser parceira em levar a informação à população”, afirma Rosaângela.

A superintendente reforçou ainda que a presença da imprensa é diária na vida dos cidadãos através da TV, rádio ou mesmo das plataformas digitais, um trabalho feito por homens e mulheres que têm a honra e ao mesmo tempo a responsabilidade de informar com ética à população. Pessoas quem ajudam, por exemplo, a população estar consciente da árdua missão da Segurança pública de garantir a proteção da população diariamente. O secretário de Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec), coronel José Hélio Cysneiros Pachá, que também recebeu a medalha de Mérito de Comunicação Social, parabenizou a imprensa pelo trabalho sério e imparcial, e a Polícia Militar pelo reconhecimento aos ícones da comunicação do Estado.

Leia Também:  Mais de 140 reeducandos de Rondônia são aprovados na 10ª edição do Enem para Pessoas Privadas de Liberdade

O comandante da PM, coronel Alexandre Luís de Freitas Almeida, ressaltou que a liberdade de imprensa está diretamente relacionada à democracia, onde os profissionais têm o compromisso em informar de forma fidedigna e coerente.‘‘O que seria da Polícia Militar se não pudéssemos divulgar tudo o que temos feito? A imprensa é fundamental para prestarmos conta das nossas ações. E hoje tivemos a oportunidade de materializar esse agradecimento entregando medalhas aos profissionais ’’, afirma.

O diretor de Comunicação, capitão Alex Carvalho de Miranda, considerou a cerimônia como um momento histórico para a Comunicação Social da corporação e para a imprensa.‘‘É um momento importante de reflexão de que esse direito de liberdade é muito valoroso para todos nós da Comunicação Social. Aa Polícia Militar tem desenvolvido muitas ações nessa área e estreitado a proximidade com a imprensa’’.

HOMENAGENS

O jornalista Lenilson Guedes, homenageado com a medalha Honra ao Mérito de Comunicação Social, teve seus trabalhos desempenhados há 40 anos pela Polícia Militar reconhecidos. ‘‘Para mim é uma honra receber essa homenagem’’, pontuou.

Profissionais da imprensa receberam a medalha Honra ao Mérito de Comunicação Social

Para o jornalista Paulo Ricardo Leal, que também recebeu a medalha Honra ao Mérito de Comunicação Social, as homenagens reforçam o reconhecimento do Governo de Rondônia ao trabalho desempenhado pela imprensa. ‘‘É uma honra ter recebido essa homenagem do Governo, por meio da Polícia Militar, em reconhecimento do trabalho desempenhado não só por mim, mas por toda a Secom, que tem se empenhado em divulgar as ações da corporação que tem um leque de atividades, que engloba a própria segurança da sociedade, assim também como ações sociais, educativas e de consciência ambiental. Essa homenagem é grandiosa para mim como jornalista e como integrante da família Secom’’, considera Paulo Ricardo.

Ainda receberam a mesma condecoração Joelma Rodrigues da Silva, o conhecido apresentador de programas policiais da capital rondoniense, Dalton Di Franco e a jornalista Maríndia Moura.‘‘Nós somos formadores de opinião, então a nossa responsabilidade sempre é muito grande, pois colocamos no ar através da TV, rádio ou mesmos nos sites a verdade, mesmo que seja o que não querem ouvir, pois o nosso papel é mostrar o que realmente está acontecendo, sem acrescentar nada, sem opinião própria, apenas reportar, transmitir o que recebemos de informação. Considero essa homenagem no Dia da Liberdade de Imprensa especial, fiquei muito honrada, feliz e emocionada’’, considera Maríndia.

Leia Também:  #PORTOVELHO: Transporte coletivo apenas  R$ 1 no “Domingão do CDL”

IN MEMORIAN

Na cerimônia houve a entregada medalha de honra ao Mérito de Comunicação Social in Memorian ao Luis Antônio de Oliveira, filho da jornalista Cléo Subtil; ao Solano Ferreira que representou o jornalista Marcelo Benesby, e ao Léo Ladeia, representando o historiador, economista e jornalista Anísio Gorayeb.

O estudante Luis Antônio de Oliveira destacou o orgulho ao receber a homenagem de reconhecimento ao legado deixado pela mãe, a jornalista Cléo Subtil

O estudante Luis Antônio de Oliveira destacou o orgulho ao receber a homenagem de reconhecimento ao legado deixado pela mãe, a jornalista Cléo Subtil, com quem aprendeu a importância do papel social da imprensa. ‘‘Minha mãe sempre teve orgulho e honrou a profissão, sempre defendeu o exercício da liberdade de imprensa e ficamos muito felizes com a homenagem, pois demonstra o quanto ela era respeitada e reconhecida. É uma saudade muito grande dela e é sempre bom saber o quanto ela era querida’’.

Léo Ladeia também destacou a alegria do reconhecimento feito ao amigo Anísio Gorayeb e falou sobre a missão especial que a imprensa exerce na sociedade. ‘‘Nós da imprensa de Rondônia construímos uma relação respeitosa entre órgãos de segurança. A imprensa analisa os fatos para divulgar só o que é real. E a liberdade de imprensa é algo construído todos os dias e necessária para nossa democracia. Fico feliz com a homenagem ao meu querido amigo, Anísio Gorayeb, e com o reconhecimento dado à imprensa pela Polícia Militar’’.

Ainda somaram à lista de homenageados demais jornalistas e proprietários de veículos de imprensa, assim também como militares pelo apoio à comunicação social.

LIVRO ‘‘A GUARDA TERRITORIAL’’

A entrega das medalhas foi acompanhada do lançamento do livro  ”A Guarda Territorial”, de autoria do capitão PM Tarciso Pereira da Silva Júnior, que destacou o orgulho de contar sobre a origem da Polícia Militar e contribuir, desta maneira, para que a a população entenda cada vez mais o valor da instituição.

A obra, além de contar a origem da Polícia Militar de Rondônia, destaca a presença de militares na amazônia rondoniense, as organizações militares precursoras da guarda territorial, as atribuições da Guarda Territorial, a transformação da Guarda Territorial em Polícia Militar e ainda traz informações sobre os pioneiros da guarda territorial.

Fonte: Governo RO

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Rondônia

Palestra sobre efeitos e riscos das drogas entre jovens alcança duas mil visualizações em live da Seduc

Publicados

em


Um dos destaques mencionados na palestra pelo juiz foi em relação ao comportamento indicativo do uso de droga

O Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), em parceria com o Conselho Estadual de Políticas Públicas sobre Drogas (Conepod) trouxe um assunto de relevância para o público jovem: do uso do álcool às drogas sintéticas, efeitos e riscos do consumo, através de uma live transmitida na manhã desta quarta-feira (23), pelo canal da Medicação Tecnológica e ministrada pelo juiz de Direito da Comarca de Porto Velho, Flávio Henrique de Melo.

A palestra foi mediada pela professora Edna Carla Neves do Amaral Batista e contou com a participação de estudantes e a sociedade em geral de diferentes municípios do Estado, a exemplo de Rolim de Moura, Ji-Paraná, Espigão Do Oeste, Ouro Preto do Oeste, Cacoal, Mirante da Serra, Pimenta Bueno, entre outros. A live obteve resultados positivos, uma vez que chegou ao alcance de mais de duas mil visualizações pelo canal da Mediação Tecnológica.

A ação faz parte da programação alusiva à Semana Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas, com o propósito de conscientizar estudantes, familiares e comunidade em geral sobre a prevenção do uso indevido de drogas. A live também abrangeu o uso e o tráfico, além da vulnerabilidade da adolescência e suas consequências quanto ao consumo, efeitos de curto e longo prazo, riscos e consequências para a saúde física e mental dos adolescentes.

Leia Também:  Presidente Laerte Gomes é recebido na Câmara de Vereadores de Vale do Anari

A articulação e mobilização com os municípios e escolas de Rondônia vêm ao encontro das diretrizes da Lei Estadual nº 2.148 de 03 de setembro de 2009 que institui o Dia Estadual de Conscientização e Combate às Drogas na Escola e ao Decreto Estadual nº 17.361 de 05 de dezembro de 2012, que instituiu a criação do Comitê Permanente de Observação e Orientação aos Projetos de Prevenção às Drogas nas Escolas para desenvolverem atividades voltadas ao tema.

A chefe do Núcleo de Saúde Escolar da Seduc, Vitória Régia Mustafá, explicou que o Governo de Rondônia está intensificando ações de enfrentamento ao uso indevido de drogas e para isso, elaborou a programação da Semana de Prevenção às Drogas, iniciado no último dia 21. Dentro das ações planejadas pelo Conselho, cada dia há uma atividade diferenciada, a exemplo da live ocorrida nesta quarta-feira. Essa temática já é desenvolvida pelas escolas do Estado e a programação da semana nacional vem para fortalecer essa conscientização e ações de prevenção.

“As drogas continuam sendo um problema que atinge toda a sociedade e não podemos ignorar a vulnerabilidade da juventude em relação a isso. A Seduc procura tratar essa temática com seriedade, buscando transmitir esclarecimentos para que a comunidade escolar possa ter acesso a essas informações no intuito de tentar diminuir os índices alarmantes de problemas relacionados às drogas. A Seduc parabeniza e apoia a iniciativa do Conselho de Políticas Públicas Sobre Drogas pela realização dessa programação, visando melhorar esse cenário, ainda muito preocupante e presente na sociedade”, enfatizou Vitória.

Leia Também:  Governo de Rondônia garante avanço no entendimento entre indústrias de laticínios e produtores do setor leiteiro

TRABALHO SOCIAL

Para o ministrante, juiz Flávio Henrique de Melo, o propósito maior da palestra é trazer algumas reflexões e despertamento para a sociedade. “Não há mais como combater às drogas sem fazer um trabalho social junto à família, de conscientização quanto ao assunto e com isso, formamos multiplicadores do bem”, declarou.

Um dos destaques mencionados na palestra pelo juiz foi em relação ao comportamento indicativo do uso de drogas. Foram descritas algumas características desse comportamento que demonstram a necessidade de atenção especial por parte dos pais e educadores, como, por exemplo, a queda do rendimento escolar, irritabilidade em excesso que pode estar ligado à abstinência, oscilações de humor, mudanças de hábitos alimentares, insônias, amizades suspeitas.

PROGRAMAÇÃO

A programação da Semana Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas encerra no próximo sábado (26), às 16h, no espaço alternativo de Porto Velho, com palestra e oficina de atendimento médico, em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) e estudantes. Também haverá caminhada em prol da campanha, entrega de brindes, sorteios e o adesivaço.

A ação também conta com outros parceiros como: Secretaria de Estado da Justiça (Sejus), Secretaria de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec), Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), Tribunal de Justiça (TJ-RO), Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Polícia Federal (PF), Polícia Militar (PM) e Departamento Estadual de Trânsito (Detran).

Fonte: Governo RO

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA