PORTO VELHO

Rondônia

Obras de infraestrutura dos Projetos “Tchau Poeira” e “Governo na Cidade” avançam no município de Rolim de Moura

Rondônia

Ao todo serão 45,3 quilômetros de recapeamento com sinalização horizontal e mais 11,2 quilômetros de pavimentação nova do Projeto Tchau Poeira

As ações municipalistas do Governo de Rondônia têm levado melhorias e qualidade de vida para os rondonienses. O Departamento Estadual de Estradas de Rodagem e Transportes – DER, por meio do Projeto “Tchau Poeira”, em Rolim de Moura já entregou mais de 11 quilômetros de recapeamento asfáltico em Concreto Betuminoso Usinado a Quente (Cbuq) com sinalização horizontal em ruas e avenidas no perímetro urbano. Ao todo serão 45,3 quilômetros de recapeamento com sinalização horizontal.

O “Tchau Poeira” foi criado com o objetivo de asfaltar, recuperar e sinalizar vias públicas urbanas nos 52 municípios. A contrapartida das prefeituras é a elaboração do projeto que determina quais vias urbanas serão beneficiadas. Já o investimento de mais de R$ 600 milhões, é recurso próprio do Poder Executivo Estadual, fruto da economia gerada pela atual gestão. Só em Rolim de Moura, o Governo de Rondônia investe no projeto “Tchau Poeira”, mais de R$ 20 milhões de reais.

Segundo a engenheira civil do DER, Patrícia Soares, as vias recapeadas receberam os serviços de pintura. “São novas faixas de eixo central, bordas laterais da pista e pintura nos redutores de velocidade (quebra-molas). A sinalização horizontal orienta os condutores a não cometerem infrações de trânsito, e ao mesmo tempo evitam acidentes”, explicou.

Ruas e avenidas recapeadas recebem sinalização horizontal

Conforme o especialista em sinalização do DER, o servidor Jairo Franco de Lima, a tinta utilizada é de primeira linha, a base de resina com pigmentos de acrílico tipo epoxi, específica para pintura da sinalização horizontal. “É uma tinta super aderente, com secagem rápida, em conjunto com microesfera de vidro para sinalização viária que garante o brilho”, relatou.

Leia Também:  TJRO divulga edital para VI Concurso Extrajudicial

O gerente da 4ª Usina de Asfalto do DER, Thiago Moreira, esclarece que nessa primeira etapa do projeto “Tchau Poeira”, o município de Rolim de Moura recebe aproximadamente 18 quilômetros de recapeamento. “Os serviços são executados diretamente pelas equipes das usinas de asfalto do DER. Já foram entregues mais de 11 quilômetros de recapeamento com sinalização horizontal. Faltando aproximadamente 7 quilômetros para finalizarmos essa etapa de trabalho do Tchau Poeira”, ponderou.

De acordo com o diretor-geral do DER, Eder André Fernandes Dias, o município também é contemplado com mais 11,2 quilômetros de asfalto novo. “O recurso no valor de quase R$ 6 milhões de reais, contemplará ruas e avenidas escolhidas pela Administração Municipal com pavimentação nova, eliminando a poeira e a lama da porta das casas. Além disso, o Governo de Rondônia realizou o convênio para repasse do recurso de mais de R$ 8,5 milhões de reais para o recapeamento asfáltico de mais 27,5 quilômetros de vias urbanas”, concluiu.

Asfalto é totalmente revitalizado

O titular da pasta destaca que as ações municipalistas do Governo de Rondônia também acontecem no anel viário do município. “A avenida São Paulo, rua Urupá, travessas Relíquia e Esperantina serão todas recuperadas conforme Termo de Cooperação assinado. A recuperação do anel viário é um trabalho conjunto com a prefeitura, responsável pelo tratamento de sub-base, base e instalação de drenagem. Alguns trechos da avenida São Paulo e Esperantina já foram recuperados, inclusive com a aplicação da nova capa asfáltica em Cbuq”, disse Dias.

Leia Também:  Porto Velho: Prefeitura continua entregando kits de alimentação

“O recapeamento asfáltico, é a revitalização do pavimento com uma nova camada de Cbuq de aproximadamente 5 centímetros. Essa ação evitará que a prefeitura gaste recursos para recuperação das ruas fazendo tapa-buracos, podendo investir recursos em outros setores, ou até mesmo em nova pavimentação”, ressaltou o governador de Rondônia, Marcos Rocha.

O governador lembra que o município foi beneficiado recentemente com a construção de uma ciclovia na RO-479, em Rolim de Moura, saída para a BR-364. “A ciclovia se estende até o quilômetro 15, com três metros de mão dupla para os ciclistas e aproximadamente dois metros de acostamento para os veículos. Uma obra importante para segurança dos mais de 500 ciclistas do município”, frisou o chefe do Executivo Estadual.

A estudante de odontologia, Juliane Mesquita, parabenizou o Governo de Rondônia pelos investimentos em Rolim de Moura. “Há anos que Rolim de Moura não recebia investimentos. Hoje os rolimourenses agradecem ao governador Marcos Rocha pelos investimentos na Educação, Saúde e também na infraestrutura. O recapeamento deixa a cidade mais bonita e segura, isso fomenta a economia do município que possui uma das melhores praças de alimentação e rede hoteleira do Estado”, disse.

GOVERNO NA CIDADE

Os investimentos do Governo de Rondônia em Rolim de Moura não param. A capital da Zona da Mata, também é beneficiada com o projeto “Governo na Cidade”. Serão quase R$ 3,5 milhões de reais em obras de infraestrutura.
Ações municipalistas que visam a revitalização da Praça da Cohab no Bairro Boa Esperança. Construção de dois novos portais de entrada da cidade e a reforma e ampliação do Centro de Convivência do Idoso.

Fonte: Governo RO

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Rondônia

82,3% das viagens dos rondonienses foram por motivos pessoais

Publicados

em

O suplemento de Turismo da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua) mostra que, em 2021, das 68 mil viagens feitas por rondonienses, 82,3% foram por motivos pessoais e 17,7% por motivos profissionais. Os percentuais são semelhantes aos apresentados em 2019: 80,5% por motivos pessoais e 19,5% por motivos profissionais.Por local de hospedagem, a casa de amigo ou parente foi a principal instalação, representando 45,9% das viagens ocorridas em 2021. Em todo o Brasil, a casa de amigo ou parente também foi a principal acomodação, sendo 42,9% de todas as viagens.A pesquisa aponta também que, das viagens realizadas pelos rondonienses por motivo pessoal, 23 mil (42,1%) foram para visita ou eventos de familiares e amigos, 17 mil (30,3%) para tratamento de saúde ou consulta médica, dez mil (18,1%) para lazer e cinco mil (9,4%) tiveram outros motivos.Ao comparar as informações da pesquisa nos anos de 2019 e 2021, percebe-se que as viagens com carro particular ou da empresa passaram a corresponder a mais da metade dos veículos utilizados. Em 2019, as viagens com carro particular ou de empresa representaram 36% do total. Já em 2021, este percentual foi de 56,8%.Em relação ao número de domicílios em que houve viagem, a PNAD Contínua aponta que, no ano de 2019, ocorreram viagens em 17,4% dos domicílios rondonienses enquanto que, em 2021, este índice foi de 9,3%.Nos domicílios em que nenhum morador viajou em 2021, foi questionado sobre o motivo, sendo que os mais recorrentes foram: não ter necessidade (29,1%), não ter dinheiro (19,7%) e não ser prioridade (19,3%). Estes índices foram diferentes dos indicados em 2019: em 43,5% dos domicílios que nenhum morador viajou o motivo foi por não ter dinheiro; 17,5% não ter tempo e 17,5% não ter necessidade. 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA