PORTO VELHO

Rondônia

Rondônia segue na liderança das duas principais ferramentas de transparência no enfrentamento à covid-19

Rondônia

 

Ranking Transparência internacional Brasil Rondônia foi o único Estado a ter nota 100 e no Open Knowledge Brasil

 

O Governo de Rondônia, por meio da Superintendência Estadual de Comunicação (Secom) vem aperfeiçoando a metodologia adotada pela comunicação institucional como um todo, mas em especial, no que diz respeito ao enfrentamento à covid-19. Na avaliação das duas principais ferramentas de transparência no combate à pandemia no Brasil, Rondônia segue na liderança do ranking, com 100 pontos, desde setembro de 2020.

No ranking Transparência Internacional-Brasil, Rondônia foi o único Estado a obter nota 100 e no Open Knowledge Brasil, também está em primeiro lugar ao lado de Alagoas, Ceará e Espírito Santo com índice considerado ótimo. De acordo com a superintendente estadual de comunicação Rosângela Silva Castelo “a transparência pública hoje é a ferramenta mais eficaz contra a corrupção. A gestão pública transparente ajuda a sociedade a acompanhar a administração dos recursos, participar da tomada de decisões, fiscalizar e cobrar a aplicação correta dos recursos”, ressalta a superintendente.

O boletim visual e o banner covid-19 são publicados diariamente pela Secom

METODOLOGIA

Para chegar ao resultado apresentado no ranking, os pesquisadores levam em conta todas as informações apresentadas em sites oficiais e nas redes sociais governamentais avaliados. Entre os dados estão as contratações emergenciais, doações e medidas de estímulo econômico e proteção social. A escala vai de 0 a 100, sendo que os mais transparentes são aqueles que mais se aproximam da nota máxima, como é o caso de Rondônia. A falta de transparência prejudica o atendimento básico de saúde. A corrupção pode afetar também as tentativas dos governos de estimular a economia e ajudar as famílias em situação vulnerável.

FERRAMENTAS

Todas as informações governamentais sobre a evolução da covid-19 no Estado, bem como notícias diárias envolvendo medidas de enfrentamento ao coronavírus são publicadas diariamente de forma atualizada no Portal do Governo do Estado. Segundo a Coordenadoria de Estratégia e Publicidade e Promoção (Cepp), setor responsável pela produção de conteúdos digitais, a Secom disponibiliza ao público vários produtos de comunicação, elaborados especificamente para que a sociedade civil, imprensa e os órgãos de controle tenham acesso fácil, completo e rápido as informações sobre o avanço dos casos, e também, ações de contratações emergenciais e demais projetos relacionados a covid-19.

Leia Também:  Plenário decide que vacinação compulsória contra Covid-19 é constitucional

BOLETIM E BANNER COVID-19

O Boletim no formato de matéria jornalística é publicado no portal do Governo de domingo a domingo. O formato completo atende à imprensa e também à sociedade civil, pois além dos dados do dia, faz um comparativo no período das últimas 24 horas. Já no boletim no formato banner post, publicado nas redes sociais oficiais do Governo de Rondônia,  O formato visual, contém um resumo dos principais dados epidemiológicos e sanitários, complementa as informações do boletim publicado no portal e atende tanto à imprensa quanto à população, por ser um formato mais fácil de visualizar.

O painel interativo traz informações relacionadas à covid-19 em Rondônia

PORTAL COVID-19
É um site especial criado pelo Governo ainda no início da pandemia que reúne todas as informações sobre a covid-19. Por meio dele tanto a imprensa, quanto os órgãos de controle, quanto a população podem visualizar os arquivos em formato PDF dos relatórios da sala de situação, as notas técnicas, os planos de contingência e de imunização, entre tantos outros documentos educativos e institucionais sobre a atuação do Poder Executivo no enfrentamento ao coronavírus.

Leia Também:  CMN amplia limite de empréstimos para estados e municípios

PAINEL COVID
É um aplicativo da web, no estilo hotsite, onde a população, imprensa e órgãos de controle nacionais e internacionais, podem visualizar em tempo real, a atualização dos dados epidemiológicos e sanitários. Os dados gerais sobre a vacinação, leitos e muito mais. É um painel intuitivo e dinâmico, gerido pela Coordenadoria de Tecnologia da Informação (CTI) da Sesau, e divulgado constantemente nos materiais produzidos pela Secom, tanto no Portal, quanto nas redes sociais.

PORTAL TRANSPARÊNCIA COVID-19
É um conteúdo fixo, que é publicado toda semana geralmente às segundas-feiras, com o mesmo conteúdo divulgado no Portal da Transparência da covid-19  onde são divulgados os gastos Estaduais específicos de combate ao coronavírus conforme art. 5º da Portaria nº 63/20/Cge-Gab, seguindo a sugestão da própria Controladoria Geral do Estado (CGE), por meio do programa rondoniense de fortalecimento ao controle social (Profocos).

O programa rondoniense de fortalecimento ao controle social foi criado pela Controladoria Geral do Estado

Neste produto podem ser acessadas diariamente informações das contratações diretas sem licitação, quando estas ocorrerem, em razão da emergência e/ou calamidade pública motivadas pelo coronavírus, acompanhamento dos chamamentos públicos e demais informações referentes à pandemia em todo o Estado de Rondônia.

“Com todos esses produtos a população pode sempre acompanhar tudo o que o Governo do Estado está fazendo no enfrentamento à covid-19. Só assim conseguiremos reduzir os riscos de corrupção e desvios. Cada centavo importa para salvar vidas e empregos, além de ajudar as pessoas que mais precisam neste momento de crise”, enfatizou a superintendente Rosângela Silva Castelo.

Ainda de acordo com a superintendente, o cidadão rondoniense pode e deve acompanhar as publicações e ainda participar da transparência proativa se cadastrando para receber as atualizações. Para isso basta informar nome e e-mail para receber informações sobre d

* contém áudio para rádios

Fonte: Governo RO

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Rondônia

Última paciente que estava em tratamento da covid-19 fora do Estado de Rondônia recebe alta hospitalar

Publicados

em


Dona Maria foi a última paciente transferida pelo Governo de Rondônia para outro estado

Maria das Graças dos Santos Gonçalves, de 66 anos, foi recebida com festa e muita emoção por seus familiares após passar 81 dias internada e 32 na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital São Francisco de Assis da Providência Divina, no Rio de Janeiro. A paciente saiu intubada da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da zona sul em Porto velho, em 14 de fevereiro, com o estado de saúde agravado.

A filha, Marinete Gonçalves, acompanhou a mãe durante todos esses dias. “Foi muito difícil, fiz promessa, cortei o cabelo. Os médicos achavam que ela não iria conseguir, mas nunca perdi a esperança de ver minha mãe de volta a nossa casa. O momento mais feliz foi quando ela acordou da intubação. O médico fez uma ligação de vídeo e ela ficou surpresa ao me ver. A mamãe é um milagre de Deus”, disse emocionada.

Seu José, a filha Marinete e seus familiares recebem Maria com alegria

No mesmo hospital estavam mais quatro pacientes de Rondônia. “Eu orei não só pela minha mãe, mas por todos que estavam na mesma UTI, inclusive as pessoas do Estado”, explicou Marinete.

Leia Também:  1ª Vara da Fazenda determina suspensão do pagamento de aposentadoria e pensões a ex-governadores e dependentes

Maria é casada com José Ribeiro Gonçalves, de 66 anos, ambos tem nove filhos. O esposo foi acometido com a mesma doença. José foi internado no Hospital de Campanha de Rondônia (HCamp), no mesmo período. “Meus pais adoeceram num momento em que o Estado estava com as UTIs lotadas. Meu pai ficou internado em Porto Velho e foi muito bem cuidado, logo ficou curado. Minha mãe foi para fora do Estado, mas sou grata por isso também. A equipe de Governo não mediu esforços para salvar a vidas deles. Meu sentimento é de gratidão a todos”, enfatizou Marinete.

Após o tratamento no Rio de Janeiro, Maria continuará sendo acompanhada pelo Serviço de Assistência Multidisciplinar Domiciliar (Samd) oferecido pelo Governo de Rondônia. “Essa paciente ficou 32 dias intubada e teve trombose. A mesma terá um acompanhamento médico em sua residência através do Samd, com médicos, enfermeiros, fisioterapias e toda uma equipe multidisciplinar para cuidar da paciente”, disse o secretário de Estado da Saúde (Sesau), Fernando Máximo.

Leia Também:  #PORTOVELHO: Multas contra queimadas podem chegar a R$ 7 milhões

Máximo detalhou ainda que “Maria foi a 116ª paciente transferida para outro estado que voltou curada da covid-19. O governador Marcos Rocha pediu para que fizéssemos o máximo para salvar o maior número de vidas possíveis. Começamos a pedir ajuda de outros estados, e graças a Deus conseguimos salvar 116 vidas”.

Dos 161 pacientes transferidos, 116 retornaram para casa, com alta hospitalar. Nove cidades receberam os pacientes rondonienses, são elas: Campo Grande (MS), Canoas (RS), Cuiabá (MT), Curitiba (PR), Goiânia (GO), Manaus (AM), Porto Alegre (RS), Rio de Janeiro (RJ) e Vitória (ES).

Fonte: Governo RO

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA