PORTO VELHO

Rondônia

Seagri destaca potencial das cadeias produtivas de Rondônia no “Caminho da Produção” durante a Rondônia Rural Show

Rondônia

Durante a feira, os visitantes terão a oportunidade de conhecer o “Caminho da Produção”, preparado pela Seagri

Nesta segunda-feira (23) começa a maior feira de agronegócio e tecnologia da região Norte, a Rondônia Rural Show Internacional. Durante a feira, os visitantes terão a oportunidade de conhecer o “Caminho da Produção”, preparado pela Secretaria de Estado da Agricultura – Seagri, com o intuito de mostrar o potencial das cadeias produtivas de Rondônia.  Serão seis dias de muitas atividades voltadas para os produtores de Rondônia.

Dentro do “Caminho da Produção” serão realizados workshops de forma rápida e dinâmica, visando atender os visitantes que passarem pelo local em diversos horários. Entre as atividades que serão apresentadas estão: exposição de animais, degustação de queijos, degustação de drinks a base de café, degustação de chocolate, capacitação técnica, workshops de café, cacau, leite e de peixe, 3ª Rondoleite, 1º Conqueijo, Talk Show, entre outros.

De acordo com a coordenadora de Desenvolvimento Agropecuário (CDAP), Carolina Parra, uma equipe de técnicos da Seagri estará na feira para atender, auxiliar e apresentar aos visitantes presentes as ações da secretaria e as novidades tecnológicas.

“No estande da Seagri nós iremos oferecer algumas atividades dinâmicas, de no máximo 20 minutos.  No “Caminho da Produção” os visitantes terão a oportunidade de conhecer e degustar vários produtos do agro produzidos em Rondônia, como por exemplo, queijos, iogurtes, chocolates, drinks, além de participar dos workshops para saber mais sobre a produção, processo e preparo de café, cacau, queijo e receitas com peixes amazônicos”, disse.

WORKSHOP DE CAFÉ

No “Caminho da Produção” será oferecido um Workshop de Café, com o intuito de informar tudo sobre o grão, tipos e qualidades, produção e preparos. Também acontecerá uma oficina de preparo de cafés especiais, com degustação no final para quem participar. Um profissional barista, especialista em cafés, fará a apresentação e ensinará como preparar um bom café.

Leia Também:  Inscrições para Processo Seletivo Simplificado do Programa “Amigo Voluntário do Educando” começam na terça-feira, 19

WORKSHOP DE CACAU

Os produtores poderão participar do Workshop de Cacau, que mostrará como fazer a classificação de amêndoas de cacau para o preparo de chocolates finos e torra e preparo de NIBs, que são pequenos fragmentos fermentados, secos e torrados da amêndoa do cacau. Quem participar vai poder degustar o chocolate direto da fonte.

WORKSHOP DE PEIXE

Será ensinado, por um especialista, como fazer a filetagem de peixe, além de várias receitas à base de peixe

Os visitantes vão conferir dentro da área da Seagri um Workshop especial sobre peixe. No local será ensinado, por um especialista, como fazer a filetagem de peixe, além de várias receitas à base de peixe como hambúrguer de peixe e preparo de ceviche a base de peixes amazônicos. Serão expostas no local várias espécies de peixes amazônicos.

WORKSHOP DE LEITE

Outra atração no “Caminho da Produção” será o Workshop de Leite, espaço reservado onde será exposto a produção de queijo artesanal e preparo de drinks a base de leite. Os visitantes terão a oportunidade de conhecer mais sobre a produção de queijos e degustar uma variedade de queijos produzidos no estado.

3ª RONDOLEITE

O público também poderá conferir a exposição de animais e participar da avaliação racial de animais, que acontecerá dentro da 3ª Rondoleite, durante a Rondônia Rural Show Internacional. O produtor terá a oportunidade de aprender como selecionar o melhor animal matriz para fazer a reprodução e conhecer as novas tecnologias voltadas para o setor.

A 3ª Rondoleite irá proporcionar aos pecuaristas diversas oportunidades de conhecimento acerca do tema que tem alavancado a economia do Estado. Todos os atores da pecuária leiteira terão a oportunidade de participar de discussões sobre as novidades, tecnologia, melhoramento genético, exposição de animais, debates sobre a cadeia produtiva.

Durante a Rondoleite será realizado o 4º Fórum Rondoniense para manutenção da zona livre de febre aftosa sem vacinação e palestra sobre como reagir frente às mudanças ou agir para garantir os resultados na pecuária.

Leia Também:  MPF abre segundo processo seletivo de serviço voluntário para estudantes e profissionais Inscrições poderão ser realizadas até o dia 24 de setembro de 2021

1º CONQUEIJO

Dentro da programação da 3ª da Rondoleite ocorrerá a 1ª edição do Concurso de Qualidade de Queijos de Rondônia – ConQueijo, que visa promover a qualidade e valorização das produções queijeiras das agroindústrias familiares e dos estabelecimentos agroindustriais de pequeno porte de leite e derivados.

Durante o concurso, ocorrerá a capacitação de 15 técnicos onde terão a oportunidade de aprender a fazer a análise sensorial dos queijos. Os cinco técnicos que se destacarem serão escolhidos, como jurados oficiais, para fazer a avaliação dos queijos participantes do concurso. Após essa fase, no dia 25 de maio, será feito a avaliação dos queijos concorrentes do ConQueijo durante todo o dia. No dia 28 de maio, às 9h, ocorre a cerimônia de entrega dos ganhadores do ConQueijo e homenagem a personalidades da cadeia produtiva do leite e queijo.

TALK SHOW

A Seagri realizará no dia 24 de maio um Talk Show com mulheres destaques no agronegócio de Rondônia. Será um encontro com as mulheres do agro que se dedicam diariamente no desenvolvimento das cadeias produtivas no Estado. O momento será dinâmico e descontraído, uma troca de conhecimento.

O Talk Show será mediado pela secretária da Secretaria de Assistência Social (Seas) e primeira-dama de Rondônia, Luana Rocha, e contará com a participação de três mulheres que hoje são destaques no agronegócio de Rondônia, além da coordenadora da feira, Regiane Lucas.

AÇÕES

Dentro da feira, a Seagri também irá fazer uma apresentação do Programa Nacional Crédito Fundiário – Terra Brasil, que visa oferecer condições para que os trabalhadores rurais sem terra ou com pouca terra possam adquirir um imóvel rural por meio de um financiamento.

Também ocorrerá a apresentação da Plataforma de Governança Territorial – PGT/INCRA, reunião do Conselho Estadual dos Secretários de Agricultura de Rondônia (Consemagri) e reunião “Mais Leite” com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Fonte: Governo RO

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Rondônia

82,3% das viagens dos rondonienses foram por motivos pessoais

Publicados

em

O suplemento de Turismo da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua) mostra que, em 2021, das 68 mil viagens feitas por rondonienses, 82,3% foram por motivos pessoais e 17,7% por motivos profissionais. Os percentuais são semelhantes aos apresentados em 2019: 80,5% por motivos pessoais e 19,5% por motivos profissionais.Por local de hospedagem, a casa de amigo ou parente foi a principal instalação, representando 45,9% das viagens ocorridas em 2021. Em todo o Brasil, a casa de amigo ou parente também foi a principal acomodação, sendo 42,9% de todas as viagens.A pesquisa aponta também que, das viagens realizadas pelos rondonienses por motivo pessoal, 23 mil (42,1%) foram para visita ou eventos de familiares e amigos, 17 mil (30,3%) para tratamento de saúde ou consulta médica, dez mil (18,1%) para lazer e cinco mil (9,4%) tiveram outros motivos.Ao comparar as informações da pesquisa nos anos de 2019 e 2021, percebe-se que as viagens com carro particular ou da empresa passaram a corresponder a mais da metade dos veículos utilizados. Em 2019, as viagens com carro particular ou de empresa representaram 36% do total. Já em 2021, este percentual foi de 56,8%.Em relação ao número de domicílios em que houve viagem, a PNAD Contínua aponta que, no ano de 2019, ocorreram viagens em 17,4% dos domicílios rondonienses enquanto que, em 2021, este índice foi de 9,3%.Nos domicílios em que nenhum morador viajou em 2021, foi questionado sobre o motivo, sendo que os mais recorrentes foram: não ter necessidade (29,1%), não ter dinheiro (19,7%) e não ser prioridade (19,3%). Estes índices foram diferentes dos indicados em 2019: em 43,5% dos domicílios que nenhum morador viajou o motivo foi por não ter dinheiro; 17,5% não ter tempo e 17,5% não ter necessidade. 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA