PORTO VELHO

TJ RO

Comarcas do interior aderem à campanha “Adote o futuro”

TJ RO

A foto mostra várias pessoas retirando mudas pequenas de árvore de trás de uma camionete

A ação foi  vinculada ao projeto “Colhendo Sementes, Construindo Viveiros, Plantando Florestas”

 

A campanha “Adote o futuro”, desenvolvida pela Ecoliga, rede de cooperação e colaboração dentre órgãos públicos para o desenvolvimento sustentável, encontrou solo fértil na iniciativa “Colhendo Sementes, Construindo Viveiros, Plantando Florestas”, projeto que envolve várias comarcas do interior do Estado.

Entre os dias 21 e 22 de setembro, serão doadas mudas de espécies florestais cedidas pelos viveiros de Ji Paraná e Ouro Preto do Oeste, em alusão ao Dia da Árvore, nos municípios de  Rolim de Moura, Alvorada d’Oeste, Presidente MéA foto mostra a traseira de uma camionete cheia de pequenas mudas de árvore dici, Santa Luzia d’Oeste, Ji-Paraná, Cacoal, Ouro Preto do Oeste e Alta Floresta d’Oeste.

O projeto “Colhendo Sementes, Construindo Viveiros, Plantando Florestas”, idealizado pelo juiz Maximiliano Deitos, da Comarca de Ji-Paraná,  busca reduzir os impactos ambientais com a promoção de ações sustentáveis.

Tem a parceria com 12 municípios e diversos órgãos públicos e iniciativa privada (Polícia Rodoviária Federal, Polícia Ambiental, Ministério Público, ERGA/SEDAM de Ji-Paraná e Rolim de Moura, Embrapa, SEMMA/OPO, Unimed Centro Rondônia e Credip), que se comprometeram a construir ou revitalizar viveiros com capacidade em média de 40 mil mudas para restaurar áreas de lixões desativados (105 hectares), bem como recuperar as nascentes dos rios de bacias de abastecimentos públicos e áreas de matas ciliares (1.800 hectares em 3 anos) e urbanização, recebendo, em troca, doações de madeira oriundas de crimes ambientais (apreensão em depósito e pátios irregulares e transporte irregular), sementes, sacolinhas e sombrites. 

Leia Também:  Jacinópolis recebe operação Justiça Rápida Itinerante 

“As duas iniciativas têm uma convergência, por isso fizemos essa parceria em benefício de todos. Quem ganha é a população e o meio ambiente”, destacou o magistrado.

Assessoria de Comunicação Institucional 

Fonte: TJ RO

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

TJ RO

TJRO recebe estudantes da Associação Luz do Alvorecer

Publicados

em

luzAlvorecer2

O Tribunal de Justiça de Rondônia recebeu, nesta sexta-feira (30), os estudantes da Associação Luz do Alvorecer (Aluz). A instituição desenvolve programas sociais voltados para pessoas com vulnerabilidade econômica, por meio do acolhimento e oferta de ações educacionais, culturais e na área da saúde. 

Em parceria com o Senac, a instituição está oferecendo o curso de Operador de Computador para jovens e adultos, como uma oportunidade de formação profissional para que tenham mais chances no mercado de trabalho. Assim, como parte da grade curricular do curso de 196 horas, os estudantes visitaram a Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação – Stic, do Tribunal de Justiça de Rondônia.

luzAlvorecer

Recepcionados pelo diretor do Departamento de Serviços e Infraestrutura, Reginaldo Souza Gadelha, os estudantes puderam conhecer os setores e fazer perguntas aos servidores do departamento para entender como funcionam os sistemas do TJRO. “Para quem se interessa e se capacita, TI é uma área com alta demanda e que sempre precisa de mão de obra qualificada. Nesse sentido, a Associação está oferecendo uma excelente oportunidade profissional a esses jovens para facilitar a entrada deles no mercado de trabalho”, afirma Gadelha.

Leia Também:  Magistrados (as) do Tribunal de Justiça de Minas Gerais visitam Fórum Digital em Mirante da Serra

A Associação Luz do Alvorecer oferece toda a infraestrutura necessária para a realização do curso. “Temos como objetivo incentivar e contribuir para o desenvolvimento de vulneráveis sociais e econômicos, com o olhar voltado para a igualdade e justiça social. Além da formação profissional, estamos moldando indivíduos responsáveis e conscientes de seus deveres para com a sociedade e despertando, também, espírito empreendedor e de autogestão profissional”, afirma Melissa Cardoso, coordenadora do projeto.

luzAlvorecer3

Já o Senac disponibiliza o professor Jocelio Araújo e todo o conteúdo programático do curso, capacitando os alunos para instalação, configuração e operação de computadores em sistemas operacionais e softwares de internet. 

Natural de Cuba, Mário Sérgio era engenheiro hidráulico em seu país, porém ainda não conseguiu validar seu diploma para exercer a profissão no Brasil. O estudante viu no curso uma excelente oportunidade para ingressar no mercado de trabalho brasileiro. “Entrei no curso para melhorar meu currículo e conseguir mais oportunidades de emprego. A área da informática é muito demandada, acredito que se eu me empenhar nas aulas, logo conquistarei o meu objetivo”, avalia o estudante.

Leia Também:  TJRO vai promover audiência pública para licitação de sete fóruns digitais 

Assessoria de Comunicação Institucional

Fonte: TJ RO

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA