PORTO VELHO

Saúde

Confira mitos e verdades sobre diabetes gestacional

Saúde

Segundo a Sociedade Brasileira de Diabetes, cerca de 25% das mulheres grávidas desenvolvem o diabetes gestacional. A doença é caracterizada pelo aumento dos níveis de glicose no sangue durante a gravidez e o acesso à informação é fundamental para prevenir e tratar o diabetes gestacional.
Para entender mais sobre a doença, Dr Marcio Krakauer, Endocrinologista e Coordenador do Departamento de Tecnologia, Saúde Digital e Inovação da SBD tira as principais dúvidas.
Os sintomas são difíceis de serem identificados

Verdade. Assim como os outros tipos de diabetes, os sintomas são facilmente confundidos com outras doenças. Por esse motivo, é muito importante que o acompanhamento de pré-natal seja realizado da forma correta. São nessas consultas que se avaliam o nível de glicose e qualquer outra complicação.

Se tiver diabetes gestacional, o bebê nascerá com malformações congênitas

Mito. A má formação pode ser uma complicação do diabetes, porém isso pode acontecer quando a mãe já tenha sido diagnosticada com diabetes antes da gravidez e não tenha feito o tratamento da forma correta. Durante os últimos meses de gestação, quando pode ocorrer o diabetes gestacional, o bebê já passou pelo processo de formação e só está em fase de crescimento no útero.

Leia Também:  Boletim diário sobre coronavírus em Rondônia

É uma doença que não causa problemas para o bebê

Mito. Se o diabetes gestacional não for tratado, pode aumentar o nível de glicose no sangue do bebê. Isso leva à maior produção de insulina que o normal, fazendo com que a criança nasça com baixos níveis de glicose no sangue, podendo causar problemas respiratórios e a chance do desenvolvimento de diabetes tipo 2. Além do risco de aborto, crescimento indevido, excesso de líquido amniótico dentre outros riscos.

Após a gravidez o diabetes gestacional é curado naturalmente

Em parte. A maioria das mulheres apresentam normalização após o parto, mas uma parcela significativa permanece com diabetes (semelhante ao tipo 2) constantemente, e é recomendado observar os níveis de glicemia nos primeiros dias e orientar a manutenção de uma dieta saudável, evitando prescrição de dietas hipocalóricas e incentivando o aleitamento materno, que pode contribuir para a redução do risco de desenvolvimento de diabetes tipo 2 após a gestação. Caso ocorra hiperglicemia durante o período de amamentação, o uso de insulina é indicado. A tolerância à glicose deve ser reavaliada a partir de 6 semanas após o parto e medidas de adoção de estilo de vida saudável devem ser estimuladas.

Leia Também:  Ao vivo: Governo apresenta plano de vacinação contra covid-19

Existe uma forma de prevenir o desenvolvimento do diabetes gestacional

Verdade. Fazer escolhas saudáveis na hora da alimentação, além da prática regular de exercícios e a perda de peso para pessoas com sobrepeso ou obesidade podem ajudar na prevenção do diabetes e de outras doenças.

A gravidez tardia é um dos fatores de risco para o desenvolvimento da doença

Verdade. Mulheres que engravidam após os 35 anos de idade são consideradas um dos grupos de risco para a diabetes gestacional. Então é fundamental verificar os níveis de glicose e ter um acompanhamento pré-natal.
Sobre a Biomm

A Biomm tem a missão de desenvolver, produzir e comercializar biomedicamentos de competitividade global, com qualidade e acessibilidade. O foco da companhia está no desenvolvimento de medicamentos biológicos, acessíveis para tratamento de doenças crônicas no país. Com inovação em seu DNA, a companhia é pioneira no setor de medicamentos biotecnológicos no Brasil. Tem sede e fábrica em Nova Lima (MG). É listada na bolsa de valores (B3:BIOM3).

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Saúde

Edição 819 – Boletim diário sobre o coronavírus em Rondônia, mostra mais 03 óbitos

Publicados

em

Dos 417.108 casos de covid-19 confirmados em Rondônia, 114.068 são de Porto Velho

O Governo de Rondônia, por meio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde – Agevisa, Superintendência Estadual de Tecnologia da Informação e Comunicação – Setic e Secretaria de Estado da Saúde – Sesau, divulga balanço de dados referente aos casos de covid-19 no Estado.

Nesta quinta-feira (30) foram consolidados os seguintes resultados:

Casos confirmados – 417.108
Curados – 396.948 (95,16%)
Ativos – 12.914 (3,10%)
Óbitos – 7.246 (1,74%)
Pacientes internados na Rede Estadual de Saúde – 41
Pacientes internados na Rede Privada – 06
Pacientes internados na Rede Municipal de Saúde – 13
Pacientes internados na Rede Filantrópica – 00
Total de pacientes internados – 60
Pacientes em processo de regulação para leitos – 6
Testes Realizados – 1.203.529  (Dados do dia 28/06)
Aguardando resultados do Lacen – 50

População vacinada (dados de 30/06/2022)

População geral (Adulto e Infantil)
1ª dose – 1.298.085 (77,22%)
2ª dose + DU – 1.127.799 (67,09%)
3ª dose (reforço) – 423.598 (25,20%)
4ª dose (2ª dose reforço) – 60.959 (3,63%)
Dose adicional – 33.225 (1,98%)

População Infantil
1ª dose – 56.742 (29,81%)
2ª dose + DU – 23.224 (12,20%)
Dose de reforço – 93 (0,05%)
2ª dose de reforço – 20 (0,01%)
Dose adicional – 14 (0,01%)
Total de doses aplicadas: 80.093 (este total já está incluso no total geral)
Total geral de doses aplicadas: 2.943.666

– População adulta vacinável: 1.680.947
– População infantil vacinável: 190.328
Fonte: PNAD/IBGE.

* CoronaVac – 721.648
* AstraZeneca – 919.150
* Pfizer adulto – 1.430.910
* Pfizer pediátrica – 85.800
* Janssen – 64.400

Fonte: Painel de Vacinas

No Estado, os números de casos confirmados, recuperados e de óbitos, desde o primeiro registro em 20 de março de 2020 até hoje (30 de junho de 2022), por covid-19 são:

Leia Também:  Prefeito visita Butantan e avança nas tratativas para a compra da vacina
TOTAL DE CASOS EM RONDÔNIA – 30/06/2022
Município Casos Totais Óbitos Totais
Porto Velho 114.068 2.685
Ji-Paraná 33.040 657
Ariquemes 31.634 551
Cacoal 26.931 346
Vilhena 22.039 323
Rolim de Moura 12.468 207
Jaru 12.443 205
Pimenta Bueno 11.701 129
Buritis 11.267 102
Machadinho D’Oeste 9.870 130
Alta Floresta D’Oeste 8.216 81
Ouro Preto do Oeste 8.138 166
Espigão D’Oeste 6.773 90
Guajará-Mirim 6.205 243
Nova Mamoré 6.135 97
Presidente Médici 6.136 98
Candeias do Jamari 5.591 84
Cerejeiras 5.516 73
São Francisco do Guaporé 5.306 58
Nova Brasilândia D’Oeste 4.364 39
Colorado do Oeste 4.294 52
Cujubim 4.250 45
Costa Marques 3.889 44
Alto Paraíso 3.884 63
Monte Negro 3.855 38
São Miguel do Guaporé 3.533 64
Seringueiras 3.282 25
Campo Novo de Rondônia 2.947 28
Alvorada D’Oeste 3.068 40
Chupinguaia 2.775 27
Urupá 2.721 36
Vale do Anari 2.431 26
Alto Alegre dos Parecis 2.290 51
Itapuã do Oeste 2.248 20
Santa Luzia D’Oeste 2.163 26
Cacaulândia 1.928 17
Corumbiara 1.941 25
Mirante da Serra 1.881 17
Cabixi 1.774 22
Vale do Paraíso 1.680 27
Rio Crespo 1.448 13
Nova União 1.359 16
Theobroma 1.335 27
Novo Horizonte do Oeste 1.270 24
São Felipe D’Oeste 1.218 18
Ministro Andreazza 1.166 16
Governador Jorge Teixeira 1.141 22
Teixeirópolis 931 9
Parecis 851 10
Pimenteiras do Oeste 707 17
Primavera de Rondônia 559 7
Castanheiras 448 10
Total geral 417.108 7.246

Fonte: Vigilâncias Epidemiológicas dos municípios de Rondônia

Em Rondônia, nas últimas 24 horas foram registrados os seguintes resultados para covid-19:

ÚLTIMAS 24 HORAS
MUNICIPIOS CASOS CONFIRMADOS ÓBITOS
Porto Velho 41
Ji-Paraná 58
Ariquemes 342
Cacoal 134
Vilhena 138 1
Rolim de Moura 44
Jaru 38 1
Pimenta Bueno 16
Buritis 133
Machadinho D’Oeste 35
Alta Floresta D’Oeste 41
Ouro Preto do Oeste 15
Espigão D’Oeste 59
Guajará-Mirim 3
Nova Mamoré 14
Presidente Médici 16
Candeias do Jamari 16
Cerejeiras 6
São Francisco do Guaporé 16
Nova Brasilândia D’Oeste 12
Cujubim 8
Colorado do Oeste
Costa Marques
Alto Paraíso 36
Monte Negro 46
São Miguel do Guaporé 2
Seringueiras 3
Campo Novo de Rondônia 28
Alvorada D’Oeste 132
Chupinguaia 16
Urupá 11
Vale do Anari 38
Alto Alegre dos Parecis 1
Itapuã do Oeste
Santa Luzia D’Oeste 6
Caculândia
Corumbiara 11
Mirante da Serra
Cabixi
Vale do Paraíso 3
Rio Crespo 28
Nova União 24 1
Theobroma 32
São Felipe D’Oeste
Novo Horizonte do Oeste
Governador Jorge Teixeira 1
Ministro Andreazza 7
Teixeirópolis 2
Parecis
Pimenteiras do Oeste
Primavera de Rondônia 1
Castanheiras
Total geral 1.613 3
Leia Também:  Brasil chega este fim de semana às 100 mil mortes

ÚLTIMAS ATUALIZAÇÕES:

  • Nas últimas 24 horas foram registrados três (3) óbitos em Rondônia por covid-19, nas cidades de Vilhena, Jaru e Nova União.
  • A cidade de Guajará Mirim revisou seus números de óbitos e excluiu um caso, após verificar o erro de contagem;
  • Com a diminuição do número de casos de covid-19 em todos os municípios do Estado de Rondônia, as equipes das vigilâncias epidemiológicas municipais estão sendo desmobilizadas gradativamente nos finais de semana, acarretando a diminuição do numero de casos lançados ou mesmo a falta de lançamento de dados, em feriados e finais de semana, no sistema e-SUS VE, que é o sistema oficial do Ministério da Saúde utilizado pelo CIEVS/RO para divulgação dos dados diários.

Segundo a Agevisa, os dados são analisados diariamente pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde – Cievs/Agevisa, que acompanha também a investigação epidemiológica feita pelas equipes de Saúde nos municípios para checagem de dados.

Para informações detalhadas e relatórios na íntegra, acesse o Portal Coronavírus em Rondônia, por meio do endereço: coronavirus.ro.gov.br

Os dados de vacinação são adicionados ao sistema diretamente pelos municípios e são dinâmicos.

Para mais informações acerca da vacinação por grupos:
https://infoms.saude.gov.br/extensions/DEMAS_C19_Vacina_v2/DEMAS_C19_Vacina_v2.html

Fonte: Governo RO

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA