PORTO VELHO

Saúde

Covid-19 está em queda pela sétima semana seguida no Rio de Janeiro

Saúde

Pela sétima semana consecutiva, seguem em queda os indicadores precoces da covid-19 divulgados hoje (12) pela Secretaria de Estado de Saúde, com dados dos 92 municípios fluminenses.

A análise do Panorama Covid-19, divulgado semanalmente, considera os dados registrados na semana de 1° a 7 de agosto. Os atendimentos de casos de síndrome gripal nas unidades de Pronto Atendimento (UPAs) da rede estadual caíram 23% em relação à semana anterior, apresentando a menor média diária dos últimos dois meses.

Na semana de 25 a 31 de julho, a média diária de atendimentos nas UPAs foi de 212, sendo 156 de adultos. Já na semana de 1° a 7 de agosto, a média diária foi de 163 atendimentos, sendo 111 de adultos.

“Estamos retornando para o cenário zero do Plano de Contingência para Covid-19. Isso quer dizer que estamos com um cenário de queda sustentada em todos os indicadores precoces”, disse o secretário de Estado de Saúde, Alexandre Chieppe, que reforçou a necessidade de imunização: 

“Continuamos monitorando a doença e precisamos que a população faça a sua parte, retornando aos postos de saúde para completar o esquema vacinal e receber as doses de reforço.”

Testagem

As taxas de positividade de antígeno e RT-PCR mantêm a tendência de queda. Na primeira semana de agosto, foram realizados em média 3 mil testes de antígeno por dia, sendo a positividade de 7%. Em relação ao RT-PCR, foram analisados, em média, 330 exames por dia, com positividade de 5%.

Leia Também:  Covid-19: Rondônia com 59.620 casos e 1.217 mortes

Já na semana anterior, de 25 a 31 de julho, a positividade dos testes de antígeno estava em 10% e a dos exames de RT-PCR, em 7%.

Para consultar o número de internações, óbitos e taxa de cobertura vacinal, basta acessar o Painel de Monitoramento da Covid-19.

Edição: Denise Griesinger

Fonte: EBC Saúde

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Saúde

Covid-19: Brasil tem 4.996 casos e 51 mortes em 24 horas

Publicados

em

Dados divulgados pelo Ministério da Saúde nesta segunda-feira (3) indicam que o Brasil registrou, desde o início da pandemia, 686.371 mortes por covid-19. Segundo o boletim epidemiológico, número total de casos confirmados da doença é de 34.684.52.

Em 24 horas, foram registrados 4.996 novos casos. No mesmo período, foram confirmadas 51 mortes de vítimas do vírus. Ainda segundo o boletim, 33.875.877 pessoas se recuperaram da doença e 122.281 casos estão em acompanhamento.

Estados

De acordo com os dados divulgados, São Paulo lidera o número de casos, com 6,09 milhões, seguido por Minas Gerais (3,88 milhões) e Paraná (2,74 milhões). O menor número de casos é registrado no Acre (149,7 mil). Em seguida, aparece Roraima (175 mil) e Amapá (178,2 mil).

Em relação às mortes, de acordo com os dados mais recentes, São Paulo apresenta o maior número (174.854), seguido de Rio de Janeiro (75.695) e Minas Gerais (63.780). O menor número de mortes está no Acre (2.029), Amapá (2.163) e Roraima (2.173).

Vacinação

Até hoje, foram aplicadas 483,4 milhões de doses de vacinas contra a covid-19, sendo 179,8 milhões com a primeira dose e 161,3 milhões com a segunda dose. A dose única foi aplicada em 4,99 milhões de pessoas.

Leia Também:  Síndromes respiratórias se aproximam de menor patamar da pandemia

Edição: Valéria Aguiar

Fonte: EBC Saúde

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA