PORTO VELHO

Saúde

COVID-19 – Pessoas a partir de 45 anos começam a ser vacinadas nesta terça-feira (22)

Saúde

 

Para receber o imunizante é necessário realizar o cadastramento no aplicativo SASI e aguardar a confirmação de agendamento

4 mil doses devem ser aplicadas somente na terça-feiraPessoas a partir de 45 anos serão vacinadas contra a Covid-19 a partir desta terça-feira (22), em Porto Velho. O atendimento será feito mediante cadastro e agendamento no aplicativo SASI, da Prefeitura Municipal, no Campus I da Faculdade Uniron, no bairro Cascalheira, das 9h às 16h.

Segundo a Divisão de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), serão aplicadas doses da vacina AstraZeneca. “Estão disponíveis cerca de 4 mil doses para o atendimento nesta terça-feira. Mas é fundamental estar cadastrado e fazer o agendamento no SASI”, destaca a gerente da divisão Elizeth Gomes.

Os cadastrados recebem uma notificação por e-mail ou por telefone indicando a hora exata de receber a vacina.

É necessário efetuar o cadastro no SASI e aguardar o agendamentoO SASI está disponível em todas as lojas virtuais dos smartphones e pode ser baixado gratuitamente.

Para baixar o aplicativo no sistema Android, basta acessar o link:
https://play.google.com/store/apps/details?id=br.com.sasi.app

Para baixar no sistema IOS, clique no link:
https://apps.apple.com/br/app/sasi/id1467748272

CONSULTA

O Portal Imuniza, da Prefeitura de Porto Velho, também oferece o serviço de consulta de agendamento de vacinação.
Basta acessar o site: https://imuniza.portovelho.ro.gov.br/agendamentovacina

Leia Também:  Universidade de Oxford testa ivermectina como possível tratamento para Covid-19

Mais de 170 mil doses já foram aplicadas em Porto VelhoNo campo ‘Consultar Agendamento’ é necessário inserir número do CPF e data de nascimento. Em seguida, o sistema trará os dados referentes ao cadastro realizado no SASI.

BALANÇO

A Prefeitura de Porto Velho já aplicou 177.602 doses da vacina, sendo que 130.894 pessoas receberam a primeira dose. Outras 46.708 já completaram o ciclo de imunização com a segunda dose.

Das 220.346 doses recebidas do Ministério da Saúde (MS), o município já usou 80%.

VACINA CONTRA FOME

Quem deseja contribuir com a campanha Vacina Contra a Fome, pode fazer a doação de alimentos não-perecíveis no local vacinação. Os alimentos arrecadados, serão transformados em cestas básicas, que serão destinadas às famílias já cadastradas junto à Secretaria Municipal de Assistência Social e da Família (Semasf), que fazem parte dos grupos socialmente vulneráveis e que enfrentam algum grau de insegurança alimentar.

Texto: Jefferson Carvalho Potter
Foto: Wesley Pontes e Leandro Morais

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Saúde

Cinco superalimentos que combatem o colesterol perigosamente elevado

Publicados

em

O colesterol é uma substância que existe naturalmente no organismo e que por si só não representa qualquer perigo para a saúde.

Contudo, e conforme explica um artigo publicado no site da AdvanceCare, é quando existe inflamação que a lipoproteína de baixa densidade – o LDL, também conhecido por colesterol ‘mau’-, começa a formar placas e coágulos, fixando-se nas paredes das artérias, bloqueando a circulação sanguínea e consequentemente aumentando o risco de ocorrência de ataque cardíaco ou de AVC.

Entretanto, ao invés, o HDL – colesterol ‘bom’ – contribui para a ‘limpeza’ do LDL. Conduzindo a substância nociva para ser metabolizada pelo fígado, evitando por sua vez a acumulação de gorduras na corrente sanguínea.

Por outras palavras, existe um tipo de colesterol que funciona a favor da nossa saúde. Todavia, níveis perigosamente elevados de LDL são uma fonte real de preocupação e uma ameaça iminente para a saúde.

Chá verde

Este poderoso chá é uma fonte natural de antioxidantes, combate o envelhecimento das células e combate os índices elevados de LDL.

Leia Também:  Coronavírus em Rondônia: 70.358 casos confirmados e 1.553 óbitos; confira os números atualizados

Leguminosas

Alimentos como feijão, ervilhas ou lentilhas reduzem a absorção de colesterol. As leguminosas são ricas em pectina, que diminuem ativamente os níveis de LDL e do colesterol total. E como se não bastasse a substância estimula a produção de HDL.

Alho

O alho é abundante em alcina, um componente que leva à redução do colesterol ‘mau’.

Romã

De acordo com um estudo da Academia Nacional de Ciências espanhola, o suco da romã reduz a acumulação de resíduos de colesterol, aumentando a produção de ácido nítrico. Aumentando igualmente o HDL, e assim reduzindo o risco de aterosclerose – a acumulação de gordura nas artérias.

Salmão

Este peixe não só é saboroso como uma excelente fonte de ômega 3, um ácido gordo essencial cujo consumo regular já foi associado a taxas menores de doenças cardiovasculares e até de depressão. A sardinha e o atum também são ricos em ômega 3.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA