PORTO VELHO

Saúde

Covid-19: Rondônia com 58.327 casos e 1.187 mortes; Porto Velho tem 27.695 infectados

Saúde


Hoje (7) foram registrados dois óbitos por Covid-19 em Rondônia

Rondônia, 27.695 são em Porto Velho

Nesta segunda-feira (7) foram consolidados os seguintes resultados para Covid-19 em Rondônia:

Casos confirmados – 58.237
Pacientes recuperados – 49.385 (84,80%)
Casos ativos – 7.665 (13,16%)
Óbitos – 1.187 (2,04%)
Pacientes internados na Rede Estadual de Saúde – 216
Pacientes internados na Rede Filantrópica – 1
Pacientes internados na Rede Privada – 52
Pacientes internados na Rede Municipal de Saúde – 48
Total de pacientes internados – 317
Testes Realizados – 176.175
Aguardando resultados do Lacen – 831

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Mais de 450 servidores da Educação são beneficiados com pagamento de Licença Prêmio em pecúnia durante agosto e setembro
Propaganda

Saúde

Cinco superalimentos que combatem o colesterol perigosamente elevado

Publicados

em

O colesterol é uma substância que existe naturalmente no organismo e que por si só não representa qualquer perigo para a saúde.

Contudo, e conforme explica um artigo publicado no site da AdvanceCare, é quando existe inflamação que a lipoproteína de baixa densidade – o LDL, também conhecido por colesterol ‘mau’-, começa a formar placas e coágulos, fixando-se nas paredes das artérias, bloqueando a circulação sanguínea e consequentemente aumentando o risco de ocorrência de ataque cardíaco ou de AVC.

Entretanto, ao invés, o HDL – colesterol ‘bom’ – contribui para a ‘limpeza’ do LDL. Conduzindo a substância nociva para ser metabolizada pelo fígado, evitando por sua vez a acumulação de gorduras na corrente sanguínea.

Por outras palavras, existe um tipo de colesterol que funciona a favor da nossa saúde. Todavia, níveis perigosamente elevados de LDL são uma fonte real de preocupação e uma ameaça iminente para a saúde.

Chá verde

Este poderoso chá é uma fonte natural de antioxidantes, combate o envelhecimento das células e combate os índices elevados de LDL.

Leia Também:  Juízes expulsos receberam R$ 137 milhões em aposentadorias

Leguminosas

Alimentos como feijão, ervilhas ou lentilhas reduzem a absorção de colesterol. As leguminosas são ricas em pectina, que diminuem ativamente os níveis de LDL e do colesterol total. E como se não bastasse a substância estimula a produção de HDL.

Alho

O alho é abundante em alcina, um componente que leva à redução do colesterol ‘mau’.

Romã

De acordo com um estudo da Academia Nacional de Ciências espanhola, o suco da romã reduz a acumulação de resíduos de colesterol, aumentando a produção de ácido nítrico. Aumentando igualmente o HDL, e assim reduzindo o risco de aterosclerose – a acumulação de gordura nas artérias.

Salmão

Este peixe não só é saboroso como uma excelente fonte de ômega 3, um ácido gordo essencial cujo consumo regular já foi associado a taxas menores de doenças cardiovasculares e até de depressão. A sardinha e o atum também são ricos em ômega 3.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA