PORTO VELHO

Saúde

Edição 670 – Boletim diário sobre o coronavírus em Rondônia

Saúde


Dos 318.313 casos de covid-19 confirmados em Rondônia, 96.248 são de Porto Velho.

O Governo de Rondônia, por meio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa), Superintendência Estadual de Tecnologia da Informação e Comunicação (Setic) e Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), divulga balanço de dados referente aos casos de covid-19 no Estado.

Nesta segunda-feira (31), foram consolidados os seguintes resultados:

Casos confirmados – 318.313
Óbitos – 6.833 (2,19%)
Pacientes internados na Rede Estadual de Saúde – 254
Pacientes internados na Rede Privada – 09
Pacientes internados na Rede Municipal de Saúde – 38
Pacientes internados na Rede Filantrópica – 00
Total de pacientes internados – 301
Pacientes aguardando leitos: 00
Testes Realizados – 790.246 (Dados de 9/12)
Aguardando resultados do Lacen – 251

* População vacinada: (Dados de 31/01/2022)
1ª Dose – 1.253.370
2ª Dose – 1.061.815
Dose de Reforço – 231.079

  • Total de doses aplicadas: 2.546.264

Vacinas recebidas: 3.127.338 doses

* CoronaVac: 721.648

* AstraZeneca: 919.150

* Pfizer: 1.382.940

*Janssen: 64.400

*Pfizer Pediátrica – 39.200

Fonte: Painel de Vacinas 

No Estado, os números de casos confirmados, recuperados e de óbitos, desde o primeiro registro em 20 de março de 2020 até hoje (31 de Janeiro de 2022), por covid-19 são:

TOTAL DE CASOS EM RONDÔNIA – 31/01/2022
Município Casos Totais Óbitos Totais
Porto Velho 96.248 2.555
Ariquemes 26.946 536
Ji-Paraná 26.176 628
Cacoal 19.593 330
Vilhena 17.083 290
Jaru 9.581 193
Pimenta Bueno 8.895 124
Rolim de Moura 8.270 183
Machadinho D’Oeste 7.909 121
Buritis 6.867 94
Ouro Preto do Oeste 5.805 162
Guajará-Mirim 5.665 230
Alta Floresta D’Oeste 5.407 75
Espigão D’Oeste 4.832 84
Nova Mamoré 4.657 89
Candeias do Jamari 4.472 81
Presidente Médici 4.432 90
Cerejeiras 3.827 67
São Miguel do Guaporé 3.297 58
São Francisco do Guaporé 3.269 52
Cujubim 2.925 34
Nova Brasilândia D’Oeste 2.853 43
Colorado do Oeste 2.701 47
Alto Paraíso 2.633 60
Costa Marques 2.566 43
Monte Negro 2.290 35
Chupinguaia 2.037 25
Seringueiras 1.949 22
Campo Novo de Rondônia 1.777 27
Alto Alegre dos Parecis 1.719 32
Urupá 1.716 47
Itapuã do Oeste 1.550 19
Alvorada D’Oeste 1.518 31
Vale do Anari 1.512 25
Mirante da Serra 1.274 23
Corumbiara 1.266 14
Cabixi 1.209 22
Santa Luzia D’Oeste 1.186 21
Cacaulândia 1.180 17
Vale do Paraíso 1.158 27
Nova União 955 15
Theobroma 930 26
Rio Crespo 878 13
Novo Horizonte do Oeste 782 23
Governador Jorge Teixeira 713 22
São Felipe D’Oeste 711 12
Teixeirópolis 672 15
Ministro Andreazza 605 9
Primavera de Rondônia 554 11
Parecis 482 7
Pimenteiras do Oeste 452 15
Castanheiras 329 9
Total Geral 318.313 6.833
Leia Também:  Sai de baixo !!! Chamem o Caco... "Cala boca Márcia"...

Fonte: Vigilâncias epidemiológicas dos municípios de Rondônia. * Municípios que não repassaram as informações, e tiveram dados repetidos do dia anterior

Em Rondônia, nas últimas 24 horas foram registrados os seguintes resultados para covid-19:

ÚLTIMAS 24 HORAS
MUNICÍPIOS CASOS CONFIRMADOS ÓBITOS
Porto Velho
Ariquemes 42 1
Ji-Paraná 181
Cacoal 301
Vilhena 62
Jaru 127
Pimenta Bueno
Rolim de Moura 80 1
Machadinho D’Oeste 42
Buritis 31
Ouro Preto do Oeste 87
Guajará-Mirim
Alta Floresta D’Oeste 15
Espigão D’Oeste
Nova Mamoré
Candeias do Jamari 36
Presidente Médici
Cerejeiras 78
São Miguel do Guaporé
São Francisco do Guaporé 42
Cujubim 18
Nova Brasilândia D’Oeste 144
Colorado do Oeste
Alto Paraíso 94 1
Costa Marques 141
Monte Negro 9
Chupinguaia 65
Seringueiras 132
Campo Novo de Rondônia
Alto Alegre dos Parecis
Urupá 21
Itapuã do Oeste
Alvorada do Oeste
Vale do Anari
Mirante da Serra
Corumbiara 35
Cabixi
Santa Luzia D’Oeste
Cacaulândia 30
Vale do Paraíso 31
Nova União
Theobroma 9
Rio Crespo
Novo Horizonte do Oeste
Governador Jorge Teixeira
São Felipe D’Oeste
Teixeirópolis
Ministro Andreazza 88
Primavera de Rondônia
Parecis 76
Pimenteiras do Oeste
Castanheiras 14
Total Geral 2.031 3
Leia Também:  Rondônia com 1.963 casos de Coronavírus e 74 mortes, Porto Velho com 1.509 infectados
ÚLTIMAS ATUALIZAÇÕES:

Nas últimas 24 horas foram registrados três (3) óbitos por covid-19 em Rondônia. Sendo esses nos municípios de Ariquemes, Rolim de Moura e Alto Paraíso.

  • Nesta edição foram atualizados de maneira manual, casos e óbitos. A Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa), por meio do Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs) e Superintendência Estadual de Tecnologia da Informação e Comunicação (Setic) informam que não será possível a informação dos seguintes dados: casos curados, casos ativos, profissionais de saúde confirmados, profissionais de saúdes curados e testes e vacinas do Relatório de Ações e o Boletim diário sobre coronavírus em Rondônia, nesta Segunda (31), tendo em vista que as equipes não tiveram acesso ao Banco de Dados do eSUS VE, em decorrência de uma indisponibilidade no servidor do Ministério da Saúde (MS).
  • O sistema de informação do programa nacional de imunizações (SI-PNI) do Ministério da saúde (MS) encontra-se fora do ar. Por esse motivo, o painel de dados do estado  que é vinculado ao MS também não recebe atualizações sobre a imunização nos municípios. As API’s que foram liberadas até agora são do e-SUS Notifica , do Sivegripe (SRAG). A Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) já está trabalhando para o retorno da RNDS, para novas informações da imunização.

Segundo a Agevisa, os dados são analisados diariamente pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs), que acompanha também a investigação epidemiológica feita pelas equipes de Saúde nos municípios para checagem de dados.

Para informações detalhadas e relatórios na íntegra, acesse o Portal Coronavírus em Rondônia, por meio do endereço: coronavirus.ro.gov.br

Os dados de vacinação são adicionados ao sistema diretamente pelos municípios e são dinâmicos.

Para dados atualizados em tempo real, acesse: https://qsprod.saude.gov.br/extensions/DEMAS_C19_Vacina_v2/DEMAS_C19_Vacina_v2.html

Fonte: Governo RO

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Saúde

Em meio a novo surto na China, peixes vivos são testados para Covid

Publicados

em

BBC News Brasil

Até peixes vivos são testados para covid em meio a novo surto na China
Kerry Allen – BBC Monitoring

Até peixes vivos são testados para covid em meio a novo surto na China

Kerry Allen – BBC Monitoring

Mais de cinco milhões de pessoas tiveram que ser submetidas a testes de covid-19 na cidade costeira de Xiamen, na China, depois que cerca de 40 casos do vírus foram detectados nesta semana.

As pessoas não foram as únicas a serem testadas: um aviso oficial afirma que algumas formas de vida marinha também devem ser incluídas na onda de testes em massa.

Nas últimas semanas, o comitê distrital de Controle de Pandemia Marítima de Jimei, em Xiamen, emitiu um aviso dizendo que, quando os barcos retornarem aos portos, “tanto os pescadores quanto seus peixes e frutos do mar devem ser testados”.

O resultado foi que, em meio a esse último surto, imagens de vídeo apareceram em várias plataformas de mídia social, incluindo a Douyin — a versão local do TikTok na China — mostrando profissionais de saúde fazendo testes do tipo PCR em peixes e caranguejos vivos.

‘Não é o único lugar que faz isso’

Embora isso possa parecer incomum, não é a primeira vez que peixes vivos são testados para covid-19.

Um funcionário do Departamento Municipal de Desenvolvimento Oceânico de Xiamen disse ao jornal South China Morning Post que o governo aprendeu “muitas lições” de Hainan — que está passando por um grave surto da doença.

Leia Também:  IBGE abre concurso para 24,9 mil vagas temporárias; vagas para Rondônia

O servidor afirmou que o surto naquela província pode ter sido desencadeado pela compra e venda de frutos do mar e peixes entre pescadores locais e seus colegas no exterior.

A província de Hainan, no sul da China, uma região costeira como Xiamen, registrou mais de 10 mil casos de covid-19 desde o início de agosto, e as autoridades disseram acreditar que esse surto provavelmente está ligado à comunidade pesqueira.

A mídia chinesa há muito tempo expressa preocupações de que a vida marinha possa ter ligações com o coronavírus. O primeiro surto de covid-19 foi rastreado em um mercado de animais vivos e frutos do mar na cidade de Wuhan.

Uma pessoa em roupa protetiva azul segura cotonetes próximo à boca de um panda

iPanda
Até pandas foram testados para covid-19

Embora seja improvável que os frutos do mar sejam hospedeiros do vírus, muitos dos surtos na China estão ligados a trabalhadores portuários, pessoas que lidam com produtos congelados ou trabalhadores de mercados de pescados.

Em junho de 2020, um desses surtos em Pequim provocou pânico. A mídia estatal disse que o vírus da covid-19 foi detectado em tábuas usadas para cortar salmão importado. Isso não apenas levou restaurantes e supermercados a retirar o salmão de suas prateleiras, mas também interrompeu as importações.

Leia Também:  Colesterol alto é fator de risco para doenças cardiovasculares

O pânico se espalhou por todo o país, com medo generalizado sobre a ingestão do peixe.

Os peixes não são os únicos bichos a serem testados para covid-19 durante o esforço da China para eliminar o vírus nos últimos dois anos.

Em maio, a mídia oficial divulgou imagens de um hipopótamo sendo testado em uma reserva natural em Huzhou, leste de Zhejiang, dizendo que era necessário que o bicho fosse testado duas vezes por semana.


Também há vídeos nas mídias sociais chinesas mostrando cachorros, gatos, galinhas e até pandas fazendo testes do tipo PCR.

O motivo citado pela mídia estatal para os testes é para “garantir a segurança dos animais” e dos visitantes dos locais em que os bichos vivem.

– Este texto foi publicado em https://www.bbc.com/portuguese/internacional-62583362


Sabia que a BBC está também no Telegram? Inscreva-se no canal .

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube ? Inscreva-se no nosso canal!

Fonte: IG SAÚDE

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA