PORTO VELHO

Mundo

Mal de Alzheimer pode ser detectado 20 anos antes dos sintomas em exame de sangue

Mundo

Pesquisadores desenvolveram um novo exame de sangue que pode detectar a doença 20 anos antes dos sintomas. O estudo foi publicado na revista científica Journal of Experimental Medicine e apresentado na Conferência Internacional da Associação de Alzheimer em Chicago.

Para ser usada clinicamente, a técnica desenvolvida precisa de mais pesquisas e testes. Mas a estimativa é de que esses exames possam estar disponíveis em até três anos.

(New York Times)

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Mais duas mortes de covid-19 em Rondônia

Propaganda

Mundo

Diretor da usina nuclear de Zaporizhzhia é detido por militares russos

Publicados

em

Vista da central nuclear de Zaporizhzhia
Foto: ANSA

Vista da central nuclear de Zaporizhzhia

A Rússia está sendo acusada pelo governo da Ucrânia de sequestrar chefe da principal usina nuclear europeia no país. O engenheiro Ihor Murashov foi preso a caminho da instalação nuclear de Zaporizhzhia por tropas russas na sexta-feira (30) e desde então não foram ouvidas mais informações sobre ele. 

No momento, o território ao redor da Usina Nuclear de Zaporizhzhia em Enerhodar está ocupado por tropas militares russas que conquistaram partes do sudeste da Ucrânia. A agência nuclear da ONU disse à veículos de imprensa internacionais, que o Kremilin informou que Murashov foi ‘detido para interrogatório’.

As tropas russas detiveram o diretor-geral da usina nuclear de Zaporizhzhia , na Ucrânia.  Ihor Murashov foi preso a caminho da instalação nuclear, a maior da Europa, para a cidade de Enerhodar às 16h (13h GMT) na sexta-feira, disse Petro Kotin, chefe da empresa estatal Energoatom , em comunicado no sábado.

“Ele foi retirado do carro e, com os olhos vendados, foi conduzido em uma direção desconhecida. Sua detenção pela [Rússia] coloca em risco a segurança da Ucrânia e da maior usina nuclear da Europa”, disse Kotin à Reuters. 

Leia Também:  Alimentação para antes e depois do treino

O diretoor afirmou ainda que não se ouviu ‘nenhuma palavra’ sobre o destino de Murashov. O governo russo não fez nenhum comentário público sobre a prisão. Kotin disse prourou o chefe da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), Rafael Grossi, para tomar “todas as ações imediatas possíveis para libertar urgentemente” Murashov.

A usina de Zaporizhzhia é ponto estratégico da invasão russa da Ucrânia e no momento Moscou e Kyiv acusam um ao outro de bombardear a instalação aumentando seriamente os riscos ocorrer algum desastre nuclear.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Mundo

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA