PORTO VELHO

Saúde

Medula óssea é cada vez mais essencial para transplantes no país; Fhemeron reforça necessidade de cadastro de doadores

Saúde

 

Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Rondônia tem desenvolvido ações para chamar doadores

Por causa da redução no cadastro de doadores de medula óssea decorrente da pandemia da covid-19, a Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Rondônia (Fhemeron) lançou novo pedido a eventuais voluntários, para que se cadastrem e façam o teste de compatibilidade.

“O convite está feito: cadastrem-se”, reforçou a médica hemoterapeuta Ana Carolina Gonzaga de Melo, encarregada dessa área na Fhemeron. Segundo ela, os cadastrados também devem se sentir convocados e renovar seus dados sempre que mudarem o telefone, e-mail e endereço domiciliar.

Já a redução de 55 anos para 35 da idade do doador deve facilitar a recuperação. No Brasil, a chance de encontrar um doador compatível é de uma em 100 mil. Em 2021 houve 3.284 coletas em Rondônia.

O Ministério da Saúde editou a  Portaria nº 685, de 16 de junho de 2021, que alterou a idade limite para o cadastramento de candidatos à doação de medula óssea passou a ser de 35 anos – antes era de  55. A Portaria está em vigor desde o dia 18 de junho de 2021. A Portaria atualiza a estratégia de identificação e confirmação imunogenética de doadores voluntários de medula óssea e outros progenitores hematopoiéticos para inscrição e manutenção do cadastro técnico.

O Ministério da Saúde determinou o número máximo de cadastro de doadores voluntários por ano. O Estado de Rondônia poderá ter até 3.042, número que supera o dos vizinhos Mato Grosso (1.140), Acre (978), e Amazonas (445).

Leia Também:  Pesquisa mostra que sem isolamento social, cidades do norte já teriam saúde em colapso

Desde o início do funcionamento do Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea (Redome) Rondônia soma 116.325 doadores liberados.

Em 2018, duas pessoas fizeram doação internacional. Antes disso, em 2019, Rondônia foi o Estado que mais teve doadores. Eles possibilitaram 25 transplantes, conforme o cadastro geral de doação de medula óssea da Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Rondônia (Fhemeron).

A compatibilidade é tudo, e com ela a pessoa poderá doar a medula óssea em qualquer cidade brasileira e até no exterior. A doação pode ser aparentada ou não aparentada. No primeiro caso, o doador é uma pessoa da própria família, em geral um irmão ou um dos pais.

COMO DOAR?

Primeiramente, a pessoa se inscreve on-line no Redome, que funciona no Instituto Nacional do Câncer, no Rio de Janeiro. Esse órgão promove a busca de doadores no Brasil e nos registros estrangeiros.

Os cadastrados permanecem no banco de doadores até os 60 anos: sejam os que se cadastraram com até 55 anos, ou os que vão se cadastrar a partir de agora segundo o novo critério  de 35 anos de idade.

O voluntário pode procurar a Fhemeron, e ali se cadastrar para a coleta de 5 mililitros (ml). No ato, deve estar bem alimentado e apresentar documentos pessoais.  No mesmo dia será feita a coleta, que é procedimento rápido e seguro”, conta.

ENTENDA

Células-Tronco Hematopoiéticas são responsáveis pela manutenção da produção dos diversos tipos de células sanguíneas, entre as quais, as hemácias, os granulócitos, os linfócitos, os monócitos e os megacariócitos (de onde se originam as plaquetas).

Leia Também:  Edição 724 - Boletim diário sobre o coronavírus em Rondônia

COMO É FEITA A DOAÇÃO

► A doação é um procedimento que se faz em centro cirúrgico, sob anestesia peridural ou geral, e requer internação de 24 horas.

► A medula é retirada do interior de ossos da bacia, por meio de punções.

► O procedimento leva em torno de 90 minutos. A medula óssea do doador se recompõe em apenas 15 dias.

► Nos primeiros três dias após a doação pode haver desconforto localizado, de leve a moderado, que pode ser amenizado com o uso de analgésicos e medidas simples. Normalmente, os doadores retornam às suas atividades habituais depois da primeira semana após a doação.

► Há outro método de doação chamado coleta por aférese. Nesse caso, o doador faz uso de uma medicação por cinco dias com o objetivo de aumentar o número de células-tronco (células mais importantes para o transplante de medula óssea) circulantes no seu sangue.

► Após esse período, a pessoa faz a doação por meio de uma máquina de aférese, que colhe o sangue da veia do doador, separa as células-tronco e devolve os elementos do sangue que não são necessários para o paciente. Não há necessidade de internação nem de anestesia; todos os procedimentos são feitos pela veia.

► A decisão sobre o método de doação mais adequado é exclusiva dos médicos assistentes, tanto do paciente quanto do doador, e será avaliada em cada caso. [Informações do Redome].

Fonte: Governo RO

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Saúde

Edição 819 – Boletim diário sobre o coronavírus em Rondônia, mostra mais 03 óbitos

Publicados

em

Dos 417.108 casos de covid-19 confirmados em Rondônia, 114.068 são de Porto Velho

O Governo de Rondônia, por meio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde – Agevisa, Superintendência Estadual de Tecnologia da Informação e Comunicação – Setic e Secretaria de Estado da Saúde – Sesau, divulga balanço de dados referente aos casos de covid-19 no Estado.

Nesta quinta-feira (30) foram consolidados os seguintes resultados:

Casos confirmados – 417.108
Curados – 396.948 (95,16%)
Ativos – 12.914 (3,10%)
Óbitos – 7.246 (1,74%)
Pacientes internados na Rede Estadual de Saúde – 41
Pacientes internados na Rede Privada – 06
Pacientes internados na Rede Municipal de Saúde – 13
Pacientes internados na Rede Filantrópica – 00
Total de pacientes internados – 60
Pacientes em processo de regulação para leitos – 6
Testes Realizados – 1.203.529  (Dados do dia 28/06)
Aguardando resultados do Lacen – 50

População vacinada (dados de 30/06/2022)

População geral (Adulto e Infantil)
1ª dose – 1.298.085 (77,22%)
2ª dose + DU – 1.127.799 (67,09%)
3ª dose (reforço) – 423.598 (25,20%)
4ª dose (2ª dose reforço) – 60.959 (3,63%)
Dose adicional – 33.225 (1,98%)

População Infantil
1ª dose – 56.742 (29,81%)
2ª dose + DU – 23.224 (12,20%)
Dose de reforço – 93 (0,05%)
2ª dose de reforço – 20 (0,01%)
Dose adicional – 14 (0,01%)
Total de doses aplicadas: 80.093 (este total já está incluso no total geral)
Total geral de doses aplicadas: 2.943.666

– População adulta vacinável: 1.680.947
– População infantil vacinável: 190.328
Fonte: PNAD/IBGE.

* CoronaVac – 721.648
* AstraZeneca – 919.150
* Pfizer adulto – 1.430.910
* Pfizer pediátrica – 85.800
* Janssen – 64.400

Fonte: Painel de Vacinas

No Estado, os números de casos confirmados, recuperados e de óbitos, desde o primeiro registro em 20 de março de 2020 até hoje (30 de junho de 2022), por covid-19 são:

Leia Também:  ANS inclui cobertura obrigatória de teste do Coronavírus nos planos de saúde
TOTAL DE CASOS EM RONDÔNIA – 30/06/2022
Município Casos Totais Óbitos Totais
Porto Velho 114.068 2.685
Ji-Paraná 33.040 657
Ariquemes 31.634 551
Cacoal 26.931 346
Vilhena 22.039 323
Rolim de Moura 12.468 207
Jaru 12.443 205
Pimenta Bueno 11.701 129
Buritis 11.267 102
Machadinho D’Oeste 9.870 130
Alta Floresta D’Oeste 8.216 81
Ouro Preto do Oeste 8.138 166
Espigão D’Oeste 6.773 90
Guajará-Mirim 6.205 243
Nova Mamoré 6.135 97
Presidente Médici 6.136 98
Candeias do Jamari 5.591 84
Cerejeiras 5.516 73
São Francisco do Guaporé 5.306 58
Nova Brasilândia D’Oeste 4.364 39
Colorado do Oeste 4.294 52
Cujubim 4.250 45
Costa Marques 3.889 44
Alto Paraíso 3.884 63
Monte Negro 3.855 38
São Miguel do Guaporé 3.533 64
Seringueiras 3.282 25
Campo Novo de Rondônia 2.947 28
Alvorada D’Oeste 3.068 40
Chupinguaia 2.775 27
Urupá 2.721 36
Vale do Anari 2.431 26
Alto Alegre dos Parecis 2.290 51
Itapuã do Oeste 2.248 20
Santa Luzia D’Oeste 2.163 26
Cacaulândia 1.928 17
Corumbiara 1.941 25
Mirante da Serra 1.881 17
Cabixi 1.774 22
Vale do Paraíso 1.680 27
Rio Crespo 1.448 13
Nova União 1.359 16
Theobroma 1.335 27
Novo Horizonte do Oeste 1.270 24
São Felipe D’Oeste 1.218 18
Ministro Andreazza 1.166 16
Governador Jorge Teixeira 1.141 22
Teixeirópolis 931 9
Parecis 851 10
Pimenteiras do Oeste 707 17
Primavera de Rondônia 559 7
Castanheiras 448 10
Total geral 417.108 7.246

Fonte: Vigilâncias Epidemiológicas dos municípios de Rondônia

Em Rondônia, nas últimas 24 horas foram registrados os seguintes resultados para covid-19:

ÚLTIMAS 24 HORAS
MUNICIPIOS CASOS CONFIRMADOS ÓBITOS
Porto Velho 41
Ji-Paraná 58
Ariquemes 342
Cacoal 134
Vilhena 138 1
Rolim de Moura 44
Jaru 38 1
Pimenta Bueno 16
Buritis 133
Machadinho D’Oeste 35
Alta Floresta D’Oeste 41
Ouro Preto do Oeste 15
Espigão D’Oeste 59
Guajará-Mirim 3
Nova Mamoré 14
Presidente Médici 16
Candeias do Jamari 16
Cerejeiras 6
São Francisco do Guaporé 16
Nova Brasilândia D’Oeste 12
Cujubim 8
Colorado do Oeste
Costa Marques
Alto Paraíso 36
Monte Negro 46
São Miguel do Guaporé 2
Seringueiras 3
Campo Novo de Rondônia 28
Alvorada D’Oeste 132
Chupinguaia 16
Urupá 11
Vale do Anari 38
Alto Alegre dos Parecis 1
Itapuã do Oeste
Santa Luzia D’Oeste 6
Caculândia
Corumbiara 11
Mirante da Serra
Cabixi
Vale do Paraíso 3
Rio Crespo 28
Nova União 24 1
Theobroma 32
São Felipe D’Oeste
Novo Horizonte do Oeste
Governador Jorge Teixeira 1
Ministro Andreazza 7
Teixeirópolis 2
Parecis
Pimenteiras do Oeste
Primavera de Rondônia 1
Castanheiras
Total geral 1.613 3
Leia Também:  Suspenso ponto eletrônico nas unidades de saúde do Estado

ÚLTIMAS ATUALIZAÇÕES:

  • Nas últimas 24 horas foram registrados três (3) óbitos em Rondônia por covid-19, nas cidades de Vilhena, Jaru e Nova União.
  • A cidade de Guajará Mirim revisou seus números de óbitos e excluiu um caso, após verificar o erro de contagem;
  • Com a diminuição do número de casos de covid-19 em todos os municípios do Estado de Rondônia, as equipes das vigilâncias epidemiológicas municipais estão sendo desmobilizadas gradativamente nos finais de semana, acarretando a diminuição do numero de casos lançados ou mesmo a falta de lançamento de dados, em feriados e finais de semana, no sistema e-SUS VE, que é o sistema oficial do Ministério da Saúde utilizado pelo CIEVS/RO para divulgação dos dados diários.

Segundo a Agevisa, os dados são analisados diariamente pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde – Cievs/Agevisa, que acompanha também a investigação epidemiológica feita pelas equipes de Saúde nos municípios para checagem de dados.

Para informações detalhadas e relatórios na íntegra, acesse o Portal Coronavírus em Rondônia, por meio do endereço: coronavirus.ro.gov.br

Os dados de vacinação são adicionados ao sistema diretamente pelos municípios e são dinâmicos.

Para mais informações acerca da vacinação por grupos:
https://infoms.saude.gov.br/extensions/DEMAS_C19_Vacina_v2/DEMAS_C19_Vacina_v2.html

Fonte: Governo RO

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA