PORTO VELHO

Eleições

TRE vai retotalizar votos para deputado estadual em Rondônia

Eleições

O TSE não havia informado ao TRE a condição de elegibilidade de Hermínio, por isso, seus votos não entraram nos cálculos finais

 

O Tribunal Regional Eleitoral de Rondônia fará, nos próximos dias, a retotalização dos votos para deputado estadual em Rondônia, quando serão incluídos, na contagem, os votos obtidos pelo ex-deputado estadual José Hermínio Coelho.

Hermínio teve o pedido de registro de candidatura indeferido pelo Tribunal Regional, mas ingressou com um pedido de liminar no Tribunal Superior Eleitoral e obteve uma medida cautelar que possibilitou sua participação no pleito.

Ocorre que, apesar de ter obtido 6.167 votos,  Hermínio não teve estes incluídos na totalização que definiu os futuros ocupantes das 24 cadeiras da Assembleia Legislativa de Rondônia. O TSE não havia informado ao TRE a condição de elegibilidade de Hermínio, por isso, seus votos não entraram nos cálculos finais.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  INCLUSÃO - Servidores municipais da saúde recebem certificados de capacitação em Libras
Propaganda

Eleições

Urgente: em representação ao TSE, PL diz que Bolsonaro teve 51% dos votos no 2º turno

Publicados

em

O partido de Jair Bolsonaro protocolou no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) uma Representação Eleitoral para Verificação Extraordinária

O Partido Liberal (PL) apresentou uma Representação Eleitoral para Verificação Extraordinária na qual questiona o resultado do segundo turno da eleição presidencial. De acordo com o relatório apresentado ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e obtido por O Antagonista, o presidente Jair Bolsonaro teria recebido 51,05% dos votos na disputa com Lula.

A estratégia de questionamento da eleição pelo partido de Bolsonaro foi antecipada na semana passada por O Antagonista“Os únicos votos que podem ser idoneamente considerados como válidos, porquanto auditáveis e fiscalizáveis, na eleição geral referente ao Segundo Turno do pleito eleitoral de 2022 são aqueles decorrentes das urnas modelo UE2020”, argumenta o partido no documento protocolado.

“O que se busca evidenciar com este resultado empírico extraído das urnas eletrônicas do modelo UE2020 (repita-se, distribuídas uniformemente pelo país pela própria Justiça eleitoral), a partir de elementos de auditoria válida e que atestam a autenticidade do resultado eleitoral com a certeza necessária — na concepção do próprio Tribunal Superior Eleitoral — é que os votos válidos e auditáveis do Segundo Turno do pleito eleitoral de 2022 atestam resultado diferente daquele que anunciado por esse Tribunal Superior Eleitoral no dia 30/10/2022, conferindo posição preferencial de 51,05% da população ao Presidente Jair Bolsonaro, segue o documento do PL.

Aguarde mais informações

O ANTAGONISTA

Leia Também:  MANGA/CEPEA: Oferta de palmer já começa a diminuir em SP
COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍCIA

RONDÔNIA

PORTO VELHO

POLÍTICA RO

MAIS LIDAS DA SEMANA